PESQUISAR NO GOOGLE

Faça sua busca aqui:
Pesquisa personalizada

PESQUISAR NO BLOG

26 de fevereiro de 2010

Partizip II

 Olá,

vamos falar agora de como fazer o PARTIZIP II.

No tópico sobre o gerúndio eu expliquei como usar o Partizip I, que é bem fácil de se construir.

Agora vamos ao Partizip II.

O Partizip II é o que equivale ao nosso particípio do português terminado em -ADO ou -IDO (para verbos regulares).

comprar - comprado
comer - comido
assistir - assistido

Os particípios são usados de um jeito bem similar ao português, ou seja:

1 - Em tempos compostos (em português com o verbo TER ou HAVER)

Eu já tinha comprado o CD.

2 -  Como adjetivos:

Eu ouvi os CDs comprados.

3 - Na voz passiva.

O CD foi comprado naquela loja.

4 - Em orações reduzidas.

Acabada a aula, fomos ao clube.

Em alemão o PARTIZIP II tbm é usado em situações semelhantes, só que alguns tempos compostos do alemão podem não equivaler a tempos compostos no português.

Como se forma o Partizip II do alemão (dos verbos regulares)?

Em português é adicionada apenas uma terminação depois da raiz: -ADO ou -IDO.

Em alemão são adicionados dois elementos. Um prefixo (ou infixo): GE- ou -GE- e uma terminação: -T.

Se o verbo for regular, a terminação final sempre será essa "-T".
machen - gemacht
kaufen - gekauft

E o "GE-"? Quando usá-lo? E quando não usá-lo? 

Isso depende da pronúncia. Se vc aprender corretamente a pronúncia dos verbos, sempre saberá quando usar o GE- ou não.

1 - Se a primeira sílaba do verbo for a sílaba tônica, o verbo terá um GE- no PARTIZIP II.

2 - Caso contrário, o PARTIZIP II é formado sem o GE.

Ex.:  ARBEITEN. Tem muito brasileiro que lê assim "ar-BEI-ten". Errado! A sílaba tônica é a primeira "AR-bei-ten". Sendo assim, o PARTIZIP II é "ge-AR-bei-tet". GEARBEITET.

FRÜHSTÜCKEN - gefrühstückt.
 No caso dos verbos com partículas inseparáveis, a sílaba tônica nunca é a primeira, por isso é que nos livros há a regrinha de que verbos inseparáveis foram o particípio sem o GE.
VERKAUFEN - (pronúncia: ver-KAU-fen). Então Part. II =  verkauft
BESUCHEN - (pronúncia: be-SU-chen). Então Part. II = besucht.

Também não precisa nem dizer que todos os verbos terminados em -IEREN fazem o particípio sem o GE, já que a sílaba tônica é sempre o "IE".

STUDIEREN - studiert
INFORMIEREN - informiert

E onde eu coloco o GE-?

O -GE- ou GE- sempre fica logo antes da raiz do verbo:

MACHEN - raiz do verbo "MACH"- Coloca o GE- antes da RAIZ e um -T depois da raiz = GEMACHT!

ANMACHEN - raiz do verbo "MACH" - colocar o -GE-antes da raiz e um -T depois da raiz = ANGEMACHT
ZUMACHEN = zugemacht (pronúncia ZÚ-machen, ZÚ-gemacht)
AUSMACHEN = ausgemacht (pronúncia ÁUS-machen, ÁUS-gemacht) etc.

Ou seja, o uso do GE- (ou -GE-) tem a ver com a pronúncia. Por isso, é importante pronunciar todos os verbos corretamente com a devida sílaba tônica.

Vamos à mais um exemplo:

Veja a figura abaixo e responda à pergunta. A propósito, o verbo MIAR em alemão é MIAUEN, sílaba tônica no AU (miAUen). Você acha que o particípio passado de MIAUEN leva GE- ou não?



Resposta: NAO!
O gato miou = Die Katze hat miaut!

A regra que há nos livros de alemão dizendo que verbos regulares sem prefixo levam sempre um GE- no particípio passado está errada. Ou melhor, dá certo pra grande maioria dos casos. Mas aí encontramos casos como esse "MIAUEN", onde um verbo regular sem prefixo nao leva o GE-.  A questão do uso ou não do GE- tem a ver com a pronúncia. Se a sílaba tônica for a primeira, leva um GE-, se não for, não leva GE-. No caso de MIAUEN a sílaba tônica é a segunda.

De fato, os verbos separáveis levam sempre GE- justamente por terem o prefixo separável sempre tônico! E os inseparáveis da mesma forma pelo motivo contrário.
E os verbos irregulares?

Como o nome já diz, para verbos irregulares não há uma regra geral. A principal diferença é a terminação que no lugar de -T é -EN (ou -N). A regra do uso do GE- é a mesma dos verbos regulares.

RUFEN - (raiz = RUF, GE + RUF + EN =  gerufen)
LESEN - (raiz = LES, GE + LES + EN = gelesen)


O problema é que os verbos irregulares sofrem, em muitos casos, mudança na vogal da RAIZ ou até mesmo mudanças completas na raiz. Pra isso, só tem uma solução, o famoso DECOREBA. Pra ajudar o decorebam, façam muitos exercícios e use sempre os verbos sempre que puder para ir fixando-os na memória.

Alguns exemplos de mudanças comuns na raiz:

EI - IE
bleiben (ficar) = raiz BLEIB, mas o EI se transforma em IE, Part. II = geBLIEBen
steigen (subir) = raiz STEIG, mas o EI se transforma em IE, Part. II = geSTIEGen

EI - I
reißen (rasgar) = raiz: REISS, mas o EI se transforma em I, Part. II = geRISSen.
scheißen (cagar) = raiz SCHEISS, mas o EI se tranforma em I, Part. II = geSCHISSen.

I - U
finden (achar, encontrar) = raiz FIND, mas o I se transforma em U, Part. II = geFUNDen.
singen (cantar) = raiz SING, mas o I se transforma em U, Part. II = geSUNGen.

Vou colocar aqui uma lista das mudanças mais comuns de vogais na RAIZ VERBAL:


EI - I
befleißen - beflissen
beißen - gebissen
bleichen - geblichen
gleichen - geglichen
gleiten - geglitten
greifen - gegriffen
kneifen - gekniffen
leiden - gelitten
pfeifen - gepfiffen
reiten - geritten
reißen - gerissen
scheißen - geschissen
schleichen - geschlichen
schleifen - geschliffen
schleißen - geschlissen
schmeißen  - geschmissen
schneiden - geschnitten
schreiten - geschritten
spleißen - gesplissen
streichen - gestrichen
streiten - gestritten
weichen - gewichen

EI - IE
bleiben - geblieben
gedeihen - gediehen
leihen - geliehen
meiden - gemieden
preisen - gepriesen
reiben - gerieben
scheiden - geschieden
scheinen - geschienen
schreiben - geschrieben
schreien - geschrien
schweigen  - geschwiegen
speien - gespien
steigen - gestiegen
treiben - getrieben
weisen - gewiesen
zeihen - geziehen

I - U
binden - gebunden
dingen - gedungen
dringen - gedrungen
empfinden - empfunden
finden - gefunden
gelingen - gelungen
klingen - geklungen
misslingen  - misslungen
ringen - gerungen
schlingen - geschlungen
schwinden - geschwunden
schwingen - geschwungen
singen - gesungen
sinken - gesunken
springen - gesprungen
stinken - gestunken
trinken - getrunken
winden - gewunden
wringen - gewrungen

IE - O (breve)
fließen - geflossen
genießen - genossen
gießen - gegossen
kriechen - gekrochen
riechen - gerochen
schießen - geschossen
schließen - geschlossen
sieden - gesotten
sprießen - gesprossen
verdrießen  - verdrossen

IE - O (longo)
biegen - gebogen
bieten - geboten
fliegen - geflogen
fliehen - geflohen
frieren - gefroren
schieben  - geschoben
stieben - gestoben
verlieren - verloren
wiegen - gewogen
ziehen - gezogen

E - O (breve)
bergen - geborgen
bersten - geborsten
brechen - gebrochen
dreschen - gedroschen
fechten - gefochten
flechten - geflochten
gelten - gegolten
helfen - geholfen
melken - gemolken
quellen - gequollen
schelten - gescholten
schmelzen  - geschmolzen
schrecken  - geschrocken
schwellen - geschwollen
sprechen - gesprochen
stechen - gestochen
sterben - gestorben
treffen - getroffen
verderben  - verdorben
werben - geworben
werfen - geworfen

E - O (longo)
befehlen - befohlen
bewegen - bewogen
empfehlen - empfohlen
heben - gehoben
pflegen - gepflogen
scheren - geschoren
stehlen - gestohlen
weben - gewoben

I - O (breve)
beginnen - begonnen
gewinnen - gewonnen
glimmen - geglommen
klimmen - geklommen
rinnen - geronnen
schwimmen - geschwommen
sinnen - gesonnen
spinnen - gesponnen

Ü - O (longo)
küren - gekoren
lügen - gelogen
trügen - getrogen

Ä - O (longo)
gären - gegoren
wägen - gewogen
gebären - geboren


Além disso há verbos que sofrem mudança total na raiz:

GEHEN - gegangen
SEIN - gewesen

Existem tbm uns verbos MISTOS.. ou seja, mesmo sofrendo mudança na raiz verbal, recebem a terminação -T. Mas sao poucos (e muito usados).

Ex.:  wissen - gewusst
bringen - gebracht
denken - gedacht
brennen - gebrannt
kennen - gekannt
nennen - genannt
rennen - gerannt


Vou fazer um próximo post para ajudar estudantes mais avançados quando o assunto houver verbos com dois prefixos em vez de um!

Abraços

23 de fevereiro de 2010

ORDEM DAS PALAVRAS - PARTE III

Olá,

um leitor do blog me fez a seguinte pergunta:

"Olá
Parabéns pelo blog, me vem ajudando bastante!

Gostaria de saber a ordem dos complementos na frase: dativo, acusativo e
também o nominativo (para quando for uma perguntar por exemplo)

Eu achava que sabia isso, até que vi essa fase:
Hat euch der Gänsebraten geschmeckt?
Por que o dativo está na frente do nominativo?

Parabéns de novo
Anderson"


Ótima pergunta:

Como o alemão é uma língua que possui casos, a ordem dos complementos numa frase é bem mais livre que no português.

Vamos partir da seguinte situação. Caso um advérbio apareça na posição I da oração, a gente sabe que o sujeito (NOMINATIVO) fica depois do verbo, não é mesmo?

Ich spiele immer Gitarre. (Eu sempre toco violão)
Heute spiele ich Klavier. (Hoje eu toco piano).

O que acontece então quando depois do verbo já estiverem outros complementos em outros casos? Pra onde vai o NOMINATIVO?

Então.. vamos colocar agora os pingos nos iis. É bem fácil.

Essas funções sintáticas podem ser representadas numa oração por sintagmas nominais (p.ex. artigos + substantivos) ou por sintagmas constituídos apenas de pronomes pessoais.

Der Lehrer arbeitet viel. (DER LEHRER - sintagma nominal feito por um ARTIGO + SUBSTANTIVO )
Er arbeitet viel. (ER - pronome pessoal)

A primeira regra de ouro quando aparecerem vários complementos juntos é:
PRONOMES PESSOAIS (sozinhos) vêm sempre antes dos SUBSTANTIVOS, independente dos casos. Vou dar vários exemplos.

Heute hat er seine Mutter getroffen. (Hoje ele encontrou a mãe dele).
Heute hat sie der Student getroffen. (Hoje o estudante a encontrou).

Ich bin heute spät, weil ich einer Frau auf der Straße geholfen habe.
(Estou atrasado hoje pq ajudei uma mulher na rua).
Ich bin heute nicht spät, weil mir eine Frau auf der Straße geholfen hat.
(Não estou atrasado hoje pq uma mulher me ajudou na rua).

Percebeu? Não importa o caso, o pronome pessoal tem sempre preferência. Isto quer dizer que nem sempre o sujeito fica logo após o verbo. Se houver pronomes pessoais, e o sujeito estiver em forma de substantivo, ele vai ficando pra trás.

E se todos forem SUBSTANTIVOS? E se todos forem PRONOMES?

Agora vamos à regrinha número 2.

Se todos forem SUBSTANTIVOS, a ordem é NOMINATIVO, DATIVO, ACUSATIVO.
Se todos forem PRONOMES, a ordem é NOMINATIVO, ACUSATIVO, DATIVO.

Se forem só pronomes a ordem é: NOMINATIVO, ACUSATIVO e DATIVO
Vamos aos exemplos:

Der Lehrer gibt den Schülern eine gute Note. (DATIVO antes de ACUSATIVO).
(O professor dá uma boa nota aos alunos)

Der Lehrer gibt ihnen eine gute Note. (Pronomes têm preferência, regra 1).

Der Mann gibt seiner Frau ein Buch. (Substantivos: DATIVO antes de ACUSATIVO).
(O homem dá um livro à sua esposa).
Der Mann gibt ihr ein Buch. (Pronomes têm preferência, regra 1)
Der Mann gibt es seiner Frau. (Pronomes têm preferência, regra 1).
Der Mann gibt es ihr. (se forem pronomes, ACUSATIVO antes do DATIVO).


Vou dar uma situação comum pra usar essa regra:
Um amigo seu diz que tem uma foto legal que ele tirou nas férias. Você quer perguntar pra ele se ele vai mostrar a foto pra você. A pergunta pode ser:

- Zeigst du es mir? (Só pronomes: NOMINATIVO, ACUSATIVO, DATIVO).
- Zeigst du mir das Foto? (Pronomes antes do SUBSTANTIVO, ordem dos pronomes NOMINATIVO antes do DATIVO).

Depois eu posso perguntar pra vc se seu camarada te mostrou a foto:
- Hat dir dein Kumpel das Foto gezeigt? (Seu amigo te mostrou a foto?)
(Regra 1: Pronome DIR antes dos subsantivos KUMPEL e FOTO)

ou eu poderia dizer:

- Hat er dir das Foto gezeigt?

ou ainda

- Hat er es dir gezeigt?

Na pergunta do  Facebook a frase era:
Gestern hat Lukas seiner Frau sein Auto geliehen.

Neste caso não há nenhum pronome, portanto a ordem é NOM - DAT - AKK.
Lukas - Nominativo
seiner Frau - Dativo
sein Auto - Acusativo

Na hora de substituir por pronomes pessoais, a ordem muda: NOM - AKK - DAT

er - nominativo
es - acusativo
ihr - dativo

Entendido? :-)

-------------------------------------------------------

Quem gostar deste POST, por favor, faça algum comentário.

16 de fevereiro de 2010

MERDA: Desculpe o meu linguajar, mas o tópico é sobre isso!

Melhor do que colocar uma foto da dita cuja, né?
Olá amigos,

hoje vamos falar sobre MERDA. (perdão da palavra). Mas foi uma dúvida muito interessante.

A dúvida do Igor é a seguinte:
"o certo eh Die Scheisse.

mas pq eu falo em alemao "weg mit DEM Scheiss"??
"a merda" muda de artigo ou eu to falando errado?"

Antes de qualquer coisa, cabe lembrar que Scheiße ou Scheiß se escrevem oficialmente com ß. Na dúvida sobre qdo escrever com SS ou ß, basta clicar aqui!

Existem na verdade as duas palavras "der Scheiß" e "die Scheiße".
São dois verbetes no dicionário!!!

Como palavrão, ambas são meio que intercambiáveis, mas depende muito o jeito que vc usa.
Quando nos referimos às fezes de forma vulgar, é a segunda, no feminino, "die Scheiße". Ou seja, "Scheiße" = fezes no sentido literal.

Scheiß é usado mais em expressões do tipo:

Mach bloß keinen Scheiß! - Não vá fazer nenhuma merda!
Was soll der Scheiß? - Que merda é essa? Pra que essa merda?
Mann, ist das ein Scheiß! Cara, isso é uma merda!

Ou seja, "Scheiß" é mais no sentido metafórico.

Como interjeição, na hora da raiva, se usa o primeiro:  Scheiße! Ich habe mein Handy vergessen!

Na hora de fazer compostos (alguma coisa de merda), é sem o "E" final e tudo junto!

Scheißhandy - celular de merda, bosta de celular
Scheißbusfahrer - bosta de motorista (de ônibus, (que) motorista FDP.. 
Scheißstadt - cidade de merda, cidade uó
Scheißfahrrad - bicicleta de merda, bosta de bicicleta

etc.

Atenção!!!
P.S. Como a palavra Scheiße é típica da língua coloquial, é comum que só se veja escrita em textos informais. Os alemães costumam escrever em chats, no Facebook ou em qualquer texto informal SEPARADO do substantivo.

O comum é ver escrito "das ist ein scheiß fahrrad" (separado) ou até mesmo "scheiss fahrrad"

Mas isso é porque a linguagem da internet não liga muito para as regras oficiais de escrita. É tanto que até as maiúsculas são deixadas de lado.

Neste caso, "Scheiß-" funciona como "Riesen-" ou "Lieblings-", escritos sempre junto.

Ein Riesenrad. Meine Lieblingsfarbe. Ein Scheißfahrrad.

OFICIALMENTE, se você fosse escrever um romance agora em que um personagem dissesse Scheiß + alguma coisa, o correto seria escrever tudo junto como eu expliquei acima. Então, podem continuar escrevendo separado na Internet, mas o correto seria escrever junto.

Espero que não tenha ficado nenhuma dúvida!

14 de fevereiro de 2010

Como se diz "Eu te amo" em alemão

Olá amigos,

vamos falar de amor! haha

Em todos os fóruns de todos os idiomas na Internet sempre vem alguém que pergunta como dizer EU TE AMO em determinado idioma. Vou falar sobre como se diz EU TE AMO em alemão e outras coisas relacionadas.

O verbo amar em alemão é o verbo lieben, mas também há o verbo liebhaben. Não é à toa que a palavra para amante é Liebhaber (ou no feminino Liebhaberin).

Ou seja, "eu te amo" pode ser dito "Ich liebe dich" ou "Ich habe dich lieb". (Gente, sem "e" no final, o verbo é LIEBhaben, sem "E" depois do "B".)

"Ich liebe dich" é mais romântico que "Ich habe dich lieb" (que pode também ser usado entre amigos que se gostam muito e/ou que se amam, por que não?).

A palavra "amor" é Liebe (com E!)



Pra chamar o seu amor de AMOR, a palavra mais usada é Schatz (tesouro). Isso mesmo, do mesmo jeito que a Dona Florinda chamava o Quico. Então na hora de chamar o seu amor (seja homem ou mulher), o mais comum é usar Mein Schatz! ou se for seu amorzinho guti-guti (onde tudo é falado no diminutivo) pode também chamar de (Mein) Schätzelein! ou (Mein) Schätzchen hahahaha Se houver algum outro apelido, bebê, meu ursinho, meu coelhinho, meu doce de coco, isso fique por favor entre vocês! hahaha

E namorar?? E ficar? E pegar?

Calma aí. A nossa língua portuguesa (ou mesmo a brasileira) tem muitas palavras para identificar as várias fases de um romance. Eu já cheguei a ouvir até palavras do tipo "ficante". "Ele não é meu namorado, é só um ficante". Esperar que haja equivalentes para todos os níveis de relacionamento em outro idioma é querer demais.

Mas eu tenho que reconhecer que a língua alemã é bem POBRE de vocabulário nesse assunto. Eles não têm palavras básicas como namorado ou namorada.

O namorado é apenas chamado de Freund (amigo). O mesmo vale para a namorada (Freundin).

Então como diferencia um(a) amigo(a) de um(a) namorado(a)?

Há vários truques pra deixar claro o que vc quer dizer:

1 - Chamá-lo(a) de namorado(a) fixo(a): fester Freund, feste Freundin

Da ist Claudia. Sie ist meine feste Freundin.
(Ali está a Cláudia. Ela é minha namorada [fixa])

Hast du einen festen Freund? (Você tem namorado [fixo])?

2 - Quando for um(a) amigo(a), use o artigo ein(e) em vez de usar o possessivo mein(e). Aí fica mais claro. Também se pode usar logo depois von mir (meu/minha).

Da ist Claudia. Sie ist eine Freundin (von mir).
(Ali está a Cláudia. Ela é uma amiga (minha)).

3 - Também dá pra chamar os amigos de "bons amigos". (guter Freund, gute Freundin).

Claudia ist nur eine gute Freundin.
(A Cláudia é só uma boa amiga).

Mas fiquem atentos. Dizer mein(e) Freund(in) não quer necessariamente dizer que você tá dizendo meu(minha) namorado(a). O contexto é que vai ajudar a interpretar a palavra como amigo(a) ou namorado(o).

Se não existe palavra pra NAMORADO, é óbvio que em alemão não existe o verbo NAMORAR (no sentido brasileiro da coisa!). Então como dizer:

1) Quer namorar comigo? [P.S. A regência das gramáticas brasileiras diz que NAMORAR não se usa com a preposição COM. Seria transitivo direto. "Quer me namorar?". Mas eu parto do princípio de que a maioria dos brasileiros usa desta forma, ficando assim mais fácil de entender]

Em alemão o equivalente para "Quer namorar comigo?" é Willst du mit mir gehen?
Mas isso só quem diz são crianças. Adultos não fazem esse tipo de pergunta. Adultos geralmente começam a sair e de repente, percebe-se que estão namorando, sem que haja necessidade de se fazer uma pergunta assim.

2) A gente tá namorando.

Pra dizer que você e seu (sua) amado(a) estão namorando, é mais fácil dizer que vocês estão juntos.

Wir sind zusammen. - A gente tá junto.
Wir sind feste Freunde - A gente namora firme.
Wir sind in einer Beziehung. - A gente está num relacionamento.

Ou apresente-o(a) como seu(sua) namorado(a).

Er ist mein fester Freund / Sie ist meine feste Freundin.

E pra dizer FICAR.???

Isso é bem complicado, pois "ficar" é algo muito cultural brasileiro, difícil até mesmo de definir o limite do FICAR, da pegação, da curtição... Ficar dura quanto tempo?? A pessoa pode ficar durantes meses sem ser namoro?? Enfim.. é algo que até mesmo eu tenho dificuldade de explicar.

Os alemães usam a palavra em inglês "das Date, - s" (pronúncia aproximada "dêit") pra se referir aos encontros de cunho romântico e/ou sexual. Não precisa haver sexo, mas só o fato de vc sair com alguém pra algum lugar, você está tendo um Date com alguém.

Caso alguém pergunte: Quem é o(a) fulano(a)? há várias maneiras de expressar que vocês estão "ficando".

Er ist ein Typ, mit dem ich mich regelmäßig treffe.
(Ele é um cara com quem eu me encontro com freqüência)

Wir haben schon ein paar Dates gehabt.
(A gente já teve alguns encontros)

Por exemplo, se você ficou se encontrou com alguém do Tinder, pode dizer que teve um "Date".

Se você quiser mencionar que há também carícias mais íntimas, sexo etc. pode-se usar o verbo rummachen.
Wir treffen uns ab und zu mal und wir machen ein bisschen rum.
(A gente se encontra de vez em quando e a gente "brinca" um pouco)

Agora mudando da água pro vinho. Vai que a brincadeira se torne séria e vocês decidam casar. E como se diz CASAR???

O verbo "casar-se com alguém" é o verbo heiraten. O grande problema desse verbo para os brasileiros é que ele não é usado com preposição nenhuma. Apenas com o acusativo.

Ou seja, pra dizer "Quer casar comigo?" o correto é "Möchtest du MICH heiraten?".
Por exemplo.

"A Ana se casou com o Paulo" = Ana hat Paulo geheiratet". Nada de preposição.

Outra coisa é a palavra CASADO(A) = verheiratet. Essa sim precisa da preposição MIT!

Vou dar dois exemplos.

A Ana quer se casar com um alemão.
Ana will einen Deutschen heiraten. (No acusativo, sem preposição)
A Ana é casada com um alemão.
Ana ist mit einem Deutschen verheiratet. (No dativo por causa da preposição MIT).

E pros pombinhos e os apaixonados eu deixo a trilha sonora do dia:


Ich habe einen Schatz gefunden
Und er trägt deinen Namen
So wunderschön und wertvoll,
Und mit keinem Geld der Welt zu bezahlen
Du schläfst neben mir ein,
Ich könnt' dich die ganze Nacht betrachten
Seh'n wie du schläfst, hör'n wie du atmest,
Bis wir am morgen erwachen
Du hast es wieder einmal geschafft,
Mir den Atem zu rauben
Wenn du neben mir liegst,
Dann kann ich es kaum glauben,
Dass jemand wie ich, sowas schönes wie dich, verdient hat
Refrain:
Du bist das Beste was mir je passiert ist
Es tut so gut wie du mich liebst
Vergess' den Rest der Welt,
Wenn du bei mir bist
Du bist das Beste was mir je passiert ist
Es tut so gut wie du mich liebst
Ich sag's dir viel zu selten,
Es ist schön, dass es dich gibt
Strophe:
Dein Lachen macht süchtig,
Fast so als wär' es nicht von dieser Erde
Auch wenn deine Nähe Gift wär',
Ich würd bei dir sein,
Solange bis ich sterbe
Dein Verlassen würde Welten zerstör'n,
Doch daran will ich nicht denken
Viel zu schön ist es mit dir,
Wenn wir uns gegenseitig Liebe schenken
Betank mich mit Kraft
Nimm mir Zweifel von den Augen
Erzähl' mir 1.000 Lügen, ich würd' sie dir alle glauben
Doch ein Zweifel bleibt,
Dass ich, jemand wie dich, verdient hab'
REFRAIN
Wenn sich mein Leben überschlägt,
Bist du die Ruhe und die Zuflucht
Weil alles was du mir gibst,
Einfach so unenendlich gut tut
Wenn ich rastlos bin, bist du die Reise ohne Ende
Deshalb lege ich meine kleine, große Welt in deine schützenden Hände
REFRAIN
Ich sag's dir viel zu selten, es ist schön, dass es dich gibt

Acho que é isso! :-) Abraços

11 de fevereiro de 2010

Adjetivos: o terror mastigado (Parte II)

Atenção!!!. A maioria dos livros didáticos e cursos trazem geralmente três tabelas de adjetivos, uma que chamam de declinação forte, outra fraca e outra mista. A minha proposta é aprender a declinação apenas com duas tabelas em vez de três. Portanto, caso sintam faltam da tabela mista aqui, já sabem o porquê.

Olá,

estão preparados para mais uma bateria de explicações sobre o uso dos adjetivos?

Se você ainda não leu a parte I, eu sugiro que leia agora:

Declinação dos Adjetivos (Parte I): ADJETIVO - PARTE I

Como eu falei antes, os adjetivos sempre recebem uma terminação quando estão na frente de um substantivo. E todas começam com a letra -E.

Ao todo só existem essas cinco: -E, -EN (que são usadas em mais casos e gêneros), -ER, -ES, -EM.

Ou seja, um adjetivo como GUT pode aparecer de cinco formas diferentes: GUTE, GUTEN, GUTER, GUTES, GUTEM ou sem terminação GUT. Só recapitulando.. sem terminação só quando estiver como predicativo, não junto do substantivo.

Ex.: Der Tag heute ist sehr gut. (O dia hoje está muito bom.)
Ich wünsche dir einen guten Tag. (Eu te desejo um bom dia)

Lembram do GUTEN TAG! (Bom dia!) e do GUTE NACHT! (Boa Noite). Pois é.. são terminações diferentes pois TAG é masculino e NACHT é feminino.

O chato pra saber qual terminação o adjetivo recebe é que depende de três coisas: o gênero e caso do substantivo em questão e da palavra que antecede o adjetivo. GÊNERO, CASO e PALAVRA QUE ANTECEDE.

A dica é a seguinte: há palavras no alemão que trazem as marcas de gênero e caso muito bem definidas. Por exemplo, os artigos definidos (no nominativo).

Masculino: der
Feminino: die
Neutro: das

Já os artigos indefinidos não tanto:

Masculino: ein
Feminino: eine
Neutro: ein

Percebem que o -ER, marca do masculino no nominativo, não aparece no artigo indefinido EIN. Ou seja, o artigo EIN não tem nenhuma terminação que mostre que é uma palavra masculina. Portanto, o adjetivo vai receber a marca que essa palavra não tem.

EIN GUTER MANN - um homem bom
EIN SCHÖNES MÄDCHEN - uma garota bonita

Já, se eu quisesse dizer "O HOMEM BOM", o artigo DEFINIDO "der" já mostra que a palavra é masculina. Portanto, o adjetivo não precisa mais levar essa marca de masculino, basta apenas receber uma terminação qualquer, que no caso do nominativo é o -E para os três gêneros. Ou seja, não precisa diferenciar no adjetivo, pois o artigo já mostra o gênero.

DER GUTE MANN - o homem bom
DAS SCHÖNE MÄDCHEN - a garota bonita

A maioria dos livros de alemão dizem que há três tipos de declinação. Eu resumo a apenas dois tipos.

Quando a palavra que antecede o substantivo (artigos, demonstrativos, possessivos etc.) já tiver marcar de gênero ou caso, o adjetivo varia menos, pois o gênero e o caso já estão marcados. Só há duas terminações possíveis: -E ou -EN.

Declinação tipo 1 (Declinação fraca)


MASCULINO FEMININO NEUTRO PLURAL
NOMINATIVO -e -e -e -en
ACUSATIVO -en -e -e -en
DATIVO -en -en -en -en
GENITIVO -en -en -en -en

É bem fácil.. -E, só em cinco casos.. todos os outros -EN, plural sempre -EN, dativo e genitivo sempre -EN. Ou seja, basta a palavra já ter uma marca de gênero que cai na tabela 1.


Quando a palavra que antecede estiver sem marcas de gênero ou caso, ou caso não haja nenhuma palavra que antecede (por exemplo, sem artigo), aí o adjetivo vai ter que receber a marca de gênero e caso. Mas não precisam se assustar, é igual às terminações dos artigos definidos (com exceção do GENITIVO MASCULINO e NEUTRO que recebem -EN)

Declinação tipo 2 (Declinação forte)

MASCULINO FEMININO NEUTRO PLURAL
NOMINATIVO -er -e -es -e
ACUSATIVO -en -e -es -e
DATIVO -em -er -em -en
GENITIVO -en -er -en -er

Não é necessário ter um trabalho extra de decorar essa tabela. Se você souber os artigos definidos, já saberá essa tabela pois são as mesmas terminações. DER --> -ER, DIE --> -E, DEM--> -EM e por aí vai. O único que não fica igual é o genitivo singular do masculino e neutro. Vocês conseguem imaginar o porquê???

Mesmo motivo: o genitivo masculino e neutro já recebem uma marca de caso, um -S (ou -ES) no próprio substantivo. Por isso, não há necessidade de marcar o caso no adjetivo. Então como na tabela de cima, GENITIVO -EN!

NOMINATIVO SINGULAR: gutes Wörterbuch
GENITIVO SINGULAR: guten Wörterbuchs

Vamos aos exemplos:

O bom professor ajuda também os alunos mais fracos.
Der gute Lehrer hilft auch den schwächeren Schülern.
(Nesse exemplo, as terminações são da tabela UM, pois estão seguidos de artigos definidos).

Este famoso jogador de futebol visita um lar para crianças pobres.
Dieser berühmte Fußballspieler besucht ein Heim für arme Kinder.

(O -E de "berühmte" veio da tabela UM, pois a palavra DIESER tem a mesma terminação do artigo definido DER, ou seja, tem uma marca clara de gênero masculino. Já o -E de veio da tabela DOIS, pois entre a preposição FÜR e o adjetivo ARM não há nenhuma determinante, nenhum artigo, nenhum demonstrativo etc.)

Comparem com o exemplo abaixo:

Um famoso jogador de futebol visitou as crianças pobres de uma cidade pequena.
Ein berühmter Fußballspieler hat die armen Kinder einer kleinen Stadt besucht.

(O "-er" de "berühmt" veio da tabela 2, já que o artigo EIN não termina em -ER como no artigo definido masculino. Por isso, o adjetivo acaba pegando a terminação que o artigo teria, no caso, -ER. Já o adjetivo ARM, acaba recebendo a terminação -EN da tabela 1 pq já veio acompanhado de artigo e no plural é sempre -EN. Já "klein" recebe o -EN, pois o artigo já vem com a marca do GENITIVO FEMININO "-er". Portanto se usa a tabela 1. Dativo e Genitivo sempre -EN na tabela 1).

Ou seja, no fim das contas, em vez de decorar três tabelas (uma pra artigo definido, outra pra artigo indefinido e mais uma pra quando estiver sem artigo), basta decorar apenas uma tabela e meia, pois a tabela número 2 tem as mesmas terminações os artigos definidos. Se o artigo indefinido tiver a mesma terminação do artigo definido, use a tabela 1. Senão use a terminação que o artigo definido teria, caso estivesse lá!

Eu tenho um carro azul.
(Ich habe ein blaues Auto). - TABELA 2, pois o artigo EIN não termina em -S como o artigo DAS. o -ES vai então pro adjetivo.
Eu tenho dois carros azuis.
(Ich habe zwei blaue Autos). - TABELA 2, pois o adjetivo BLAU está sozinho, sem artigo nenhum. O numeral ZWEI não conta como artigo. O artigo definido plural que estaria lá seria o DIE, portanto o adjetivo termina em -E.
Eu não tenho carros azuis.
(Ich habe keine blauen Autos). - TABELA 1, pois o artigo definido plural seria DIE. KeinE termina -E, ou seja, o plural já está marcado no próprio KEINE. Sendo assim, todo adjetivo no plural da tabela 1, terminam em -EN.

(Atualização 26/11/2012): Aqui vai um resumo em forma de tabela:


Só mais uma dica final:

Os pronomes possessivos IHR, UNSER e EUER terminam coincidentemente em -R, mas estas são suas formas SEM terminação. Ou seja, IHR, UNSER e EUER entram sempre na tabela 2, assim como MEIN, DEIN e outros possessivos. Só quando recebem uma terminação que marque o caso/gênero (como IHRER, UNSERER, EURER é que vão pra tabela 1, pois a terminação -ER é idêntica à do artigo definido DER). Compreendido?

Ist das Ihr jüngster Sohn? (Tabela 2! Por quê? Ihr Sohn - masculino, singular, nominativo - apesar do R final de IHR, esta é a forma sem terminação. O fato de terminar em R foi apenas uma coincidência. Sendo assim, o adjetivo recebe o -ER que marca o masculino nominativo).
Nein, das ist der Sohn von unserer brasilianischen Tante. (Tabela 1! Agora sim. O pronome UNSER recebeu uma terminação -ER que marca o dativo feminino. Sendo assim, não é necessário colocar essa marca de gênero/caso no adjetivo, basta colocar um -EN da tabela 1 que é usado em todos os casos no dativo).

Atualização: 14/12/12

A resposta correta é "neue/neue"
Perguntei no dia 12 de dezembro no Facebook... qual forma correta do adjetivo completa o seguinte mini-diálogo?

- Schau mal mein neues Auto.
- Welches (1) Auto meinst du? Ich sehe doch zwei (2) Autos.

Vamos fazer a análise de acordo com a regras já explicadas no tópico:
A gente sempre tem que fazer a análise das palavras que vêm antes do adjetivo.

"mein neuES Auto." - Por quê? O adjetivo "Auto" está no acusativo singular e é do gênero neutro. O artigo definido neutro acusativo seria "das". Observe bem a letra S do artigo "das". Agora olhe pra palavra "MEIN" que vem antes do adjetivo. Esse pronome não termina em -S, ou seja, não tem a marca do gênero neutro. Por isso, o -S que deveria estar lá vai para o adjetivo. neuES.

"welches (1) Auto" - A mesma coisa. "Auto" está no acusativo singular, o artigo definido seria "das". Observe agora o pronome interrogativo "welches". Esta palavra já termina em "-s" tal como o artigo "das". Ou seja, o adjetivo não precisa receber -S, por isso ele recebe apenas um -E: "welches neuE Auto" (tabela 1)

"zwei (2) Autos"- Aqui o substantivo está no acusativo plural. O artigo acusativo plural deveria ser "die". Ou seja, temos que procurar na palavra antes do adjetivo se termina em "-e" ou não. Antes do adjetivo há o número "zwei" que, na verdade, não recebe marca nenhuma de plural. Portanto, essa letra -E que estaria no artigo deve ir para o adjetivo. Resposta correta: "zwei neuE Autos". (tabela 2).

A resposta correta da pergunta é "neue/neue".

Por que no plural não é NEUEN???

O plural só recebe -EN (tabela 1) se a palavra que vier antes do adjetivo já tiver uma marca de plural (ou seja, a letra -E). Exemplo: keine neuen Autos, die neuen Autos, diese neuen Autos, meine neuen Autos. Na falta da letra -e, o "-e" vai para o adjetivo: Hier sind nur neue Autos, drei neue Autos.

Aqui vai um exercício online para vocês treinarem se já sabem todas as terminações com a historinha didatizada do Chapeuzinho Vermelho:

CHAPEUZINHO VERMELHO - ADJETIVOS

Espero que tenha ajudado.


Se você gostou deste post, por favor, escreva algum comentário.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...