PESQUISAR NO GOOGLE

Faça sua busca aqui:
Pesquisa personalizada

PESQUISAR NO BLOG

31 de janeiro de 2012

Como eu digo "ENCONTRAR"?

Existem muitas traduções para o verbo ENCONTRAR. Vou colocar aqui só as principais que um aluno que fala alemão básico deve conhecer.

1) FINDEN

Significa que você estava procurando por algo/alguém. É o resultado de uma busca. É no sentido de "achar".

A pessoa ou coisa que você encontra fica no ACUSATIVO.

Meine Freundin und ich waren auf demselben Konzert, aber ich konnte sie dort nicht finden.
(Minha namorada e eu estávamos no mesmo show, mas eu não conseguia encontrá-la/achá-la por lá).

2) TREFFEN
Neste caso você não estava procurando por ninguém. É usado praticamente só para pessoas. Tem o sentido de "encontrar alguém por acaso".

Ich habe Paulo in der Schule getroffen. Eu encontrei o Paulo na escola.

Paulo aqui não estava perdido. Mas eu estava lá, ele passou na minha frente e a gente acabou se encontrando.

Neste caso a pessoa (que alguém encontra) deve ficar no ACUSATIVO: Ich habe IHN getroffen.

Esse é o sentido mais comum. O encontro também poderia ter sido planejado. Mas neste caso, é mais comum que se use o próximo verbo.

3) SICH TREFFEN MIT...

O verbo é o mesmo: "treffen", mas neste caso é usado de forma reflexiva e com preposição. A diferença é igual ao português.

Ich habe Paulo getroffen. Eu encontrei o Paulo.
Ich habe MICH MIT Paulo getroffen. Eu me encontrei com o Paulo.

A diferença é que o encontro aqui geralmente é planejado. É ter um encontro com alguém.

Por causa da preposição MIT, a pessoa com quem alguém se encontra fica no DATIVO.
Ich treffe mich MIT IHM.

Se o sujeito estiver no plural e as pessoas encontradas forem o próprio sujeito, omite-se o complemento com "MIT":

Wir haben uns getroffen. (Nós nos encontramos). ==> Não é necessário dizer "miteinander" ou "mit uns selbst".

Mas se forem outras pessoas aí não se omite.
Wir haben uns mit unserem Chef getroffen. (Nós nos encontramos com o nosso chefe).

4) BEGEGNEN
Tem o mesmo sentido do "treffen"-2. "Begegnen" geralmente indica um encontro por acaso. A formação do verbo "BE + GEG(E)N + EN" já indica que a pessoa fica (por acaso) "cara a cara" com a outra. É quase um "topar com", "dar de cara com" algo/alguém.

Dá pra usar esse verbo também com coisas abstratas, não só com pessoas.

Er begegnet vielen Schwierigkeiten. Ele tem encontrado muitas dificuldades.

A pessoa ou coisa que se encontra fica no DATIVO. Muito importante, o Perfekt de BEGEGNEN é feito com SEIN.

Ich bin meinem Chef auf der Party begegnet. Eu dei de cara com meu chefe na festa.






28 de janeiro de 2012

Selig - Ohne Dich

Essa também é outra música que eu ouvia quando estava aprendendo alemão. A música é meio deprê, reconheço. Mas eu ouvia todo tipo de música pra ter contato com o alemão.

Algo pra se aprender já no título da música e nunca mais esquecer:

A preposição OHNE (sem) pede sempre acusativo: OHNE DICH
A preposição MIT (com) pede sempre dativo: MIT DIR


Selig - Ohne Dich 

Langeweile besäuft sich meilenweit,
ich zähl die Ringe an meiner Hand
Dort draußen alles dreht sich still um nix herum
und ich male deine Schatten an jede Wand


Es kommt so anders, als man denkt,
Herz vergeben, Herz verschenkt


Ich gab dir meine Liebe, gab dir Zeit,Geduld und Geld
Ich legte mein Leben in deine kleine Welt
Wer auch immer dir jetzt den Regen schenkt,
ich hoffe es geht ihm schlecht
Wer auch immer dich durch die Nacht bringt,
bitte glaub ihm nicht


Es kommt so anders, als man denkt,
Herz vergeben, Herz verschenkt


Es ist so oh,ohne dich!
Es ist so widerlich, ich will das nicht!
Denkst Du vielleicht auch mal an mich?
Es ist so oh,ohne dich!
Und wenn Du einsam bist
denkst Du vielleicht auch mal an mich?


Ich nähte mir ein Bettbezug aus der Zeit
die wir hatten und trink mir alte Wunden an, so tief und allein
Kein Berg den ich nicht verssetzt hab,
zog jede Chance an den Haaren herbei
für ein Leben lang zu leben,so wild und so frei


Es kommt so anders als man denkt,
Herz vergeben, Herz verschenkt...

24 de janeiro de 2012

O verbo SOLLEN

O verbo SOLLEN é um verbo modal que é, de fato, pouco compreendido. Talvez pelo fato de que os alunos aprendem os verbos modais traduzindo para o português numa correspondência biunívoca (1:1) e enquanto você não usar aquele verbinho em português, o verbo em alemão não será usado. E não é bem assim...

Verbos modais são verbos que (como o nome diz) indicam MODOS. É o modo como o falante se posiciona diante do que disse. Sem querer entrar muito em detalhes e indo direto ao ponto.

A maioria dos brasileiros traduz SOLLEN como DEVER. Não deixa de estar correto. O único problema é que o verbo SOLLEN é também usado mesmo quando um brasileiro formula a frase de um outro jeito.

Para entender este verbo é importante dizer que quando se diz uma frase SOLLEN, parte-se do princípio que alguém espera que você faça alguma coisa. É diferente do verbo MÜSSEN.

Observe estas duas frases:

Ich muss aufs Klo.
Ich soll aufs Klo.

Na primeira frase (com MÜSSEN) a pessoa em questão quer expressar sua necessidade de ir ao banheiro, provavelmente por causa de suas necessidades fisiológicas. É a uma necessidade física e pouco tem a ver com o que as outras pessoas esperam que ela faça.

Na segunda frase (com SOLLEN) a pessoa em questão quer expressar sua obrigação, seu dever de ir ao banheiro. Pode ser que ela nem esteja a fim de fazer xixi, mas que alguém a esteja chamando no banheiro ou esperando por ela no banheiro, ou pode ser que ela esteja apenas querendo dizer "É melhor eu ir ao banheiro, pois todo mundo já está me olhando de cara feia". Com SOLLEN, a pessoa focaliza no que outras pessoas (ALGUÉM) espera que ela faça.

Outro exemplo:
Se você vai ao médico, ele talvez diga todos os cuidados que você tenha que tomar usando MÜSSEN = (é necessário que você faça isso).
Herr Müller, Sie müssen dreimal am Tag das Medikament nehmen.

Quando o Sr. Müller chegar em casa e relatar para sua esposa o que o médico disse, é comum que relate tudo com o SOLLEN = (O médico espera, quer que eu faça isso)
Ich soll dreimal am Tag dieses Medikamente nehmen, meinte der Arzt.

Dá pra entender essa diferença? Ou seja, SOLLEN é um verbo que pressupõe que alguém espera, deseja, quer que alguém faça alguma coisa.


Um das coisas que brasileiros mais pecam em não usar o SOLLEN é justamente em frases que em português a gente diria "querer que alguém faça algo". Justamente nesses casos onde o SOLLEN se aplicaria, os brasileiros sempre insistem em traduzir ao pé da letra com o verbo "wollen" ou "mögen" (na sua forma "möchten").

Vamos aos exemplos:

Oi, amor, estou indo no centro. Você quer que eu compre um casaco de inverno para você?
Hi, Schatz, ich gehe in die Innenstadt. 

Brasileiro tenta dizer: ... willst/möchtest du, dass ich für dich eine Winterjacke kaufe?

O que se deve dizer:...soll ich dir eine Winterjacke kaufen?

Usar WOLLEN está errado?
Não, mas isso é português traduzido pro alemão. O uso do verbo WOLLEN/MÖCHTEN para se dizer o que se espera de alguém é interpretado como sendo impositivo, autoritário.

Uma mãe pode até dizer pros filhos: Ich möchte, dass ihr eure Zimmer aufräumt. (Eu quero/gostaria que vocês arrumem/arrumassem seus quartos). Sem problemas. Neste caso é uma mãe dando uma certa "ordem" pros filhos, impondo sua vontade. Mas até nesses casos, muitas vezes, prefere-se o uso de SOLLEN para lembrar as pessoas de suas obrigações.

Note a diferença:

Willst du, dass ich... ? (Soa aos ouvidos de um/a alemã/o que como: "Você tem agora um desejo. Diga o que você quer e eu farei". É que com esta frase, você dá a chance de ele/ela dizer a vontade dele/dela)
Soll ich...? (Soa aos ouvidos de um/a alemã/o como: "É isto que "você" espera que eu faça?". A frase soa menos como "sua vontade" e sim, "eu sei do que se espera de mim, só quero que você confirme se é isso mesmo").

Ou seja, nenhuma forma está errada. Mas os sentidos são diferentes.

Lembrem-se: Da próxima vez que você disser: "Ich möchte, dass du..." tenha em mente que a pessoa que ouvir a frase, vai achar que você está impondo sua vontade: EU QUERO QUE SEJA ASSIM!

Os alemães preferem usar o verbo SOLLEN, porque aí o "EU" acaba sumindo da frase e o pedido acaba se tornando menos "faça a minha vontade" e mais "ó, cara, essa é sua obrigação, não só para comigo, mas para que reine a harmonia e paz".

Vejam a diferença na hora de formular:
Ich möchte, dass du das Geschirr spülst. (Eu quero que você lave a louça. É a minha vontade e desejo. Faça o meu desejo!)
Du sollst/solltest das Geschirr spülen. (Você bem que devia lavar a louça. Não que seja eu que esteja te mandando fazer nada, mas estou te lembrando da sua obrigação).

Na segunda frase, você tira o seu corpo fora (já que não tem "ICH") e deixa tudo meio no ar.

P.S. (Mas é claro que pra dizer de forma mais educada, o melhor seria fazer um pedido de forma cortês: "Könntest du bitte das Geschirr spülen?" ou "Es wäre sehr nett, wenn du das machen könntest". Isto não apareceu no tópico, pois o objetivo é explicar o uso de SOLLEN em vez de dizer ICH WILL, DASS DU... típico dos brasileiros). Voltando ao tópico...

Se alguém te perguntar WAS SOLL ICH TUN? ele não está apenas dizendo "O que eu devo fazer?", mas em outras palavras, "O que você espera que eu faça?"  (O você neste caso é subentendido, não dito, pode ser um "você"geral).

Ou seja, crionças, na hora de perguntar pra alguém "Você quer que eu..."? lembrem-se: "Soll ich...?".


Mas o MÜSSEN também não serve para expressar obrigações impostas por outras pessoas?

Sim, serve. Mas com o MÜSSEN você está dizendo "É OBRIGATÓRIO".
Com o SOLLEN você está dizendo "Obrigatório não é. Mas isso é o que todo mundo/eu/alguém espera que você faça".

Existem alguns outros usos do verbo SOLLEN, mas eu quis apenas mencionar um bem comum, muitas vezes mal compreendido ou esquecido (por nem sempre usarmos o verbo "dever" em português).

É isso. Divulguem o blog.

Abraços

23 de janeiro de 2012

Der König der Löwen


Teatro do Musical "Der König der Löwen" em Hamburgo
 Até hoje o desenho "O Rei Leão" é um dos meus preferidos. As músicas também são excelentes.

Mas uma coisa vocês têm que saber sobre desenhos e Alemanha (baseada apenas na minha experiência e não pode ser tomada como verdade absoluta).

Em geral, alemães adultos não vão ao cinema assistir desenhos nem animações de computador. Diferente do Brasil, onde as sessões de desenhos como "Shrek" ou "A Era do Gelo" são exibidas até tarde da noite para todas as idades e onde nenhum adulto tem vergonha de dizer que foi com os amigos pro cinema assistir um desenho animado (claro, depende do desenho, se for "O Pequeno Pônei" talvez seja problemático), aqui na Alemanha eu sooooooooofro pra convencer amigos a ir pro cinema assistir alguma lançamento da Pixar. Os adultos aqui só assistem filmes "de adultos" :-(
 
Cabe lembrar que o musical do "Rei Leão" é tradicional em Hamburgo. Eles têm um teatro todo decorado só para o musical.

Aqui vai a famosa cena de "Hakuna Matata" em alemão.

Assim vocês podem aprender como se descrevem as cenas de um filme em alemão.

Hakuna Matata!
Diesen Spruch sag' ich gern
Hakuna Matata!
Gilt stets als modern
Es heißt "Die Sorgen
Bleiben dir immer fern"
Keiner nimmt uns die
Philosophie!

Hakuna Matata!
Hakuna matata?
Ja, wir leben danach.
Aber wieso?
Weil's danach immer viel schöner ist als vorher! Ahh ha ha ha...
Weißt du, Kleiner-- Diese zwei Worte lösen all deine Probleme.
Genau! Nimm Pumbaa, zum Beispiel.
Ja-ha! Auch er war ein kleines Schwein...
Auch ich war ein kleines Schweeeiiin! Bravo.
Grazie!
Ein Fluch, sein Geruch war ja kein lieblicher Duft,
Er musste nur was fressen, schon kam dicke Luft!
Ich bin trotz allen Muts ein Sensibelchen

Es tat weh, als die anderen flüchteten
Und oh, die Qual
Was für 'ne Qual!
Sie war katastrophal
Oh nein, so ein Skandal
Ach, das ewige Hupen (???)
Sag's uns nochmal!
Von dem ständigen...
Pumbaa! Doch nicht vor den Kindern!
Oh... 'tschuldigung.


Hakuna Matata!
Diesen Spruch sag' ich gern.
Hakuna Matata!
Gilt stets als modern.
Es heißt "Die Sorgen
Bleiben dir immer fern"
Keiner nimmt uns diiiie...
.... Philosophiiiiie...
Hakuna Matata!

Willkommen in unserem bescheidenen Zuhause.
Hier lebt ihr?
Wir leben wo's uns gefällt.
Ja. Ungeniert und fern der Heimat. Heh!
Es ist wundervoll.
Ich verhung're.
Ich könnt' jetzt glatt ein ganzes Zebra verdrücken.
Eeeahhah. Zebra ist heute leider aus.
Und Antilope?
Eh eh.
Und Gnu?
Nein. Hör mal, Kleiner; wenn du hier bleibst, mußt du fressen, was wir fressen. Hey, hier gibt's bestimmt unheimlich viel zu entlarven.
IIIHH. Was ist das?
Eine Larve. Was denn sonst?
Buäää. Ekelhaft.
Mmmm. Das schmeckt wie Hühnchen.

Schleimig, jedoch vitaminreich.
Delikatessen nur vom Feinsten. Mmmm. 
Pikant. Mit einer knusprigen Hülle ummantelt.
Du wirst dich noch drum reißen.
Ich sag' dir was, Kleiner. So lässt sich's wirklich leben. Keine Vorschriften. Und keine Pflichten. Oooh! Die mit der feinen Cremefüllung  
Und das Schönste von allem: Keine Sorgen.
Nun, Kleiner?
Na ja-- Hakuna Matata.

Schleimig, jedoch vitaminreich.
Genau!

Hakuna Matata, Hakuna Matata, Hakuna Matata.
Es heißt "Die Sorgen
Bleiben dir immer fern."
Keiner nimmt uns die
Philosophie
Hakuna Matata


14 de janeiro de 2012

Dicas de Filmes - Parte I

Olá,

quando eu estudava alemão ainda no Brasil, a Internet já era acessível, mas era lenta, por linha telefônica. Ainda não se sonhava em baixar filmes completos pela rede (geralmente de forma ilegal, diga-se de passagem!!!). Na época, pra assistir filme a gente ainda tinha que ir para a locadora de vídeo. Tá, os filmes já eram em DVD quando eu comecei a alugar filmes em alemão, mas bem que poderia ainda ter sido VHS também.

Então a gente se via preso às opções que chegavam ao Brasil. Eu tive sorte de ter uma locadora em Fortaleza com vários filmes alemães. Dentre os filmes que eu assisti ainda quando morava no Brasil, vou fazer aqui uma pequena lista (dos que eu me lembrar).

Acho que um dos filmes alemães mais antigos vistos pelas pessoas de uma geração antes de mim até a minha geração foi Christiane F.

Aqui tem uma cena:



Traumschiff Surprise - comédia.

É uma comédia que faz sátira de "Guerra nas Estrelas".



Meninas Não Choram - Große Mädchen Weinen Nicht - drama.

Um filme sobre duas adolescentes, seus dramas e problemas. P.S. A trilha sonora é boa.



A Queda - Der Untergang - drama (Segunda Guerra)

Um dos melhores filmes sobre a Segunda Guerra que eu já vi. Um das cenas deste seu filme é sempre utilizada para parodiar algum assunto polêmico no Youtube.




Aqui a famosa cena que é sempre parodiada. Dá pra encontrar diversas vezes no Youtube com legendas diferentes.




A Experiência - Das Experiment - drama.
Um filme muito forte. Foi refilmado recentemente pelo cinema americano. É sobre uma experiência feita com voluntários para simular uma cadeia.O link abaixo do Youtube não é o trailer, mas sim o filem completo.



Adeus, Lênin - GoodBye, Lenin - comédia
Uma comédia sobre a vida na DDR logo após a queda do muro. Muito bom.



Os Edukators - Die fetten Jahren sind vorbei - drama

Um filme sobre o capitalismo e sobre jovens revolucionários. Também com boa trilha.



Corra, Lola, corra. - Lola Rennt

Um dos primeiros filmes que eu assisti em alemão.



Estes são alguns filmes que eu assisti ainda no Brasil. Claro que tem muito mais. Num segundo post eu vou colocar filmes que eu assisti aqui na Alemanha.






11 de janeiro de 2012

Hochdeutsch: o que é isso?

Os professores de alemão como língua estrangeira são treinados a ensinar o alemão padrão, chamado de Hochdeutsch (traduzido: alto-alemão).


O que é o alemão padrão? Ora, o alemão padrão é uma "obra de ficção" :-) Apesar de hoje se falar sempre em Hannover quando o assunto é Hochdeustch, historicamente lá se falava o Niederdeutsch (baixo-alemão). O Hochdeutsch foi criado historicamente a partir da mistura de vários dialetos da parte central e sul da Alemanha, inclusive a Áustria. Mas como falei antes, é uma obra de ficção. Ninguém falava "Hochdeutsch".

Quase toda língua tem uma forma considerada culta, correta. Esta forma tida como "correta" é geralmente baseada em uma variante da língua existente. Esta norma pode ser estabelecida por manuais, gramáticas etc. Muitas pessoas acham que o "correto" é o que está no DUDEN. O DUDEN tem um grande tradição em livros sobre a língua alemã.Mas nem toda norma é ditada pelo DUDEN. As pessoas também procuram manuais escritos por especialistas ou por gente interessada pela língua. Há também associações que tentam zelar pela língua padrão. Ou seja, a língua padrão não é a língua de nenhum falante, de fato. Ninguém nasce sabendo falar a língua tal qual está nas gramáticas. Não existe nenhum falante com um alemão "perfeito". Existe apenas uma série de livros, manuais, publicações que tentam estabelecer uma forma da língua a ser usada por todos.

O problema disso tudo a gente conhece no Brasil. O português tem uma gramática superantiquada, a gente aprende coisas na escola que ninguém mais fala (quem é que fala "vós ides"? rsrsrsrsrs). Os brasileiros se acham "burros" ou que não sabem português porque não falam tal e qual na gramática. Quando, de fato, nem mesmo os mais puristas falam tal e qual está registrado na gramática. Mas uma norma padrão ajuda a unificar os falantes daquela língua, a fazer com que pessoas de todas as regiões aprendam uma variante na escola que será entendida e usada por todos.

Onde se fala o alemão padrão?
Eu já fiz um tópico aqui falando sobre os "erros" (ou desvios da norma)  que os alemães costumam cometer.
Pelo menos na questão de pronúncia, a região de Hannover é mais conhecida por ter um alemão bem próximo (NA PRONÚNCIA somente) ao alemão padrão. Quanto mais pro norte, mais próximo ao alemão tido como padrão, quanto mais pro Sul, mais diferenças haverá (na pronúncia). Eu tento focar a pronúncia, pois a gente ouve sempre por aqui que o "melhor alemão" é o de Hannover. E isso é BOBAGEM! Apenas a pronúncia da região Norte da Alemanha é bem mais próxima ao alemão padrão. Mas se for reparar na gramática, aqui no Norte se cometem os mesmos "erros" típicos cometidos em outras regiões. Ou seja, se você quiser morar na Alemanha ouvindo o menos de dialeto possível, venha para o Norte da Alemanha.

Se você fizer faculdade, mesmo em regiões de forte dialeto, você também ouvirá bem mais o alemão padrão do que os dialetos em si, pois os estudantes se forçam a esconder o dialeto, principalmente em apresentações formais na faculdade.Eu estudei em Leipzig por 3 anos e só ouvi dialeto mesmo por pessoas com menos formação: no supermercado, na padaria, na oficina de bicicleta etc. Na universidade, todo mundo falava MAIS OU MENOS um alemão bem próximo ao padrão.

E aqui no blog? Qual alemão a gente aprende aqui?

Toda vez que eu faço um comentário sobre pronúncia, lembrem-se de que eu estou tentando ensinar a pronúncia padrão, a que está registrada em dicionários de pronúncia (como o do DUDEN, por exemplo). Nessas horas sempre vai aparecer alguém dizendo "Ah, mas na região onde eu moro não se fala assim". É claro que sempre haverá diferenças de pronúncia entre as regiões. Mas nenhum professor tem como ensinar todas as pronúncias regionais que existem. Então a gente tenta ensinar uma pronúncia padrão, geralmente ouvida nos noticiários da TV ou por bons oradores.

Quanto à gramática, todas as regras e dicas que eu dou são coisas que se podem ser confirmadas por leituras em gramáticas. A única coisa que eu faço é dirigir as dicas para o público falante de português, já que nas gramáticas as regras nem sempre estão explicadas já pensando no público brasileiro. Mas podem ter certeza de que aqui no blog o alemão ensinado é sempre o alemão padrão. Quando não for o padrão eu sempre aviso que é como as pessoas falam no dia-a-dia.

Aqui tem um vídeo interessante explicando sobre o que é Hochdeutsch (em alemão):



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...