PESQUISAR NO GOOGLE

Faça sua busca aqui:
Pesquisa personalizada

PESQUISAR NO BLOG

28 de outubro de 2012

O que significa beziehungsweise?

Antes de qualquer coisa há de se mencionar que o a palavra "beziehungsweise" é geralmente abreviada por "bzw." Já vi muitos brasileiros ficarem mudos, sem saber como ler esta abreviação quando aparece num texto. BZW. = beziehungsweise.

O significado original da palavra "beziehungsweise" remete à palavra "Beziehung", ou seja, "relação". Em outras palavras, é algo que tem relação com outra coisa. É traduzido como "respectivamente". Esta é a tradução mais comum encontrada nos dicionários. 

Por exemplo (retirado do Duden): 
Ihre Tocher und Sohn sind sechs bzw. acht Jahre alt.

Neste caso "sechs" refere-se à idade da filha e o "acht" à idade do filho, cada um respectivamente.

Atentem para o fato de que o "bzw." fica entre os dois dados "respectivos" e não no fim de frase.(dica da leitora Lia Fernandes).

(exemplo retirado da Wikipedia).
Sie kraulte ihrem Hamster und ihrem Wellensittich oft das Fell beziehungsweise die Federn.
Ela acariciava com frequência os pêlos e as penas do seu hamster e do seu periquito, respectivamente.

O famoso jornalista (atentem para isto: ele é jornalista, não linguista) Bastian Sick, defende em sua coluna "Zwiebelfisch" que este deve ser o único uso CORRETO de "beziehungsweise". Alles Quatsch! 

O problema é que basta morar alguns meses na Alemanha pra perceber que as pessoas usam esta palavra a todo instante e quase NUNCA com este significado. A maioria dos usos de "bzw." não têm a ver com o sentido de "respectivamente".

Minha dica é: Na maioria dos casos, ao ouvir um "bzw." da boca de um alemão, se você entender o "bzw". como "e/ou" você vai entender o sentido da frase. 

Por exemplo: 
Sprechen Sie bitte mit Herrn Schmidt bzw. mit Frau Müller. 

Aqui, o que o alemão quer dizer é que, para para resolver seu caso, fale OU com o Sr. Schmidt ou com a Sra. Müller, ou até mesmo com ambos, se necessário. Ou seja, um E/OU encaixa direitinho no sentido de BZW, em muitos casos. 

"Schwanger bzw. mit Kind studieren?"

Neste caso, a mensagem se dirige a mulheres grávidas E/OU com filho. Não é "respectivamente". A mensagem se refere tanto a um grupo quanto ao outro ou a cada grupo separadamente, caso a mulher só se encaixe num dos grupos. Neste caso "e/ou". 

Muitas vezes dá pra entender apenas como "OU", sinônimo de "ODER".

O segundo significado mais comum é quando "beziehungsweise" quer dizer algo como "ou melhor", "mais especificamente". Assim, depois do "beziehungsweise" o alemão acaba especificando melhor ao que ele se refere.

(neste caso) bzw. = genauer gesagt
Ex.: 
Kannst du in der Küche bzw. im Kühlschrank ein Bier holen?
Você pode buscar uma cerveja na cozinha (ou melhor, mais especificamente), na geladeira?

Er wohnt in Deutschland bzw. in Köln.
(Ele mora na Alemanha, melhor dizendo, em Colônia). 

A língua é viva e independente do que Bastian Sick considera errado, o Duden já reconhece o uso de "beziehungsweise" no sentido de "ODER" e no sentido de "BESSER GESAGT/GENAUER GESAGT". Além disso, os dois últimos usos são os que a gente mais ouve no dia-a-dia.

Particularmente eu ADORO a palavra "bzw." Depois que você aprende a usá-la para indicar alternativas, dá vontade de sair usando em português também.

27 de outubro de 2012

Meus herros de inissiante


P.S. Herrar é umano! (mas o título foi propositalmente escrito "herrado") :-)

Legal.. hoje remexendo em backups antigos do PC encontrei coisas do tempo em que havia começado a estudar alemão.

Olha este texto escrito em junho do ano 2000. hehehehe
Hausaufgabe do meu primeiro curso de alemão. Na época, eu ainda escrevia na ortografia antiga (muß = muss).

Nessa época eu era bem iniciante ainda.. era meu primeiro semestre. Hoje dá pra reconhecer alguns erros:

1) der Keks - no plural estaria melhor, Kekse.

2) "Diese Unterrichte beenden um elf"

hahahahah Erros bem típicos de brasileiros :-)

der Unterricht - a aula

É uma palavra usada praticamente só no singular.

Para falar no plural, você tem algumas alternativas:
a) dizer no singular.. pouco vai fazer diferença.
Em vez de "Diese Unterrichte" poderia ter dito apenas "Der Unterricht".

b) No caso da Uni, podemos chamar as disciplinas de "Seminar" ou "Vorlesung", dependendo do tipo.
Poderia então ter dito: "Diese Seminare/Vorlesungen"

c) Em outros casos pode-se falar de "Kurs" (plural: Kurse) ou até mesmo de "Unterrichtsstunden".

Outro erro da frase anterior foi  dizer "BEENDEN".

O verbo "beenden" sugere que ALGUÉM terminou ALGO. Ou seja, tem que ter um sujeito e um objeto.

Er hat das Gespräch beendet. (Ele terminou a conversa).

No caso, hoje eu diria diferente, há várias opções.

Der Unterricht/Der Kurs geht bis elf Uhr. A aula vai até as 11.
Um 11 Uhr ist der Unterricht zu Ende. Às 11 a aula acaba.

3) Na época eu morava "perto" da universidade. Só que usei a preposição NEBEN, achando que queria dizer isso. "Neben" quer dizer "ao lado de". O melhor seria dizer "in der Nähe von + Dativo" ou "in der Nähe + Genitivo"

Ich wohne in der Nähe der Universität.

4) O "muß" com ß era da ortografia antiga. Na época (em 2000) a ortografia nova estava ainda em processo de discussão e implementação. A gente escrevia ainda meio misturado, assim como hoje ocorre com o português. O pessoal mistura a nova com a antiga.

Você não sabe quando escrever "ß" ou "SS"? Então clique aqui!

5) Eu ainda corrigiria hoje a última frase. Ela não está gramaticalmente errada.

"Danach esse ich etwas, weil ich arbeiten muss".

Mas ela não diz o que eu queria dizer. Eu queria dizer que depois da faculdade eu comia alguma coisa porque (após isso) eu ia trabalhar.

É claro que um aluno de primeiro semestre tem dificuldades pra dizer tudo direitinho como ele quer dizer. Então, no fundo, tá valendo.

Hoje (há inúmeras maneiras de dizer a mesma coisa) eu poderia ter dito algo como:
"Da ich am Nachmittag arbeiten muss, esse ich in der Zwischenzeit noch etwas"
"Da ich am Nachmittag zur Arbeit gehen muss, esse ich um 12 Uhr zu Mittag".

Und und und ...

E vocês? Têm acesso aos textos de quando vocês ainda estavam engatinhando no alemão. Pros que estão num curso: Vocês leem as redações dos semestres anteriores pra ver o quanto progrediram? É legal! :-)

Uma ideia é GRAVAR você falando alemão hoje e comparar depois de 6 meses, 1 ano, 2 anos etc.

16 de outubro de 2012

Beatles em alemão


Muitos já sabem que os Beatles gravaram umas músicas em alemão no início de carreira. Aqui vão os vídeos e as respectivas letras.

KOMM, GIB MIR DEINE HAND (I WANT TO HOLD YOUR HAND)


Oh, komm, doch. Komm zu mir.
Du nimmst mir den Verstand.
Oh, komm, doch. Komm zu mir.
Komm, gib mir deine Hand.
Komm, gib mir deine Hand.
Komm, gib mir deine Hand.
Oh, du bist so schön.
Schön wie ein Diamant.
Ich will mit dir gehen.
Komm, gib mir deine Hand.
Komm, gib mir deine Hand.
Komm, gib mir deine Hand.
In deinen Armen bin ich glücklich und froh.
Das war noch nie bei einer anderen
Einmal so.
Einmal so.
Einmal so.
Oh, komm, doch. Komm zu mir.
Du nimmst mir den Verstand.
Oh, komm, doch. Komm zu mir.
Komm, gib mir deine Hand.
Komm, gib mir deine Hand.
Komm, gib mir deine Hand.
In deinen Armen bin ich glücklich und froh.
Das war noch nie bei einer anderen
Einmal so.
Einmal so.
Einmal so.
Oh, du bist so schön.
Schön wie ein Diamant.
Ich will mit dir gehen.
Komm, gib mir deine Hand.
Komm, gib mir deine Hand.
Komm, gib mir deine Ha-a-a-a-a-a-and.

SIE LIEBT DICH (SHE LOVES YOU)


Sie liebt dich, yeah yeah yeah
Sie liebt dich, yeah yeah yeah
Sie liebt dich, yeah yeah yeah!
Du glaubst sie liebt nur mich?
Gestern hab' ich sie gesehen.
Sie denkt ja nur an dich,
Und du solltest zu ihr gehen.
Oh, ja sie liebt dich.
Schöner kann es gar nicht sein.
Ja, sie liebt dich,
Und dann solltest du dich freu'n.
Du hast ihr weh getan,
Sie wusste nicht warum.
Du warst nicht schuld daran,
Und drehtest dich nicht um.
Oh, ja sie liebt dich
Schöner kann es gar nicht sein.
Ja, sie liebt dich,
Und dann solltest du dich freu'n.
Sie liebt dich, yeah yeah yeah
Sie liebt dich, yeah yeah yeah,
Denn mit dir allein kann sie nur glücklich sein.
Du musst jetzt zu ihr gehen,
Entschuldigst dich bei ihr.
Ja, das wird sie verstehen,
Und dann verzeiht sie dir.
Oh, ja sie liebt dich.
Schöner kann es gar nicht sein.
Ja, sie liebt dich,
Und dann solltest du dich freu'n.
Sie liebt dich, yeah yeah yeah
Sie liebt dich, yeah yeah yeah,
Denn mit dir allein kann sie nur glücklich sein.
Denn mit dir allein kann sie nur glücklich sein.





13 de outubro de 2012

FAQ - Perguntas frequentes

As perguntas a seguir eu recebo quase semanalmente. Veja se sua pergunta já foi respondida no blog:

SOBRE O IDIOMA
1) Quanto tempo é necessário pra aprender alemão do zero?

Resposta AQUI!

2) Eu não entendo esse negócio de dativo, acusativo etc. Você pode me ajudar?

Resposta AQUI!

3) Estou querendo estudar alemão sozinho. Você pode me indicar um livro em português bom?

Resposta: Não, infelizmente não. E se você estiver esperando que eu indique O LIVRO, A Bíblia do Alemão capaz de solucionar todas as suas dúvidas, realmente não sei.

Eu não conheço livros em português bons para indicar que ensinem o bê-a-bá do alemão passo a passo como se fosse uma Bíblia. Geralmente, eu evito indicar livros como se UM ÚNICO LIVRO fosse a salvação e contivesse TUDO o que a pessoa precisa saber pra aprender um idioma. A ideia é sempre usar materiais diversos, além de estar antenada na internet, ouvindo música, vendo vídeos etc.

Isso quer dizer que todo livro em português é ruim? Não. Eu não disse isso. Mas a maioria que faz essa pergunta quer um livro que ensine alemão como se estivesse num curso: que venha com arquivo do áudio para ajudar na pronúncia, que vá ensinando tudo passo a passo. E, infelizmente, eu não conheço nenhum livro EM PORTUGUÊS que eu indicaria com essa finalidade.

Existem alguns livros que eu já indiquei. Mas a maioria dos BONS LIVROS estão completamente em alemão, mas nenhuma das minhas indicações é de CURSOS. Às vezes são gramáticas que acompanham o estudo no curso ou o estudo autodidata.

Quer dicas de gramáticas/dicionários? Dá uma olhadinha aqui.
Quer ouvir minha opinião a respeito de alguns livros? Dá uma lidinha aqui.
Livros para aumentar vocabulário? Indiquei alguns aqui.

Mas que fique bem claro: NENHUM deles é a Bíblia do alemão, capaz de ensinar TUDO! Língua não se aprende com um livro só, mas sim com uma coleção de materiais e recursos. O meu blog também não tem tudo.

4) Quero fazer um curso de alemão na Alemanha. Pode me indicar uma escola?

Resposta AQUI!

5) Como faço para aumentar vocabulário?

Resposta AQUI!

SOBRE O BLOG
1) Quem é que faz esse blog? Uma equipe? Uma única pessoa? Quem é você afinal? :-)

Eu, ué? :-) rsrsrs Atualmente eu faço blog sozinho.
Há muito tempo postei um pouco sobre minha história. Quem tiver interesse, pode ler aqui.

2) Todo esse seu trabalho é gratuito? O que você ganha em troca desse blog?

Resposta AQUI!

3) Você vai escrever um livro?

Sim, está nos planos. Espero que esteja pronto brevemente.

Antes de enviar sua pergunta para o blog, leia estas dicas aqui

E por favor, não peça traduções de nada, nem de palavras soltas, nem de músicas, nem de nada... nem por e-mail nem no Facebook. O blog não é para pedir traduções!!!!

12 de outubro de 2012

Dia das Crianças :-)

Na Alemanha não existe Dia das Crianças :-) Pelo menos não é muito lembrado. Oficialmente está no calendário como dia 20 de setembro [fonte: Wikipedia]. No Brasil, a gente sabe que o dia é TOTALMENTE comercial. A Wikipedia diz que isso começou especialmente com uma promoção da Fábrica Estrela e da Johnson&Johnson. Ou seja, em pleno mês de outubro, dois meses antes do Natal, milhares de crianças brasileiras esperam ganhar algum presente, influenciadas pela mídia e pelo comércio. :-)


O Kinder-Ovo é chamado em alemão de "Überraschungsei" - traduzido "Ovo-Surpresa"... Não se deve chamá-lo de "Kinder-Ei", pois "Kinder" quer dizer "crianças" :-)

Mas como não estou aqui só pra criticar o dia, vamos fazer uma sessão de desenhos em alemão:

 Os ursinhos Gummi - chamado em alemão de "Gummibärenbande"(Ao pé da letra "A quadrilha dos ursinhos de goma"... será que a ideia do desenho veio dos Gummibärchen? :-)





Ducktales


He-Man

Caverna do Dragão - em alemão: Im Land der fantastischen Drachen (Na terra dos dragões fantásticos)


Pókemon


Dragon Ball Z


Doug


O Sandmännchen é conhecido por todas as crianças alemãs. A expressão "Der Sandmann kommt" (ao pé da letra: O homenzinho de areia vem) quer dizer "É hora de dormir".. É porque ele passa de noite. Os pais dizem "DER SANDMANN KOMMT!", as crianças assistem e depois vão dormir :-)



Vila Sésamo - chamado em alemão de Sesamstraße também é bastante popular entre as crianças alemãs.



E claro, atualmente, a Peppa Pig (em alemão Peppa Wutz) é ótimo pra aprender alemão.



E pra terminar:

TELETUBBIES em alemão (por falar nisso, no blog tem um tópico sobre o Teletubbies. Clique aqui)




Um bom Dia das Crianças a todos que se sentem como um bebezinho aprendendo a falar (alemão)! :-)

P.S. Se você quiser achar outros desenhos no Youtube. Coloque o nome ORIGINAL do desenho e escreva GERMAN ou DEUTSCH depois no campo de busca.

Quiz no Facebook 1: Voz Passiva

A maioria marcou a alternativa B)
Aviso para alunos iniciantes: se você acabou de começar o curso de alemão, se ainda está engatinhando no alemão, sugiro não ler este tópico: pode dar tontura, mal-estar generalizado, desmaios etc. Deixe pra pensar em Voz Passiva mais tarde. Vá direito pro tópico do DER, DIE, DAS. :-)

Ontem fiz essa pergunta no Facebook e aqui estão as respostas.

Não vou usar este tópico para explicar tudo sobre voz passiva e sobre todos os tempos verbais. Vou só explicar a pergunta e as alternativas.

Quem quiser saber mais sobre VOZ PASSIVA em alemão, vai ter que dar uma olhadinha na sua gramática, pois ainda não postei nada sobre o tema por aqui ou esperar por posts futuros sobre o tema :-)

Vamos lá! Primeiro vamos entender a "pergunta". Trata-se de uma tradução. Aqui a pergunta não é "Ponha na voz passiva". A pergunta é literalmente: Como se traduz "Eu fui convidado para a festa" para o alemão. As traduções sugeridas nas alternativas mudam só em relação ao tempo verbal.

a) bin ... eingeladen gewesen
b) war ... eingeladen
c) bin ... eingeladen worden
d) bin ... eingeladen geworden

Portanto, o cerne da questão é traduzir "fui convidado" para o alemão. Até aqui entendido? :-)

Para entender isso, você precisa reconhecer que FUI CONVIDADO é a voz passiva em português.

Alguém me convidou = Voz ativa
(Eu) fui convidado = Voz passiva

Em alemão, a voz passiva do português é sempre feita com o verbo auxiliar WERDEN e não com o verbo SEIN.

Die Torte wird gegessen. = A torta é/está sendo comida.
Voz ativa: Alguém come/está comendo a torta.

Die Tür wird geöffnet. = A porta é/está sendo aberta.
Voz ativa: Alguém abre/está abrindo a porta.

Sabendo disso eu já eliminaria as duas primeiras alternativas que não utilizam o verbo "WERDEN", portanto, não seriam equivalentes da voz passiva em português. (Já já eu volto pra elas!)

Ficamos agora entre BIN ... WORDEN ou BIN... GEWORDEN.

Como a frase está no passado (fui convidado), vamos usar o Perfekt. (Alguém vai perguntar "Mas não podia também ser no Präteritum "wurde" - Sim, poderia. Mas vamos nos ater às alternativas, já que era uma questão de múltipla escolha).

O Partizip II do verbo "werden" é "SEIN + GEworden". Só que na voz passiva, o GE- não é usado.

Exemplo de Perfekt normal, sem estar na voz passiva.
Sie ist heute 30 geworden. - Ela completou 30 anos hoje.
Das ist zu einem Problem geworden. - Isso virou um problema.

Exemplo de Perfekt na Voz Passiva: Lembre-se: o "sein" é o auxiliar do Perfekt, já o "werden" é o auxiliar da Voz Passiva.

Die Torte ist gegessen worden.  - A torta foi comida.
(Ou seja: Alguém comeu a torta)
Die Tür ist geöffnet worden. A porta foi aberta.
(Ou seja: alguém abriu a porta).

Então a resposta certa seria: "Ich bin zur Party eingeladen worden". Alguém me convidou, portanto, eu fui convidado. A alternativa D está completamente errada pois não se usada "geworden" como auxiliar da Voz Passiva.

Até aqui entendido?

Vamos agora aos dois primeiros exemplos.

Nas gramáticas alemãs há o que eles chamam de "Zustandspassiv", ou seja, "Voz passiva de estado/resultado". Esta é formado com o verbo SEIN, não com o verbo WERDEN.

Mas uma dica... o português já tem um verbo para indicar ESTADOS ou RESULTADOS de uma ação. É o verbo "ESTAR" ("estado" vem de "estar"). Não é o verbo SER.

Quando eu digo "A porta está aberta" eu posso até deixar subentendido que alguém abriu a porta. Mas ela também pode estar sempre aberta ("As portas da minha casa estão sempre abertas pra você"). Como vocês veem, isso nem é considerado "Voz Passiva" no português. A palavra "abertas" aqui é apenas um predicativo do sujeito "As portas da minha casa". Como as portas estão? Elas estão abertas.

Existem muitos gramáticos alemães que também não gostam deste nome "Zustandspassiv". O mais importante é entender que quando usamos o verbo "SEIN", geralmente queremos mostrar o RESULTADO final, mostrar como as coisas estão no momento (ou num momento do passado). Não focamos na ação e sim no resultado de uma ação.

Dá pra entender?

Veja a diferença em português:

"A porta foi fechada ontem" - Aqui o foco é ação que alguém aplicou na porta. Alguém fechou a porta. A porta FOI fechada. O advérbio "ontem" indica que em um determinado momento do dia anterior, alguém foi lá e fechou a porta.

"A porta esteve/estava fechada ontem". . Aqui não focamos na ação. Apenas dizemos que o estado da porta em um determinado momento no passado era "fechado". A porta poderia estar "quebrada", "danificada", "suja", "limpa", mas dizemos que ela está "fechada". É óbvio que alguém pode ter fechado a porta, mas não é isso o foco da nossa afirmação. O advérbio "ontem" não indica que alguém fechou a porta no dia anterior, mas indica que no dia anterior a porta permaneceu fechada. Ela pode ter sido fechada outro dia, mas o fato é que ontem ela permaneceu fechada.

Em inglês, pela falta de dois verbos "ser/estar", essa diferença não ocorre em muitos casos.

The door was closed. --- Pode ser tanto "A porta foi fechada", como "A porta estava fechada".

Essa diferença dá pra fazer no alemão.

Se for voz passiva mesmo, se o foco for a ação, usamos WERDEN.

A porta foi fechada.
Perfekt: Die Tür ist geschlossen worden.
Präteritum: Die Tür wurde geschlossen.

Se o foco for apenas o estado momentâneo ou resultado de uma ação (que fica subentendida), usamos SEIN. (Traduz-se quase sempre com "estar" em português).

A porta estava fechada.
Perfekt: Die Tür ist geschlossen gewesen.
Präteritum: Die Tür war geschlossen.

Voltemos às duas primeiras alternativas:

"Ich bin eingeladen gewesen" e "Ich war eingeladen".

Ambas as frases se referem a MOMENTOS no passado, é a Zustandspassiv.

WERDEN ... ABGESCHLEPPT = serão rebocados
Em português a gente não diz "Eu estava convidado".. soa estranho.. mas é isso mesmo que o alemão quer dizer. Ele quer se referir ao resultado de uma ação, não à ação em si. Eu traduziria "Ich war eingeladen" como "Eu era um (dos) convidado(s)" se eu quisesse manter bem claro essa diferença já explicada aqui.

O Perfekt (ist...gewesen) da Zustandspassiv é usado raramente. Neste caso é sempre preferível usar o Präteritum (war).

Vamos ver outros exemplos:

Das Auto ist repariert worden. -- O carro FOI consertado. (Ação em foco: alguém o consertou)
Das Auto war (schon) repariert -- O carro já "ESTAVA" consertado. O conserto do carro já estava pronto. (Em um determinado momento no passado, o carro já havia sido consertado, portanto este era seu estado naquele momento: consertado, com o conserto acabado)

Der Patient ist operiert worden. -- O paciente FOI operado. (Ação em foco: alguém o operou).
Der Patient war (schon) operiert. O paciente já "ESTAVA" operado. A operação já havia terminado. (Em um determinado momento no passado, o paciente já havia sido operado, portanto este era seu estado naquele momento: operado, este era o resultado da operação).


TERMINANDO pra não deixar dúvidas:

Se você for convidado para uma festa e quiser contar pros seus amigos: "Gente, me convidaram pra uma festa", usando a voz passiva, use o WERDEN.

"Ich bin zu einer Party eingeladen worden."

Mas se você estiver contando uma história, por exemplo, que você tentou entrar numa festa para a qual tinha sido convidado, mas foi barrado, pode usar o verbo SEIN.

"Ich war doch zur Party eingeladen, aber sie haben mich nicht reingelassen. Ich weiß nicht warum."

Espero ter esclarecido!!! :-)

Mais informações sobre a voz passiva olhe na sua gramática. Se você for aluno iniciante, não se preocupe com Voz Passiva agora :-)

11 de outubro de 2012

Musik - Deichkind

Quem gosta de música eletrônica? Hip-Hop? Balada? Pois é isso que a banda Deichkind oferece: uma mistura de Hip-Hop com música eletrônica.

Nas baladas alemãs você pode às vezes ouvir músicas alemãs como esta:


Ou esta (pra quem está na Alemanha, clique no vídeo abaixo)

(vídeo disponível só na Alemanha)


Aumente o som!


A letra para última música está aqui:


Halt die Deadline ein, so ist's fein!
Hol' die Ellenbogen raus, burn dich aus!
24/7, 8 bis 8, was geht ab, machste schlapp, what the fuck?!
Bück dich, bück dich, bück dich hoch,
bück dich, bück dich, bück dich hoch,
bück dich, bück dich, bück dich hoch,
bück dich hoch, ja!
Das muss heute noch zum Chef, besser jetzt!
Bück dich hoch.
Ach du Schreck, Bonus-Scheck, ist schon weg!
Bück dich hoch.
Fleißig Überstunden, ganz normal!
Bück dich hoch.
Unbezahlt, scheiß egal, keine Wahl!
Bück dich hoch.

Klick dich, fax dich, mail dich hoch,
grapsch dich, quetsch dich, schleim dich hoch,
kick dich, box dich, schlaf dich hoch,
bück dich hoch, ja!

Bück dich hoch! Komm steiger den Profit!
Bück dich hoch! Sonst wirst du ausgesiebt!
Bück dich hoch! Mach dich beim Chef beliebt!
Bück dich hoch! Auch wenn es dich verbiegt!
Bück dich hoch! Komm steiger den Profit!
Bück dich hoch! Sonst wirst du ausgesiebt!
Bück dich hoch! Mach dich beim Chef beliebt!
Bück dich hoch! Bück dich hoch, ja!

Dieses Wochenende pitch, machste mit!
Bück dich hoch.
Denke groß, sei aktiv, hat dich fit!
Bück dich hoch.
Pass dich an, du bist nichts, glaub ans Team!
Bück dich hoch.
Halt die Schnauze, frisch ans Werk und verdien!
Bück dich hoch.
Aufgebraucht, abgeraucht, ausgetauscht!
Bück dich hoch.
Komm pack im Meeting noch ne Schippe drauf!
Bück dich hoch.
Yogakurs, abgesagt, reingekloppt!
Bück dich hoch.
Fehlt der Job, ja mein Gott, tu als ob!
Bück dich hoch.

Klick dich, fax dich, mail dich hoch,
grapsch dich, quetsch dich, schleim dich hoch,
kick dich, box dich, schlaf dich hoch,
bück dich hoch, ja!

Bück dich hoch! Komm steiger den Profit!
Bück dich hoch! Sonst wirst du ausgesiebt!
Bück dich hoch! Mach dich beim Chef beliebt!
Bück dich hoch! Auch wenn es dich verbiegt!
Bück dich hoch! Komm steiger den Profit!
Bück dich hoch! Sonst wirst du ausgesiebt!
Bück dich hoch! Mach dich beim Chef beliebt!
Bück dich hoch! Bück dich hoch, ja!

Zick dich, bitch dich, grins dich, push dich,
deal dich, klatsch dich, drück dich, reib dich,
swing dich, stech dich, grip dich, zech dich,
roll dich, fahr dich, stampf dich, jag dich,
kämpf dich, schieß dich, gräm dich, flash dich,
schlag dich, kick dich, press dich, füg dich,
treib dich, knöpf dich, schraub dich, quäl dich,
bück dich hoch.

Du brauchst Konkurrenz, keine Fans!
Do your fucking Job, till the End!
Nimm dir ein Beispiel an Donald Trump!
Was ist los, reiß dich zusammen, pack mit an!
Deinen Einsatz gibst du denen da oben gern!
Bück dich hoch.
Schenke deinen Urlaub dem Konzern!
Bück dich hoch.
Trink ein großen Schluck Leistungsdruck!
Bück dich hoch.
Wir steigern das Bruttosozialprodukt!

Bück dich hoch! Komm steiger den Profit!
Bück dich hoch! Sonst wirst du ausgesiebt!
Bück dich hoch! Mach dich beim Chef beliebt!
Bück dich hoch! Auch wenn es dich verbiegt!
Bück dich hoch! Komm steiger den Profit!
Bück dich hoch! Sonst wirst du ausgesiebt!
Bück dich hoch! Mach dich beim Chef beliebt!
Bück dich hoch! Bück dich hoch, ja!

Bück dich hoch, ja!

6 de outubro de 2012

Ciência sem Fronteiras - onDaF (alemão)

Muitos brasileiros agora têm a chance de estudar no exterior através do programa Ciência Sem Fronteiras do governo federal. Todas as informações sobre este programa você encontra no site oficial: http://www.cienciasemfronteiras.gov.br

Para aqueles que têm planos de estudar na Alemanha há de se comprovar pelo menos o nível A2 do Quadro Comum Europeu de Referência. [Pra quem não faz ideia do que seja isso, clique aqui]. Sendo bem sincero, o nível A2 é muuuuuuuuuuuuuuito pouco e eu não conseguiria conceber que algum estudante ainda reclame que o nível pedido esteja alto. Com o A2 a pessoa só está apta a não ficar totalmente perdida no país, mas está bem longe ainda de alcançar o nível desejado para fazer faculdade, ler textos científicos ou fazer e apresentar trabalhos em alemão. 

Observe que para se fazer faculdade na Alemanha, atualmente é pedido para que estrangeiros tenham no mínimo o nível B2+ ou C1 [que é o nível do TestDaF]. Mesmo assim, como o programa Ciência Sem Fronteiras é mais voltado pras áreas da Tecnologia, o inglês será uma língua chave nesses cursos. O ideal é que o aluno brasileiro venha com um inglês excelente e alemão suficiente para não ficar perdido, mas com planos de se dedicar ao alemão assim que chegar aqui para aproveitar ao máximo o seu curso. 

Ou seja: o nível pedido é o A2! Se é suficiente ou não, não é decisão minha... vamos falar agora do teste onDaF.

Para comprovar o nível, os estudantes têm que fazer um teste chamado onDaF. Esta prova é apenas escrita e é um C-Test. Há vários tipos de C-Tests, mas, em geral, são pequenos textos com lacunas. Às vezes eles tiram só terminações, às vezes palavras completas. O aluno tem que ler o texto e completar as lacunas de forma que o texto faça sentido no final. Algumas são óbvias, outras mais difíceis.

Um exemplo:

Robert arbei____ jeden T_____, auch a____ Wochenende. Er hat ei_____ Kiosk in der Inne_________. 

Como você vê, pode ser parte de verbos, partes de sustantivos, partes de preposições. A resposta pode ser uma letra apenas ou metade de uma palavra.

Robert arbeiTET jeden TAG, auch AM Wochenende. Er hat eiNEN Kiosk in der InneNSTADT. 

Esse exemplo aqui eu tirei da minha cabeça. Não conferi se apenas esta resposta é possível, mas as pessoas que fazem o onDaF fazem textos onde apenas uma resposta consiga fazer o texto ter sentido. Se houver mais de uma, com certeza, todas serão aceitas. 

Na Internet há inúmeros C-Tests para vários idiomas para treinar. Não vou aqui criticar esse formato de teste e julgar se ele é apropriado ou não para definir o nível de alguém. Já há inúmeros estudos que comprovam a validade dos resultados de C-Tests. Qualquer opinião contra teria que ser muito bem fundamentada e não apenas opinião. 

A prova onDaF tem 8 textos com 20 lacunas cada. Cada lacuna que você responder corretamente te dá um ponto. A pontuação máxima é de 160 pontos. 

Aqui vai uma tabela de pontos (retirada do próprio site do onDaF):

A2: 45-50 pontos
B1: 75-80 pontos
B2: 100-115 pontos
C1: 140-145 pontos

Qualquer pontuação intermediária pode ser classificada pro nível de cima ou de baixo, dependendo do modo como eles avaliam. Eles dão um exemplo de uma pessoa com 64 pontos pode ser classificada como B1 e uma pessoa com 125 pontos pode ser classificada como B2. Vai depender, creio eu, se a pontuação estiver mais próxima de um nível ou de outro. 

Como é um teste computadorizado, o resultado sai na hora. 

O próprio site também dá um PEQUENO exemplo de como pode ser o teste, só que eles só dão quatro textos, no final dão apenas uma pontuação. Eles avisam que os textos são um pouco mais fáceis do que o onDaF. Clique aqui para fazer o teste [tem que apertar o botão: Beilspieltest starten e tem que aceitar os Pop-Ups]e ver quantos pontos você faria. No final eles não dizem o seu nível, dizem apenas os pontos.

Como se preparar?

O melhor que você pode fazer para se preparar é PRIMEIRAMENTE fazer seu curso ou estudar como se você não estivesse se preparando para o teste. Por quê? O teste onDaF não testa somente conjugações de verbos, ele testa TUDO, até vocabulário. 

Vou dar aqui um exemplo de um dos exercícios do site (se você não fez ainda o exercício do site, deixe pra ler o resto do tópico depois, ou pelo menos tente resolver sozinho antes de ler a resposta):
"Obwohl man Speisen im noch ziem süß, fet oder sal sind, i ein kla Trend zu gesünderer Ernährung erkennbar".

Com este exemplo vemos que o aluno teria que conhecer pronomes (como MANCHE!), expressões como IMMER NOCH e declinações de adjetivos como "klarer", "salzig", mesmo assim ele teria que conhecer vocabulário, pois não adianta saber que "sal-" vem da palavra "salgado", mas não saber como se diz "salgado" em alemão.
A resposta seria: "Obwohl manche Speisen immer noch ziemlich süß, fett/fettig oder salzig sind, ist ein klarer Trend zu gesünderer Ernährung erkennbar". 

(Atualização: Depois que fiz esse texto, um leitor avisou que o número de letras que faltam são sempre iguais às letras que não foram apagadas ou, em caso de número impar, esse número mais 1)

Por exemplo:
A palavra manche tem 6 letras. Eles apagaram três (a metade).
A palavra immer tem 5 letras. A metade seria 2,5, então eles apagam 3.

Então se você vir "FET_____" tem que sempre completar com o número exato de letras não-apagadas (ou seja, 3) ou esse número + 1. A resposta seria então FETTIG.)


Se você conseguir achar na Internet sites com exercícios de completar lacunas em textos, já seria um ótimo treino [tentem procurar por "C-Tests" no Google. Quem achar um bom site para treino, favor colocar aqui]. 

Outro modo de se preparar é LER textos. Como vocês veem, a temática dos textos do onDaF é variada. Não é feita de diálogos sobre coisas do dia-a-dia. É uma linguagem mais jornalística, como se você estivesse lendo um pequeno artigo de jornal/revista sobre um tema corriqueiro: pode ser saúde, comportamento, História etc. Então é importante conseguir um certo vocabulário sobre esses temas.

O que mais devo ter em mente antes de fazer o onDaF?

1) Na hora do teste é muito importante que você RELEIA o texto completo antes de confirmar suas respostas. Veja se você não repetiu letras que já existiam: 

Palma! Palma! Não priemos cânico!
Por exemplo: se a lacuna era "d____ Mann", tome cuidado para não repetir o "d" e completar "dder Mann". Tem que completar só com o que falta "der Mann". 

2) Muito importante: o teste serve pra nivelar uma pessoa até o nível C2. Sendo assim, se você não acertar tudo e se deparar com alguma questão ou palavra onde você pense "Não faço a menor ideia", não se desespere. Talvez aquela palavra só será reconhecida por estudantes de nível mais avançado. Se seu objetivo for alcançar o nível A2 ou B1, o objetivo não será acertar o teste todo, mas atingir a pontuação necessária. Lembre-se disso ao fazer os exercícios. 

Outra maneira de treinar seria pegar livros de alemão no seu nível, pegar textos e pedir pra algum amigo digitá-lo para você treinar (recortar ao digitar o texto no PC, não recortar o livro obviamente hehehe). Depois tente fazer com livros de um nível mais avançado e ver se consegue acertar pelo menos a metade (dependendo do nível). É claro que isso não seria um treino profissional, mas é uma maneira de exercitar. Há escolas que já fazem cursos preparatórios, mas no momento não conheço nenhum livro para indicar.

Outra dica para fazer isso os leitores do blog no Facebook deram:

O Gabriel Feres disse que usava textos da revista "deutsch perfekt" (já mencionada aqui no blog). Como os textos são divididos também em nível de dificuldade, pode ser também um bom treino. Se você usar textos on-line da revista, dá pra usar um CTRL-C + CTRL-V na ferramenta de criação de C-Tests indicada pelo leitor Pablo Resende, no site da Deutsche Welle. O link está aqui. Basta copiar o texto, escolher quantas palavras serão cortadas [a cada 2, 3, 4 etc. palavras] e o site corta as palavras pra você e faz uma folhinha de exercícios para você imprimir. A única diferença entre isso e o onDaF é que o onDaF deixa o começo e final do texto sem lacunas pra que a pessoa tenha uma ideia do que se trata. Mesmo assim, é um ótimo exercício.

OBRIGADO PELAS DICAS! Estou esperando por mais dicas de vocês!

E você? Tem mais alguma dica para quem vai fazer o onDaF?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...