PESQUISAR NO GOOGLE

Faça sua busca aqui:
Pesquisa personalizada

PESQUISAR NO BLOG

24 de maio de 2013

Die Dinos


Quem se lembra da Família Dinossauro, sucesso dos anos 90 na TV? :-)

E quem se lembra do Baby Sauro, que dizia "Você tem que me amar", "De novo"  e "Não é a mamãe"? :-)

Pois aqui vocês têm os melhores momentos em alemão do Baby Sauro:


E qual é a diferença entre liebhaben e lieben?
O verbo liebhaben é menos romântico que lieben. Quando alguém te diz "Ich habe dich lieb", ele está dizendo que te "ama", mas significa que ele gosta muito de você. "Ich liebe dich" soa mais romântico.

Mas um Liebhaber pode ser um amante, tanto no sentido romântico como também no sentido de alguém que gosta muito de algo.

Por exemplo: Tier = animal... Um Tierliebhaber é um "amante dos animais". Isso significa que é uma pessoa que gosta muito de animais.


22 de maio de 2013

Reportagens em alemão com texto

Nível B2-C1-C2

Reportagem 1: Trabalhar na Alemanha apesar da formação no estrangeiro

Antes de assistir ao vídeo, baixe o texto da reportagem aqui e imprima-o. 

Tema: Trabalhar na Alemanha apesar da formação no estrangeiro

Reportagem 2: Souvernirs de Berlim

Antes de assistir ao vídeo, baixe o texto da reportagem aqui e imprima-o. 


Reportagem 3: Animais numa sessão de fotos
Antes de assistir ao vídeo, baixe o texto da reportagem aqui e imprima-o. 


Quer ver mais reportagens assim com manuscrito e lista de vocabulário? Então acesse o site da DW. O link é este aqui: www.dw-world.de/videothema


P.S. Todos os vídeos e manuscritos estão disponíveis gratuitamente no site da DW.

20 de maio de 2013

♫ Frösche Weinen Nie ♫


Frösche weinen doch!
Essa música é um Ohrwurm :-) Escutava essa música nos meus tempos de estudante no Brasil. A letra, na verdade, é (para o meu humor ácido) muito engraçada, mas tenho certeza de que muitos (especialmente os defensores dos animais ou aquele pessoal chato da net que vive achando tudo sem graça) não vão achar tão engraçado assim. Mesmo para aqueles que não têm senso de humor e/ou não gostam da letra, podem usar a música apenas para aprender alemão, afinal é só uma música, não é um diário de coisas que o autor fez de verdade, né? :-)

Enfim...o nome da banda é "Die Schröders", uma banda de Punk. Mas a música não é punk (a letra talvez).

"Frösche Weinen Nie" - Sapos nunca choram. Ouçam a música primeiro, depois vocês veem o comecinho da tradução no fim do tópico.




Ich habe mir 'nen Frosch gezüchtet
Und ihm gleich 'nen Stromstuhl gebaut
Dann hab ich ihm 10000 Volt reingejagt
Und verzückt dabei zugeschaut
Wie sein Hirn gen Himmel quoll
Und wie das Blut aus seinen Augen schwoll
Nur eins störte mich an dieser Zeremonie
Frösche weinen nie

Frösche weinen, Frösche weinen
Frösche weinen nie, ohohoh
Frösche weinen, Frösche weinen
Frösche weinen nie

Am nächsten Tag hat mich der Ehrgeiz gepackt
Und ich kaufte mir Frösche 'nen ganzen Sack
Mami und Papi waren nicht daheim
Ich konnte mit meinen Fröschen alleine sein
Den ersten, den hab ich im Aquarium ertränkt
Den zweiten, die Sau, die hat sich selbst aufgehängt
Aber eins störte mich an dieser Zeremonie
Frösche weinen nie

Frösche weinen, Frösche weinen
Frösche weinen nie, ohohoh
Frösche weinen, Frösche weinen
Frösche weinen nie

Jetzt die Moral und passt schön auf
2000 Frösche gingen bei mir drauf
Hab' sie gequält von früh bis spät
Und jetzt weiß ich auch, dass das nicht geht
Ich hab sie gequält, ich brachte sie um
Nur langsam wurd mir das zu dumm
Trotz Test für Test und Analysen
Frösche haben keine Tränendrüsen

Frösche weinen, Frösche weinen
Frösche weinen nie, ohohoh
Frösche weinen, Frösche weinen
Frösche weinen nie

Frösche weinen, Frösche weinen
Frösche weinen nie, ohohoh
Frösche weinen, Frösche weinen
Frösche weinen nie

Vou traduzir (livremente, não literalmente) só o comecinho da música: ""Criei um sapo e construí pra ele uma cadeira elétrica. Então meti-lhe dez mil volts e fiquei assistindo extasiado como o seu cérebro voou pro céu e o sangue jorrava dos seus olhos. Só uma coisa me incomodou nessa cerimônia. Sapos não choram" :-)

O resto da tradução fica com vocês... ficaram com pena do sapinho? :-) Digam pra mim, acho que vocês nunca mais vão esquecer que "Frosch" é "sapo" e que "weinen" é "chorar", né? :-) Não chorem!

19 de maio de 2013

♫ Betty Dittrich - LaLaLa ♫


Hoje foi o dia do Eurovision Song Contest. Pra quem nunca veio à Europa nessa época do ano, o Eurovision é o Festival da Canção Europeu. Cada país participante faz uma competição dentro do próprio país para escolher a canção que vai representá-lo na competição final. No dia da final, o festival é transmitido a todos os países europeus e os países podem votar nos seus favoritos (só não pode votar em si mesmo). Os 10 melhores candidatos de cada país participante ganham pontos (de 1 a 7 pontos para os 7 últimos, e 8, 10 e 12 pontos para os três primeiros). O país vencedor é o anfitrião do festival no ano seguinte.

Pra quem não sabe, o famoso grupo ABBA conseguiu grande parte da fama devido à música Waterloo cantada no festival, como se vê no vídeo abaixo:


Este ano a Alemanha enviou uma música dance "trash" que ganhou poucos pontos, mas durante a competição para escolher a representante alemã, havia uma canção em alemão. Com vocês "Betty Dittrich", uma sueca cantando em alemão :-) [E a letra não é complicada]




Lalala lalalalalala
Lalalalalala lalalalala
Franz, er war ein Junge mit langem Haar
Genauso wie Ringo Starr, doch wo ist er hin?
Angelo, er fuhr ein Cabrio
Wir liebten uns in dem Stroh, sag, wo ist er hin?
Ich würde sagen sie haben sich schlecht betragen
Ich kann es nicht verstehen, wohin sie alle gehen?
Haben sie gelogen? Bin ich betrogen?
Ich kann es nicht verstehen, wohin sie alle gehen?
Lalala, viele Mal, viele Mal
Habe ich mich gefragt, wo sind sie nun hin?
Lalala lalalalalala
Lalalalalala lalalalala
Jimmy war American Footballstar
Er hatte kurzes Haar, das fand ich nicht schlimm
Jean Michel war etwas kriminell
Die Polizei fand ihn schnell, wo ist er nun hin?
Ich würde sagen sie haben sich schlecht betragen
Ich kann es nicht verstehen, wohin sie alle gehen?
Habensie gelogen? Bin ich betrogen?
Ich kann es nicht verstehen, wohin sie alle gehen?
Lalala lalalalalala
Lalalalalala lalalalala
Lalala, viele Mal, viele Mal
Habe ich mich gefragt, wo sind sie nun hin?
Wo sind sie? Ich glaub, das erfährst du nie
Ich brauche kein Alibi weil ich ein Mädchen bin
Kein Verdacht, Betty hat nix gemacht
Guck nur nicht im Keller nach, da ist keiner drin
Mmm lala lala, mmm lala lala
Mmm lala lala, mmm lala lala
Lalala lalalalalala
Lalalalalala lalalalala
Lalala lalalalalala
Lalalalalala lalalalala

17 de maio de 2013

Comercial: Uma pena que você não fale alemão

Dica do leitor Leandro Cruz. Comercial do Instituto Goethe.



A frase no final do vídeo é:
"Schön, dass Sie viele Sprachen sprechen. (Bom que você fale muitas línguas)
Schade, dass Deutsch nicht dabei ist" (Uma pena que alemão não esteja entre elas)


O famoso "quem?"


Sabe aquela subcelebridade que ninguém conhece? :-) O famoso QUEM? :-) Cléber Bam-Bam quem? :)

A palavra QUEM em alemão é um dos poucos pronomes interrogativos que pode ser declinado, ou seja, ele varia nos quatro casos da língua alemã.

(Os casos estão marcados com as cores)

Nominativo: WER?
Acusativo: WEN? (só com um N)
Dativo: WEM?
Genitivo: WESSEN?

O grande problema dos falantes de português é usar sempre o WER? para tudo e esquecer de declinar o pronome de acordo com o caso.

Tomemos o exemplo do verbo EINLADEN (convidar).
Paulo convidou Maria para a festa.
Paulo hat Maria zur Party eingeladen.

O sujeito desta frase é Paulo, já que foi ele que fez o convite.
Eu posso então perguntar:
Wer hat Maria eingeladen? (Quem convidou Maria para festa?) - como estou querendo saber o sujeito da oração, eu utilizo WER? no nominativo.
Resposta: Paulo.

Agora se eu quiser perguntar: "Quem foi que o Paulo convidou?" :) Neste caso eu já sei quem é o autor do convite: o Paulo. Agora quero saber a pessoa que foi convidada... ou seja, nesse caso estou querendo saber o objeto do verbo convidar. Neste caso, a pessoa que foi convidado fica no acusativo.
Sendo assim a pergunta em alemão seria: Wen hat Paulo zur Party eingeladen? A resposta seria: Maria. (Observe que o sujeito da oração continua marcado de vermelho.. o "wen" aqui é o objeto da oração).

A mesma coisa aconteceria se nós usássemos preposições que pedem o acusativo:

Für wen? (Para quem?)
Gegen wen? (Contra quem?)

P.S. Cuidado para não confundir WEN com WENN. "Wen" significa "Quem?" (no acusativo). "Wenn" pode significar "Se" ou "Quando". Para mais tópicos sobre "Wenn" clique aqui ou aqui.
P.S.² Cuidado para não pronunciar WEN e WENN do mesmo jeito. "Wen" se pronuncia aprox. "vên". "Wenn" se pronuncia com "é" aberto (aprox. "vénn")
P.S.³ Para ler sobre a ligação entre acusativo e objeto direto da língua portuguesa, clique aqui.

Vamos pegar um exemplo no dativo. Tomemos agora o exemplo do verbo GEHÖREN (pertencer).

P.S. Não confundir "gehören" (pertencer; fazer parte) com o verbo "hören" (ouvir). Apesar de terem um particípio idêntico "gehört", o verbo "gehören" é um verbo normal que pode ser conjugado no presente "ich gehöre", "du gehörst", "er gehört"... Não é porque começa com "ge-" que você deve achar que é o passado de algum verbo. Ok? :-)

O verbo "gehören" tem dois significados mais comuns:

Es gehört dazu - Faz parte
Se for usado com a preposição ZU (+dativo) ele significa "fazer parte", "ser parte".

Er gehört zu einer Kirche. - Ele faz parte de uma igreja.
Viele Länder gehören zu Europa. - Muitos países fazem parte da Europa.

Existe até uma expressão que diz: "Es gehört dazu" ou "Das gehört dazu", que quer dizer "São ossos do ofício", ou foi eternizado pelo Cléber Bam-Bam como "Faz parte" :-)

Se for usado sem a preposição ZU, apenas com o dativo, ele quer dizer "pertencer".

Dieses Buch gehört mir. - Este livro me pertence.
Diese CD gehört meinem Chef. Este CD pertence ao meu chefe.

Se eu quisesse perguntar: "A quem pertence este CD?".... atentem para a pergunta "A quem?". Como a pessoa a quem algo pertence é usada no dativo com o verbo "gehören", em alemão teremos que dizer "Wem?" (A quem?).  "Wem gehört diese CD?"

É claro que no Brasil não é muito comum ouvirmos "A quem pertence este CD?". O mais comum é ouvirmor "De quem é este CD?". Pois é, o caso típico para indicar posse em alemão é o caso genitivo. Ou seja, a palavra WESSEN? quer dizer "De quem?".

Só que em alemão, os substantivos aos quais o genitivo se referem são usados (quase) sempre logo após o genitivo. A pergunta em alemão com Wessen? não é feita na mesma ordem do português.

Wessen Buch ist das? De quem é este livro?
(Perceba que a palavra "Buch" vem logo depois do genitivo "Wessen")

Como o genitivo é um caso cada vez menos usado na linguagem falada, o "wessen" também está sumindo do alemão falado nas ruas. Por isso que é mais comum ouvirmos exemplos em que seja possível usar o dativo (como, por exemplo, com o verbo "gehören").

Com preposições que exigem o dativo, também se usa Wem?
Ex.: Mit wem hast du gesprochen? Com quem você estava falando?

Resposta da enquete do Facebook de hoje:
1) B / 2) A

Para entender melhor o caso genitivo clique aqui ou aqui.

13 de maio de 2013

A história de Jesus, com legendas

Para os cristãos e religiosos, um filme sobre a história de Jesus, com legendas em alemão. Como a história é conhecida, pode ser que isso ajude na compreensão.



Uma informação gramatical. Como se trata da linguagem bíblica, o uso do Präteritum é bem mais comum que o Perfekt. Ou seja, em vez de dizer:


"Er hat gesagt" (Perfekt) - dizem - "Er sagte" (Präteritum)
"Er ist gegangen" (Perfekt) - dizem - "Er ging" (Präteritum)
"Er hat gesehen" (Perfekt) - dizem - "Er sah" (Präteritum)

E assim por diante.
Evitem disputas religiosas nos comentários, por favor :-) O objetivo é apenas treinar o alemão.

♫ Ich lebe für sie ♫


Rapaz, como foi que nunca tinha ouvido isso? Já sabia que o Andrea Bocelli tinha gravado a música em italiano, espanhol e português (quem não se lembra da Sandy? hehehe), mas em alemão é pra mim uma surpresa. Que bom que em alemão a palavra "música" também é do gênero feminino, né? .-)

Andrea Bocelli canta em italiano e Judy Weiss canta em alemão.A letra da música está no próprio vídeo.

"Ich lebe für sie" = Vivo por ela



E aí, gostaram mais da Judy ou preferem a Sandy? :-) O alemão é uma língua romântica na opinião de vocês?

11 de maio de 2013

Como melhorar o Hörverstehen - Compreensão Auditiva

Esses dias uma leitora do blog comentou que um amigo dela chamava os exercícios de Hörverstehen de HörNICHTverstehen :-) Achei engraçado! Mas, de fato, é uma das coisas que os alunos reclamam mais. Entendem gramática, conseguem escrever, ler.. mas quando um alemão abre a boca, há sempre a reclamação: não entendi nada.
Sorry, ich verstehe nichts.

É muito difícil fazer um único tópico sobre esse tema, pois há pessoas de diversos níveis lendo este blog. As razões para dificuldades no entendimento podem ser várias. E há também uma diferença entre uma pessoa tentando entender uma conversa porque mora na Alemanha ou uma pessoa tentando apenas fazer uma prova de Hörverstehen no curso de alemão.

A primeira coisa a se dizer é: Alemão é uma língua, a meu ver, bem mais fácil de ser entendida do que inglês, pois os alemães (se não estiverem falando dialeto, obviamente) geralmente falam tal e qual aprendemos no curso, com poucas variações. Ou seja, os alemães não falam atropelando as palavras umas nas outras, nem falando palavras pela metade etc. [Claro que há algumas diferenças que eu menciono aqui].

OBS: É claro que me refiro apenas ao reconhecimento das palavras que estão sendo ditas. É óbvio que o inglês tem muito mais palavras de fácil reconhecimento para um brasileiro do que o alemão, mas nos estágios iniciais, os alunos da língua inglesa falam lento e pronunciam cada palavra separadamente, muitas vezes sem nunca se acostumar à fala rápida. No alemão o "trauma" é bem menor, já que o que se ouve nos cursos, mesmo em velocidade lenta, é bem mais próximo do que se ouve na rua. 

Gosto sempre de dar o exemplo do aluno iniciante do inglês que aprender "I am going to drink some water" na escola, mas não consegue entender um americano falando pois ele vai dizer tudo junto "I'mgonnadrinksomewáRer". O mesmo não costuma acontecer com o alemão. Por mais que se fale rápido, é bem mais fácil reconhecer todas as palavras que estão sendo ditas.

Vamos reconhecer passo-a-passo os problemas e objetivos do Hörverstehen.
Esse tópico tem três partes... como ele é relativamente grande, você pode se concentrar nas três partes separadamente:
a) Hörverstehen para prova do curso
b) Hörverstehen para entender filmes e programas de TV
c) Hörverstehen para entender seus interlocutores numa conversa

Vamos lá!

1) Você quer apenas melhorar suas notas na prova auditiva do curso. 

Antes de qualquer coisa, é necessário que o curso ofereça um bom arquivo de áudio, sem muita chiadeira, de preferência desligar o ar-condicionado barulhento ou fechar as janelas caso haja muito barulho de fora. É importante que você consiga ouvir o áudio. Se isso estiver garantido, vamos aos próximos pontos.

As provas de curso (principalmente as de níveis iniciantes) são provas de audição SELETIVA, ou seja, o objetivo NUNCA é entender TUDO, mas sim, ser capaz de responder às perguntas da prova. Ou seja, o mais importante numa prova de Hörverstehen é saber QUAIS as perguntas da prova. Quando eu aplico uma prova, sempre dou tempo para os alunos lerem as perguntas antes de ouvirem o áudio.

A primeira coisa então: LER com atenção as perguntas e se preparar pra ouvir as respostas no áudio.
A segunda coisa é: ter um papel para fazer anotações enquanto ouve.

Se você já sabe as perguntas e o tema do que vai ouvir, uma técnica é fazer abreviações para palavras que possam surgir no áudio. Digamos que seja uma conversa sobre "meio-ambiente" (Umwelt), antes de começar a prova, imagine palavras que poderão surgir no diálogo e crie algumas abreviações:

Ex.: Umwelt - Uw. / Umweltschutz - UwS / GreenPeace - GPce / recyceln - rec.

O mesmo vale para nomes de pessoas. Se nas questões já nomes de personagens, abrevie-os durante as anotações. Assim você ganha tempo.

Número de repetições?! Isso varia muito. O TestDaF por exemplo o áudio só é tocado/lido UMA VEZ. Em muitas outras provas o áudio é tocado duas vezes, e em casos extremos três vezes. Mais de três vezes eu acho exagero. Caso seja tocado DUAS vezes. Faça as anotações na primeira vez e confira com as perguntas da prova. Veja se você já tem todas as respostas. Se não, foque nas respostas que você ainda não tem e tente imaginar mais ou menos em que parte do diálogo elas podem ter sido ditas. A partir daí é repetir o processo pela segunda vez e tentar responder às perguntas.

Lembre-se: o objetivo é responder às perguntas, não é entender TUDO. Nos níveis A1 e A2 já se espera que o aluno só entenda o que for dito de forma clara e com repetições e que se consiga abstrair informações, palavras soltas etc. de um diálogo sobre temas familiares. Ou seja, nenhum professor espera que você consiga entender tudo. Um bom professor vai fazer perguntas possíveis de se responder no seu nível. Também não posso garantir que todo professor consiga elaborar boas questões.

Os testes de proficiência são uma boa forma de saber se você está cumprindo os requisitos de cada nível. Se você tiver terminando agora o último curso do nível A1, tente fazer o teste abaixo. O mesmo vale para quem está terminando o nível A2 ou o nível B1. Depois de fazer o teste e conferir as respostas, você pode fazer uma autoavaliação. Como você se saiu? Quais foram as suas maiores dificuldades? Por que você errou algumas questões?

Atenção: Cada arquivo de áudio já vem com as repetições dos diálogos. Portanto, não se deve voltar o arquivo de áudio para ouvir mais vezes do que você ouviria no teste de verdade. 

Nível A1 (Prova Start Deutsch 1)
Aqui vou colocar os links para treinar pra prova do nível A1 do I. Goethe.
Primeiro você tem que baixar o arquivo PDF clicando aqui. Abra o PDF na página 5.
Agora baixe o aqui arquivo de áudio. Tem o áudio completo da primeira parte do teste começando na página 5.

Nível A2 (Prova Start Deutsch 2)
Baixe o PDF aqui. (O arquivo de áudio tb começa na página 5)
Baixe o áudio aqui.


Nível B1 (Prova Goethe Zertifikat B1, substituirá o Zertifikat Deustch [ZD] a partir de agosto de 2013)
Baixe o PDF aqui. (O arquivo de áudio tb começa na página 14)
Baixe o áudio aqui.

P.S. Pra salvar no PC os arquivos do I. Goethe é só clicar no link com o botão direito e clicar em "Salvar link como..." . Todos os exemplos estão disponíveis gratuitamente na página do Instituto Goethe (A página do Instituto Goethe tem exemplos de cada prova de todos os níveis até o C2).

Na prova do TestDaF ou do DSH, preparatórias para fazer faculdade na Alemanha, o mais importante é aprender a fazer anotações. Eles esperam que um estudante consiga anotar coisas enquanto o professor fala. Por isso, no TestDaF só se ouve o áudio uma única vez, já que você não terá a chance de ouvir o texto de novo na vida real nas aulas da faculdade. Já no DSH, o texto é geralmente lido duas vezes. O mais importante é saber fazer anotações e se concentrar nas PERGUNTAS! Leia sempre as perguntas, depois verifique as anotações que conseguiu fazer e veja se você conseguirá responder às perguntas. É uma questão de técnica, bem menos de realmente entendimento. Você pode entender tudo e esquecer depois. Para uma prova o importante é entender e não esquecer. Por isso, saber fazer anotações é essencial.

2) Você quer entender filmes.

Muita gente tem como objetivo máximo do aprendizado de uma língua estrangeira assistir a filmes sem legenda. Acho incrível o número de pessoas que têm isso como objetivo máximo, ou seja, gente que sai dizendo por aí "Enquanto eu não entender filmes em alemão, é sinal de que meu alemão ainda não tá bom".

Tenho que eliminar um mito: Não há relação 100% direta entre entender um filme e o seu conhecimento da língua. Até porque é normal que as pessoas entendam bem mais do que falem. Conheço diversos casos de gente que assiste TV em alemão aqui e comete inúmeros erros de alemão quando falam. O fato de a pessoa captar a mensagem de um filme ou programa de TV não prova que ela tem conhecimentos sólidos da língua. A pessoa pode entender tudo e não saber usar direito um dativo ou acusativo, não é mesmo?

Isso acontece pois as habilidades produtivas (fala/escrita) se desenvolvem de forma diferente das receptivas (ouvir/ler). Acho que todo mundo percebe que se entende sempre bem mais do que se fala.

Eu acho que pode ser meio frustrante ter "entender filmes" como objetivo e prova de que se sabe um idioma. Por quê?
1) Filmes não foram feitos para que estrangeiros os entendessem. Eles não são didatizados. Filmes são obras de arte, feitas sem pensar no público estrangeiro que está aprendendo a língua: em outras palavras, é você que tem que se esforçar pra compreender seu conteúdo.

2) Filmes podem ter assuntos variados. Ou seja, mesmo que o filme seja em português, ninguém garante que você vai entender todos os diálogos. Há filmes com diálogos sobre temas que não conheço: Economia, Negócios, Submarinos, Medicina etc. Fora os filmes com gírias e linguagem regional. Você não acha que é esperar demais de si mesmo entender tudo sobre todo e qualquer tema na própria língua? Será que você entende todos os termos técnicos usados por juristas numa conversa sobre Direito, sem ser jurista? Será que dá pra condenar um gringo que fala bem o português, mas que não consegue entender toda a linguagem regional do filme "O Auto da Compadecida" nem todas as gírias e palavrões usados em "Cidade de Deus" e/ou "Tropa de Elite"? Então por que cargas d'água você acha que tem que entender todo e qualquer filme palavra por palavra? Menos, né, gente! Bem menos.

3) Evitem COMÉDIAS inteligentes no início. Testar o seu alemão tentando entender piadas e sarcasmo sem legendas é como dar um tiro no pé. Se você assistir a uma comédia com um grupo de alemães e os vir rindo sem que você entenda a piada, vai se frustrar. Sarcasmo é algo que se desenvolve nos estágios mais avançados do idioma. Além disso, piadas em alemão são feitas pensando no público alemão, ou seja, a pessoa também tem que ter o mesmo "background" pra entender uma piada. Não adianta traduzir a melhor piada em português sobre o Sílvio Santos ou sobre o Clodovil pro alemão. Eles não terão o "background" para entender a piada, mesmo que entendam as palavras. Você tem que imergir bastante na cultura do povo alemão pra se divertir mais nos filmes de comédia.

Mas se forem comédias pastelão do tipo "Schlussmacher" ou "Traumschiff Surprise", dá pra entender muitas piadas também, principalmente quando se baseiam em situações que conhecemos.

Técnicas
a) Ver com legendas em alemão: A melhor tática para entender filmes é vê-los com legenda no próprio idioma em questão. Assistir a um filme alemão com legendas em alemão (quando o nível já permitir você entender um filme sem precisar olhar no dicionário a cada frase!). Por isso, é importante que vocês ainda não abandonem o uso de DVDs/BlueRays. Os filmes on-line geralmente não vêm com legendas na língua em questão, os no DVD, sim. Se vocês baixarem um filme da internet, tentem buscar também a legenda em alemão.

b) Evitar filmes dublados em português: Caso o seu nível não seja suficiente para entender um filme com legendas em alemão, assista-o com legendas em português. Evite a todo custo assistir a filmes dublados. Nos meus tempos de estudante no Brasil, eu assisti a MUUUUUITOS filmes com legendas em português e nunca me senti frustrado. Ficava muito feliz quando entendia frases, diálogos etc. Além disso, se você tiver o DVD em casa, poderá depois aprender expressões interessantes. Por exemplo, assistir em português e depois voltar a cena pra ver em alemão, já depois de ter entendido. Seguindo esse método, eu aprendia todas as gírias em inglês nos tempos em que só havia fitas de vídeos com legendas em português. Eu voltava a cena, ouvia a expressão e memorizava :-)

c) Tentar assistir a filmes conhecidos sem legenda: À medida que você assistir a muitos filmes com legendas, você perceberá o quanto o seu entendimento vai melhorar. Aí, poderá então tentar assistir sem legenda. Se você morar na Alemanha, assista à TV com frequência. Se morar no Brasil/em Portugal, tente assistir a filmes que você já conhece sem legendas antes de passar para filmes novos. Mas lembrem-se de não se sentirem frustrados caso não entenderem tudo. É por isso que ainda prefiro assistir a filmes com legenda no idioma em questão.

Informação: O Quadro Comum Europeu de Referência para línguas só menciona a compreensão de filmes a partir do nível B2. Se você ainda está no nível A1, A2 ou B1, não se desespere. :-)

A partir do nível B1 o aluno já deve ser capaz de entender enunciados numa velocidade relativamente normal desde que a pessoa fale de forma clara. O mesmo vale para programas de TV, desde que se use a língua padrão. A partir do B2 é que se começa a entender também falas mais longas em linguagem mais complexa. A partir do C1 é que se começa a entender filmes sem muito esforço.

Pra quem não saber o que é o QCER, clique aqui ou aqui.

Quer dicas de filmes em alemão. Clique aqui e aqui.
Se quiser ver uma série feita pra estudantes com legenda, clique aqui


3) Você quer melhorar seu entendimento em situações reais de comunicação.

Muita gente reclama que entende alemão na aula, mas quando vai falar com alemães, trava, não entende nada. A reclamação básica "Eles falam muito rápido".

Bem, se você acha que as pessoas falam rápido demais e têm extrema necessidade que as pessoas falem mais devagar para que você entenda, sua compreensão auditiva ainda tá no nível A1 e A2 (mesmo que você esteja fazendo curso de outros níveis!). É nesses níveis - A1 e A2 - que os estudantes ainda têm necessidade de pedir pros seus interlocutores falarem mais devagar.

"Langsamer, bitte"
"Könntest Du ein bisschen langsamer sprechen, bitte. Das wäre nett".

Olha, eu acho que o alemão é uma língua que é até pronunciada tal como nos cursos (ou bem próximo disso). Isso é uma questão de ouvir muito alemão pra se acostumar com a velocidade e com o jeito como é falado. Agora que moro no norte da Alemanha, dá pra perceber quão próximo é o alemão que ouve na rua com o que se ouve nos livros didáticos.

Dica 1: Informe-se sobre o dialeto: Você tem que ter a sorte de não cair numa região de dialeto. É óbvio que se você estudar Hochdeutsch e for pra Suíça, vai sentir dificuldade de entender as pessoas. Mas isso é questão de se preparar para a realidade. Não adianta passar o resto da vida reclamando que as pessoas não falam tal qual você estudou nos livros. É você que tem que se adaptar ao jeito de falar das pessoas, caso queira se comunicar. Minha dica é comprar alguma material que ensine palavras típicas das região onde você vai morar, caso isso seja realmente um problema pra comunicação.

Já dei dicas sobre o alemão suíço aqui.

Eu já morei em 4 cidades na Alemanha. Com exceção do Norte da Alemanha, em qualquer cidade que você morar, as pessoas vão dizer que não falam muito bem o Hochdeutsch. Mas nesses mais de 5 anos de Alemanha (no total), nunca tive dificuldade de entender as pessoas. No geral, as pessoas se esforçam pra usar o Hochdeutsch com você. No meu caso, no meio acadêmico todo mundo consegue usar o Hochdeustch. Como os estudantes vêm de várias partes da Alemanha é normal que até os alemães entre si tentem usar um falar bem próximo do Hochdeutsch ou pelo menos usar uma linguagem popular, mas longe de ser um dialeto. Com o alemão que aprendi no Brasil, conseguia falar com todo mundo desde o primeiro momento que pus os pés na Alemanha. (Mas saí do Brasil com um alemão mais ou menos no nível B2, creio eu). E nem venham me dizer que sou um gênio. O que eu tô tentando dizer é que o alemão dos livros É, SIM, bem próximo ao que se ouve nas ruas, se você não cair numa região de dialeto forte.

Dica 2: Aumente seu vocabulário
Muitos alunos querem aprender apenas uma única palavra para cada coisa e rezam 10 Pais-Nossos  para que a pessoa use só palavras que eles conheçam.

Vou dar só um mísero exemplo: Os alunos aprendem que "gostar" se diz "mögen" e se prendem demais a isso e esperam que todo alemão use "mögen" sempre. Aí quando um alemão faz uma pergunta simplíssima, como "Gefällt es dir hier in Deutschland?" (Tá gostando da Alemanha?), a pessoa faz cara de quem não entende. É óbvio! Tem que saber que na vida real, as pessoas nem sempre vão usar só as palavrinhas que você aprendeu no curso. Em vez de se desesperar, peça pra pessoa repetir. Em geral, a pessoa vai tentar dizer com outras palavras. Quando você finalmente entender, ANOTE (pelamordidels!) aquela forma e/ou palavra que você não entendeu pra próxima vez.

Um alemão que pergunta "Alles in Ordnung?" (Tudo em ordem?) também tá querendo perguntar o mesmo que "Wie geht's?". Não espere que todo mundo pergunte apenas "Wie geht's?" por esta ser a única expressão que você conhece. Vá anotando as novas palavras que ouve.

A gente consegue diferenciar um brasileiro que aprendeu alemão só nos livros sem sair do Brasil (e que fala alemão corretamente!) e um que veio pra Alemanha justamente por esses detalhes.
Um brasileiro que aprende dos livros sem vir pra Alemanha diz: "Ich finde das schwer" (Eu acho isso difícil).
Um brasileiro que dá um passo a mais no aprendizado sabe que não deveria começar sempre frases com "ich" e passa a dizer "Das finde ich schwer" (Eu acho isso difícil).
Um brasileiro que conversa com um alemão, vai perceber que os alemães usam o verbo "finden", mas também gostam de usar o verbo "schwerfallen" nesses casos "Das fällt mir schwer". Ao ouvir essa construção, o brasileiro/português que não dorme no ponto, já tentará aprender essa construção nova para as próximas vezes. (O verbo "schwerfallen", por exemplo, eu só aprendi quando vim pra Alemanha. Mas era só ter tido mais contato com alemães no Brasil, que dava pra ter aprendido também antes de vir)

Com o tempo você perceberá que entenderá bem mais quando os alemães falarem.

Dica 3: Prepare-se para situações comunicativas

Vou dar um exemplo: Antes de ir pro médico, em vez de ficar mudo sem entender o que ele diz, procure livros com diálogos sobre o que perguntar no médico (livros didáticos do nível A1 ou A2 trazem sempre algo sobre o tema de saúde). Depois procure olhar com a ajuda da internet, de um professor ou de um amigo a falar sobre seus problemas de saúde: procure aprender sintomas e nomes de doenças relevantes pro seu caso. Imagine perguntas que o médico pode fazer para você e imagine o que você responderia nesses casos. Treine antes de ir. Você perceberá que, ao se preparar, conseguirá entender bem mais do diálogo.

Faça o mesmo com quaisquer situações que venha a ter com alemães, desde uma ida à Ausländerbehörde, passando por um comprar de pão na padaria ou à comprar de uma passagem na estação central. Imagine o que você quer dizer e o que o seu interlocutor pode perguntar. Imagine o diálogo completo. Acredite! Ajuda muito.

Dica 4: FALE alemão! Ouça alemão!
A dica mais importante de todas é você perder o medo de abrir a boca. Sem colocar o seu alemão em prática, você nunca vai saber quais são as suas dificuldades nem de fala própria (habilidade produtiva) quanto de audição (habilidade receptiva). Eu me lembro até hoje a primeira vez que falei alemão numa entrevista na faculdade... eu travei muito.. às vezes saía inglês. Só aí percebi o quanto eu tinha que melhorar. Estudei, estudei, estudei e depois tentava falar com os alemães que trabalhavam na Universidade... sem medo. Não é só o curso de alemão que vai fazer você melhorar sua compreensão auditiva. Você tem que se testar fora do curso também.

Ouça alemão. Ouça músicas. Compre Hörbücher. Ouça os CDs do seu livro.

Um ótimo exercícios de áudio é ouvir notícias em velocidade lenta. A Deutsche Welle oferece um site só com notícias lidas lentamente. Clique aqui. Que tal tentar escrever as notícias sem olhar no texto e depois usar o texto para conferir? :-)


Acho que o tópico já tá bem grande. Ficaria muito feliz em ler alguns comentários :-)

9 de maio de 2013

Rowan Atkinson cantando(?) em alemão (?)

O Mr. Bean sempre arrancando risadas... quais palavras em alemão vocês conseguem entender na música? :-)

Vatertag


Feliz Dia dos Pais... no Brasil!

Quando o Dia dos Pais é comemorado na Alemanha?

No Brasil nós comemoramos o Dia dos Pais no segundo domingo de agosto. Nos EUA, por exemplo, é o terceiro domingo de junho.

Já na Alemanha é um dia que muda todo ano pois é comemorado no dia da Ascensão de Jesus (conhecido como Christi Himmelfahrt), que por sua vez é comemorado no quadragésimo dia após a Páscoa e cai sempre numa quinta-feira. (Sendo a Páscoa um feriado móvel, o Dia dos Pais também é variável). Esse dia é feriado na Alemanha.

Como é comemorado o Dia dos Pais?

Uma coisa que eu percebi é que nem no Dia das Mães nem no Dia dos Pais há um grande apelo comercial. No Brasil as lojas parecem sempre depender desses e de outros dias para vender seus produtos e todos os comerciais giram em torno de um só tema. Nunca percebi aqui nada que me fizesse lembrar "Compre o presente pro seu pai aqui" ou coisa assim. Essa é a primeira grande diferença.

O Dia dos Pais é também chamado informalmente aqui de MÄNNERTAG (ou HERRENTAG) - ou seja, dia dos homens. Eu não sei se as famílias realmente comemoram o Dia dos Pais, ou se os filhos ligam para os seus pais para dar votos de felicidades. Não sei pois não tenho família aqui. A Wikipedia diz que algumas famílias aproveitam o feriado prolongado pra viajar.

Mas o Dia dos Homens.. ahaha esse, sim é comemorado .-) No tal Dia dos Pais, os homens (e, em muitos casos, as mulheres tbm) saem juntos para passear e BEBER, BEBER, BEBER até não poder mais. No primeiro ano em que passei aqui, meus amigos combinaram de sair de bicicleta (era primavera e fez um sol lindo) de sair de bicicleta até um lago aqui próximo da cidade fazendo paradas para beber. Ou seja, é um feriado geralmente de muita bebedeira. Geralmente os grupos de "bebedores" vão se encontrando pelo caminho, pois todo mundo costuma sair pra passear bebendo.

A ideia original, vinda do século 19, era de que nesse dia os pais saíssem com os seus filhos (homens) para diversões "tipicamente masculinas" (desculpem-me pelo clichê), ou seja, sair para um lago, pescar, beber etc., ou seja, mostrar ao MENINO como se comportar como HOMEM (desculpem-me mais uma vez pelo clichê). Mas isso era no século 19. Hoje em dia não existe mais isso de coisas de homem e coisas de mulher (por isso às vezes as mulheres vão junto). A tradição antiga ficou.

Por causa do alto consumo de álcool neste dia, há também muitas brigas e muito mais acidentes de trânsito do que o normal.

"Aufgrund des erhöhten Alkoholkonsums und den häufig durchgeführten Massenveranstaltungen (hierzu zählen u. a. gemeinschaftliche Ausflüge, z. B
. Grillausflüge, Ausflug an den Angelsee) gibt es, wenn man die Statistik betrachtet, am Vatertag erheblich mehr Schlägereien als an gewöhnlichen anderen Tagen. Laut dem Statistischen Bundesamt steigt die Zahl der durch Alkohol bedingten Verkehrsunfälle an Christi Himmelfahrt auf das Dreifache des Durchschnitts der sonstigen Tage an und erreicht einen Jahreshöhepunkt" (Fonte: Wikipedia)

Apesar dessa minha (aparentemente) horrível descrição, eu nunca vi brigas nem acidentes por aqui neste dia, mas talvez tenha sido porque geralmente fico em casa e não saio pra beber. Mas acredito que, em geral, é um dia tranquilo onde você vê muita gente na rua aproveitando o sol (quando faz sol!), visitando familiares ou descansando.

E por último..

Dia dos Pais e Dia das Mães é dito no singular, ou seja, Dia DO PAI (Vatertag) e Dia da MAE (Muttertag).

Frohen Vatertag


6 de maio de 2013

Perguntinhas básicas que você sempre vai ouvir na Alemanha (ou em qualquer país do exterior)

Este tópico é feito especialmente para alunos iniciantes que estudam alemão e estão planejando vir pra Alemanha pela primeira vez, mas que têm medo de abrir a boca pra falar alemão.

Depois de passar um tempo fazendo curso de alemão, chega a hora de viajar para a Alemanha, fazer um intercâmbio, se casar com um alemão ou até mesmo se mudar de mala e cuia. Se você ainda está inseguro(a) sobre falar alemão, tem medo do que vão te perguntar e se você vai saber responder, aqui vão as perguntas básicas que venho respondendo desde que vim morar aqui.

1) Was machst du hier? (O que você está fazendo aqui?) Warum bist du nach Deutschland gekommen? (Por que você veio para a Alemanha?) Warum Deutschland? (Por que a Alemanha?)

Prepare-se sempre para dizer o motivo que te trouxe à Alemanha. Peça a ajuda de alguém pra formular as respostas e treine em casa.
Existem várias maneiras de indicar o porquê das coisas:
Você pode usar "weil" e não deve esquecer de colocar o verbo no fim. 
Warum bist du nach Deutschland gekommen? 
Weil ich Deutsch lernen wollte.

Você também pode simplesmente dizer a frase sem o "weil". 
Ich wollte Deutsch lernen. 

Aí depois da frase sem o "weil" você poderia acrescentar um "deswegen" (por isso) e completar seu pensamento.
Ich wollte Deutsch lernen. Deswegen bin ich jetzt hier. 
(Queria aprender alemão. Por isso estou aqui agora). 

2) Warum sprichst du so gut Deutsch? Wo hast du Deutsch gelernt? Seit wann lernst du Deutsch? 
Agora vêm as perguntas no estilo "Wow.. você fala tão bem alemão. Há quanto tempo você estuda alemão?".

Antes de mais nada, agradeça pelo elogio. Depois disso, prepare-se para dizer há quanto tempo você estuda e se estudou no Brasil/Portugal ou na Alemanha. 

Para indicar há quanto tempo se faz algo, se usa a preposição SEIT com o dativo.

Seit wann lernst du Deutsch? 
Noch nicht lange. Erst seit einem Jahr. / Seit zwei Jahren
(Não faz muito tempo. Faz só um ano / Há dois anos).

Se você falar muito bem, vão sempre te perguntar se você já mora aqui há muito tempo, se seus pais são alemães ou se você cresceu na Alemanha. Se você for descendente de alemães, é nessas horas que dá pra falar sobre os seus bisavós/avós/pais que vieram da Alemanha. Para os que não se encaixam nesse perfil, não sobra mais nada, senão dizer "Nein, ich bin in Brasilien/Portugal aufgewachsen" (Não, eu cresci no Brasil/Portugal). 
Nessas horas, agradeça novamente ao elogio antes de dizer qualquer coisa. Como eu não tenho muito saco de me estender demais nesse assunto, eu geralmente digo algo como "Na ja, ich habe mir einfach Mühe gegeben, Deutsch zu lernen" (Apenas me esforcei para aprender alemão) e tento mudar o assunto :-).

3) Wo kommst du her? Aha, und wo liegt das? (De onde você é? Ah, sei, e onde fica isso?)
Se você não veio do Rio de Janeiro, de São Paulo ou de Brasília (ou de Lisboa, do Porto p.ex.), não adianta, os alemães que têm pouco contato com brasileiros vão te pedir pra explicar onde é. Eu já estou acostumado a repetir a frase "Fortaleza liegt an der nordöstlichen Küste (Brasiliens)". Preparem-se para dar uma ideia geral, apenas falando, de onde sua cidade fica. Alguns vão perguntar também qual cidade grande fica perto. No meu caso eu tenho que dizer "Fortaleza ist ja eine Großstadt". Não custa nada treinar um pouco os números para dizer quantos habitantes sua cidade tem. Informe-se também mais ou menos as distâncias entre cidades. Muitos alemães não têm noção alguma do tamanho do Brasil. É sempre bom dizer que quando você diz que "Fortaleza" é mais ou menos perto do "Recife", é bom indicar quantos quilômetros/quanto tempo esse "perto" significa.

Aqui na Alemanha há muitos vilarejos que não são cidades e são chamados de "Dorf". Se você vier de um lugar muito pequeno no Brasil ou Portugal, você pode chamá-lo de "Dorf". Se for uma cidade pequena diga que é uma "kleine Stadt in der Nähe von..." (uma cidade pequena perto de...).

(Se você não sabe bem a diferença entre dizer "große Stadt" e "Großstadt" clique aqui). 

4) Gefällt's dir hier? Wie lange bleibst du hier?  Willst du hier bleiben oder kommst du irgendwann nach Brasilien/Portugal zurück?

Prepare-se sempre para dizer se está gostando ou não da Alemanha e seus planos. 

Para falar sobre os seus planos, use o verbo "vorhaben" + Infinitivo com ZU.

Ich habe vor, hier in Deutschland zu leben.
Intenciono/Tenho planos de morar aqui na Alemanha. 

Se você ainda não sabe bem ao certo, você pode falar sobre o que você gostaria (usando "möchte gerne" ou "würde gerne")
Das weiß ich noch nicht, aber ich möchte gerne hier in Deutschland leben.
(Ainda não sei, mas gostaria de morar aqui na Alemanha) 
Ich bleibe hier nur für ein Semester. Danach fliege ich nach Brasilien (zurück). 
(Vou ficar apenas por um semestre. Depois volto pro Brasil). 

Se você é um aluno se preparando para morar na Alemanha, prepare-se para responder sempre essas perguntas. Sempre que você conhecer alguém novo, é comum que essas perguntas sejam feitas. Por isso é importante que você consiga falar sobre si mesmo(a), sobre seus planos, sobre o que veio fazer e sobre como aprendeu alemão. De nada adianta ficar repetindo frases "O homem é baixo", "A mulher é rica" em cursos on-line como o Livemocha e chegar aqui sem saber responder perguntas básicas sobre si e sobre o que veio fazer. :-)

(Se quiser saber minha opinião sobre o site Livemocha, clique aqui). 

Tarefa de casa: Prepare as respostas a estas perguntas num caderninho. Depois peça pra seu professor de alemão corrigi-las. Então é só treinar e boa viagem!

Alguém gostaria de completar a lista com mais perguntas que são sempre feitas pelos alemães em conversas informais com brasileiros/portugueses?

A gente sabe que, no fundo, o alemão não pergunta por mal e ninguém é obrigado a saber de tudo sobre o Brasil ou sobre Portugal. Responda sempre com paciência e se não quiser falar muito, mude o assunto. Se quiser, você pode perguntar o que ele/ela sabe sobre o Brasil/Portugal antes de você responder às perguntas dele/a.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...