PESQUISAR NO GOOGLE

Faça sua busca aqui:
Pesquisa personalizada

PESQUISAR NO BLOG

24 de março de 2016

Orações Relativas III - Dativo

Este é o quarto tópico sobre Orações Relativas. Seria melhor ler os tópicos na ordem. Então se você não tiver lido as primeiras partes, por favor, clique nos links abaixo e leia tudo na ordem:
Introdução aos Pronomes Relativos - Clique aqui
Parte I - Pronomes Relativos no Nominativo - Clique aqui
Parte II - Pronomes Relativos no Acusativo - Clique aqui.
Parte IV - Pronomes Relativos no Genitivo - Clique aqui.

Hoje vamos falar sobre Orações Relativas com os Pronomes Relativos no Dativo.

Partindo do princípio de que você já tenha lido as partes I e II sobre os pronomes relativos no nominativo e acusativo, vai ser mais fácil explicar a lógica da coisa.

Os pronomes relativos do dativo são iguais aos artigos definidos no singular. Mas no plural o artigo é den, enquanto o pronome relativo é denen. (Não se assuste com a forma "der" no feminino. No dativo o feminino é assim mesmo).

A regra é a mesma: O gênero (masculino, feminino ou neutro) e o número (singular ou plural) quem dá é o substantivo que vem ANTES da vírgula. O caso (nominativo, acusativo, dativo ou genitivo) é dado pela função que o pronome assume na oração. Para isso precisamos revisar que funções o dativo pode assumir em alemão:

O dativo é usado (entre outras coisas) para marcar:
1) complemento verbal sem preposição - (chamado em alemão de Dativergänzung ou Dativobjekt). Por exemplo, na maioria dos casos equivalente ao famoso objetivo indireto, mesmo que em alemão ele venha SEM preposição.

Sie gibt ihrem Freund ein Geschenk. - Ela dá um presente ao seu namorado.

2) complemento verbal preposicionado - (chamado em alemão de Präpositionalergänzung). Com preposições que regem somente o dativo. Você pode ler mais sobre isso aqui.

Er hat sich bei seiner Mutter bedankt. - Ele agradeceu à sua mãe.

3) local de uma ação - com preposições de lugar que podem ser usadas com o dativo e o acusativo, o dativo é usado para indicar o lugar onde a ação se passa. Você pode ler mais sobre isso aqui.

Wir wohnen am Strand. - Nós moramos na praia.

Atenção: em relação a lugares, a preposição zu indica a direção de um deslocamento. No entanto, ela é usada SEMPRE com o dativo.

4) locuções de tempo COM preposição - o dativo também é usado nas locuções temporais acompanhadas de preposição (desde que a preposição possa vir acompanhada do dativo) Leia mais sobre isso aqui..

Por exemplo. in einem Jahr , seit zwei Wochen, an diesem Tag 

Estes são os casos principais que indicariam o uso do caso dativo. Agora vamos para as orações relativas. Vou tentar dar exemplos simples mais uma vez.

Hier ist der Mann, dem Anna einen Brief geschrieben hat. 

Regra: O gênero e o número são dados pelo substantivo antes da vírgula. Portanto o pronome relativo será masculino singular (por causa de "der Mann"). Vamos agora tentar descobrir o caso. "A Anna (sujeito) enviou uma carta para quem?". Ele enviou uma carta para o homem. Neste caso, "o homem" assume a função de objeto indireto do verbo "schreiben", por isso, dativo. A tradução da frase seria: "Aqui está o homem para quem / para o qual Anna escreveu uma carta".

Agora imagemos que, na verdade, é o homem que escreveu a carta para a Anna, não o contrário. Suponhamos que a frase fosse "Aqui está o homem que escreveu uma carta para a Anna". Neste caso, o homem não seria mais o objeto do verbo "escrever", mas sim o sujeito. O sujeito em alemão é posto no caso Nominativo. Por isso, o pronome seria "der".

Hier ist der Mann, der Anna einen Brief geschrieben hat. - Aqui está o homem que escreveu uma carta para a Anna

Percebem que os dois exemplos anteriores mudam apenas no pronome relativo? Compare mais uma vez as duas orações. Perceba que em português precisamos da preposição "para", enquanto em alemão o caso dativo sozinho (sem preposição) já dá o mesmo sentido.
Aqui está o homem para quem Anna escreveu uma carta. - Hier ist der Mann, dem Anna einen Brief geschrieben hat.
Aqui está o homem que escreveu uma carta para Anna. - Hier ist der Mann, der Anna einen Brief geschrieben hat. 

Se trocarmos a palavra "Mann", por "Frau", teríamos.
Hier ist der Mann, dem Anna einen Brief geschrieben hat.
Hier ist die Frau, der Anna einen Brief geschrieben hat. 

Com todos os verbos que regem complementos no dativo o mesmo acontece. Vejamos um exemplo com o verbo helfen (que rege o dativo).Atenção: nos exemplos, o nominativo tá marcado de vermelho e o dativo de azul.

Masculino Singular:
Das ist der Mann, dem wir geholfen haben. (Este é o homem que/o qual nós ajudamos).


Feminino Singular:
Das ist die Frau, der wir geholfen haben. (Esta é a mulher que/a qual nós ajudamos)

Neutro Singular.
Das ist das Kind, dem wir geholfen haben. (Esta é a criança que/a qual nós ajudamos)

Plural:
Das sind die Kinder, denen wir geholfen haben. (Estas são as crianças que/as quais nós ajudamos)


Orações Relativas com Preposição no Dativo
Há preposições que exigem SEMPRE o acusativo (como ohne, für etc.), outras que exigem SEMPRE o dativo (como zu, mit etc.) e outras que podem exigir o acusativo OU o dativo (como in, an, auf etc.). No caso das locuções de tempo e dos complementos de local, caso a preposição esteja entre aquelas que aparecem tanto com o acusativo quanto com o dativo, usa-se o dativo.No caso dos complementos verbais com preposição, não há regras fixas para saber qual o caso a ser usado, mas já dei dicas sobre isso aqui.

A regra é a mesma das orações sem preposição, só com UMA ressalva: a preposição aparece ANTES do pronome relativo.

Digamos que alguém te perguntasse: "Mit welchem Mann hast du gestern geredet?" (Com qual homem você conversou ontem?) e você quisesse responder apontando para o homem "Este é o homem com o qual eu conversei ontem". Neste caso você teria que dizer:

"Das ist der Mann, mit dem ich gestern geredet habe."

Vamos lá passo a passo:
1) O substantivo antes da vírgula é "der Mann" - masculino, singular. O caso (nominativo, marcado de vermelho) não importa, pois antes da vírgula apenas o gênero e o número influenciam o pronome relativo.
2) Na oração relativa o verbo conjugado deve aparece SEMPRE no final. É por isso que habe aparece como a última palavra.
3) A preposição mit é usada só com o dativo. A preposição aparece SEMPRE ANTES do pronome relativo.
4) Pronto: agora é só usar o pronome do gênero masculino singular no dativo: DEM! Bingo!


Vou dar um exemplo agora com complemento de lugar.
Digamos que você leve um amigo seu alemão de carro para a sua praia favorita no Brasil. Ao ver o hotel você diz: "Pronto! Ali está o hotel no qual nós vamos dormir hoje.". Neste caso temos um complemento de lugar. Neste caso, usaremos a preposição IN. Esta preposição pode ser usada tanto com o acusativo quanto com o dativo, mas como não se trata de deslocamento, usaremos o dativo.

Pronto! - So!
Da ist das Hotel, in dem wir heute übernachten. 
Vamos lá passo a passo:
1) O substantivo antes da vírgula é "das Hotel" - neutro, singular. O caso (nominativo) não importa, pois antes da vírgula apenas o gênero e o número influenciam o pronome relativo.
2) Na oração relativa o verbo conjugado deve aparece SEMPRE no final. É por isso que übernachten aparece como a última palavra.
3) A preposição in é usada neste caso com o dativo. A preposição aparece SEMPRE ANTES do pronome relativo.
4) Pronto: agora é só usar o pronome do gênero neutro singular no dativo: DEM! Bingo!

Atenção: Não se faz a contração de "in + dem" neste caso, pois aqui não é o artigo, é o pronome relativo.

Deu pra entender agora? :-)

No caso dos complementos de lugar, é possível também usar o "wo" como pronome relativo. Assim fica bem mais fácil :-)
Das ist das Hotel, wo wir heute übernachten. 

Além disso, lembrem-se de que a preposição zu sempre é usada com o dativo, apesar de indicar deslocamento a um local. (Digamos que você aponte para uma cidade num mapa e diga "Esta é a cidade para a qual nós estamos indo agora).
Das ist die Stadt, zu der wir jetzt fahren. (Com a preposição ZU sempre dativo. A contração zu + der = zur não se faz com pronomes relativos, apenas com artigos)
Das ist die Stadt, in die wir jetzt fahren. (Com a preposição IN, usa-se acusativo com o sentido de deslocamento para algum lugar)

Com essas dicas acho que já dá pra treinar orações no dativo.
Tentem traduzir essas frases para o alemão.

Este é o filme do qual falávamos ontem. (sprechen von + Dativ; sprechen über + Akkusativ)
Ali estão as garotas com as quais eu dancei ontem na festa.
Esta é a escola na qual eu estudei alemão.
25 de março é o dia em que ele nasceu.
Meu marido é a única pessoa em que eu confio.

8 de março de 2016

Filme "Bach in Brazil"

Foto: Divulgação
Olá, pessoal, eu gostaria hoje de fazer outra indicação de um filme. O filme se chama "Bach in Brazil". É um filme alemão que se passa no Brasil. Em português o filme se chama "Filhos de Bach".

Foto: Divulgação
Conta a história de um professor aposentado de música que recebe umas partituras originais de Bach (que valem uma boa grana) como herança de um amigo que faleceu. O único problema é que as partituras estão no Brasil e ele tem que buscá-las pessoalmente. Chegando lá, as partituras são roubadas e um brasileiro (que fala alemão) chamado Cândido decide ajudá-lo. Mas em troca ele quer que o professor ensine música a um grupo de menores infratores.

Bem, as confusões que rolam a partir de então vocês podem imaginar: é uma comédia que mistura dois países, duas culturas, música clássica e samba.
O filme vai entrar em cartaz a partir deste mês em praticamente todas as cidades grandes alemãs. E você, leitor@ do blog Quero Aprender Alemão poderá ganhar uma entrada para ver o filme com acompanhante.

Quer saber como? Dá uma olhada no trailer e
abaixo explico mais.


Para se inscrever no sorteio, basta preencher o formulário abaixo (Nome / E-Mail / Cidade) e enviar. Apenas pessoas morando na Alemanha poderão participar. O sorteio será feito no dia 10 de março à noite (horário alemão) num horário não-definido. As entradas serão enviadas pelo correio.

(Sorteio já realizado): Resultado
Ganhadores: por favor, olhem na sua caixa de e-mail (pode ter ido pro Spam). Sem responder ao e-mail não há como enviar os tickets.
Publicado por Quero Aprender Alemão em Quinta, 10 de março de 2016


Pra terminar, aqui vai o vídeo de um dos atores brasileiros falando alemão:

BACH IN BRAZIL - Videogruß von Candido"Bach in Brazil" Countdown: Noch 22 Tage bis zum Kinostart am 17. März. Hier ein Gruß von "Candido" (Aldri Anunciação)...
Publicado por Bach in Brazil em Quarta, 24 de fevereiro de 2016

7 de março de 2016

Vida na Alemanha - Gorjetas

Existem dois tipos de estrangeiros. Aqueles que tentam se informar sobre os costumes do país que visitam tentando se adaptar e aqueles que dizem "Não tô nem aí. Faço do jeito que achar melhor". O texto abaixo contém não só impressões pessoais, mas também coisas que aprendi perguntando diretamente aos nascidos na Alemanha. Portanto, caso você tenha aprendido algo diferente dos seus amigos alemães, perdoem-me... não sou o dono da verdade, apenas repasso o que aprendi em todos estes anos morando aqui. Depois da leitura do texto, você pode decidir se você estará no grupo dos que vão tentar se adaptar ou daqueles que vão ligar o "f*da-se" e fazer do seu jeito. 

A Europa é um continente bastante diversificado quando o assunto é gorjeta. Há países em que não é comum dar gorjeta (como a Itália) e há países em que dar gorjeta é esperado (como a França e a Alemanha). Então vou aqui comentar o que aprendi sobre gorjeta aqui na Alemanha.

Antes de qualquer coisa, vamos ao vocabulário:
(das) Trinkgeld - gorjeta
aufrunden - arredondar para cima

Pra que serve a gorjeta na Alemanha?
A gorjeta na Alemanha não é obrigatória e nem vem na conta. É sempre uma decisão do cliente. O setor gastronômico em geral costuma empregar universitários para serem garçons/garçonetes. Ou seja, normalmente é um emprego para as horas vagas (chamado em alemão de Nebenjob), não é um emprego com salários maravilhosos. O valor a mais que você dá é uma forma de agradecer pelo serviço prestado e serve para adicionar ao salário recebido. Lembrem-se de que estudantes não ganham muito (ganha-se menos de 10 Euros por hora). Então cada Euro a mais é mais que bem-vindo. Caso o serviço seja ruim, você pode dar uma gorjeta muito baixa. Se o serviço for péssimo, você pode se recusar a pagar a gorjeta.

Em que lugares se costuma dar gorjeta na Alemanha?
Em geral se dá gorjeta em qualquer estabelecimento gastronômico onde haja serviço de mesa, ou seja, se você permanecer sentado e uma pessoa lhe trouxer comidas e bebidas é normal dar uma gorjeta. Não dar gorjeta a alguém que te serviu é visto como um desaforo.
Caso você esteja num bar, café etc. no qual você mesmo busca a comida num balcão, não se costuma pagar gorjeta. Ou seja, não precisa dar gorjeta no restaurante universitário (onde você mesmo se serve) nem no seu bar preferido onde você pega a cerveja no balcão.
Mesmo em lugares onde haja serviço de mesa, é mais comum dar gorjeta apenas quando se recebe a conta só no final. Em bares onde você paga já na hora de receber o pedido (em Bremen, por exemplo, há um pub assim. Eles trazem a bebida à mesa, mas você paga na hora de receber o pedido, a cada pedido) é menos comum dar gorjeta (já que seriam muitas gorjetas durante a noite), mas isso vai de cada um.
Além de estabelecimentos gastronômicos, é comum dar gorjetas a taxistas, mas também vai de cada um. Não é comum dar gorjetas a entregadores (de pizza, por exemplo). Mas tudo depende... uma amiga minha mora no QUINTO andar de um prédio sem elevador. O entregador sobe os cinco andares e deixa a pizza na porta. Se você se colocar no lugar do entregador (que vai subir dezenas de escadas durante o dia e muitas vezes entrega as pizzas de bicicleta) talvez você ache bom dar uma gorjeta. Como falei, isso vai de cada um.
Além de tudo isso, há muitos banheiros públicos (de estabelecimentos comerciais) que convidam os seus usuários a depositarem algo para a pessoa que limpa o banheiro. Alguns até sugerem um valor (normalmente € 0,50). Normalmente a pessoa que limpa o banheiro fica também na saída/entrada do banheiro fazendo uma certa pressão. Novamente, vai de cada um. A maioria dá algum dinheiro.

Qual a porcentagem da gorjeta?
Não há uma porcentagem fixa. No Brasil é costume cobrarem 10%. Essa porcentagem pode nortear as suas gorjetas. Mas se for um pouco menos não tem problema. Entre 7% e 10% geralmente você está dando uma gorjeta suficiente. Às vezes você pode arredondar o valor para não receber muitas moedas.

Digamos - se a conta foi de € 8,90, arredondar para € 9,00 seria muito pouco. 10% seriam € 0,89, 7% seriam € 0,63. O melhor seria arredondar logo para € 10,00 (assim você não recebe moedas), mas caso você ache muito, pode também ser € 9,50 (o que daria aprox. 7%). Caso a conta seja muita alta (mais de 100,00), você também pode dar menos de 7%. Caso o garçom traga só uma conta, mas cada pessoa pague apenas o que consumiu, o normal é que cada um dê a sua gorjeta separado. Assim cada pessoa fica livre para dar o valor que quiser. Caso uma pessoa só pague a conta da mesa, é educado se oferecer para dar a gorjeta.
No caso de taxistas e entregadores de pizza, o valor da gorjeta fica a seu critério. Às vezes arredondar o valor para facilitar o troco já pode ser uma forma de gorjeta. Caso você também more no quinto andar sem elevador, talvez queira dar um pouco mais de gorjeta para o entregador.

E se o serviço for ruim?
Se o serviço for realmente ruim, o normal é dar uma gorjeta baixa. Por exemplo, no caso dos €8,90 seria arredondar apenas os 10 centavos. É uma forma de demonstrar que você não ficou contente com o serviço. Deixar de dar gorjeta acontece apenas quando o serviço é péssimo: garçons mal-educados, comida péssima, erro no pedido etc. (tudo ao mesmo tempo).

Como se paga a gorjeta na Alemanha?
A forma mais comum de pagar a gorjeta é dizer o quanto você quer pagar no total.

Exemplo:
Garçom/Kellner: - € 8,90 (acht Euro neuzig)
Cliente/Kunde:
a) (entregando um cartão de crédito ou débito): Zehn Euro, bitte. 
b) (entregando uma nota de 20 Euros): Zehn Euro, bitte. 
c) (entregando exatos 10 Euros em dinheiro): (Das ist) gut so. 

Uma outra forma de se pagar a gorjeta é deixá-la na mesa junto ao recibo de pagamento. Por exemplo, você paga o valor exato da conta e deixa a gorjeta na mesa. Mas atenção: isto é visto por muita gente como deselegante, pois você perde a chance de agradecer ao garçom pelo serviço no momento de dar a gorjeta. Outra forma também é pagar a conta (em dinheiro ou cartão) e dar a gorjeta separadamente na mão do garçom. Não pense que os garçons vão achar que é esmola. Eles normalmente agradecem e se retiram.

Opinião: Já ouvi de alguns a desculpa de "Ah, mas eu não tenho muito dinheiro". Pô, mas se você quer beber cerveja num bar e ter a sua cerveja servida na mesa, a gorjeta FAZ PARTE disso. No Brasil você entra num restaurante já sabendo que terá que pagar 10% a mais e muitas vezes o couvert da música ao vivo. A diferença é que na Alemanha esse dinheiro extra não é forçado, mas ele faz parte da prática social do país. Então vamos dar a gorjeta, galera!!!! :-)

Para ler mais sobre o tema em alemão, clique aqui.

6 de março de 2016

"O Diário de Anne Frank", o filme

Olá,

entrou em cartaz nos cinemas alemães esta semana o filme "Das Tagebuch der Anne Frank" (O Diário de Anne Frank), do diretor alemão Hans Steinbichler. O filme é alemão e todos os diálogos são em alemão. Esta é a sétima adaptação do famoso livro para o cinema e a segunda adaptação alemã (a primeira foi feita em 1958).

Tradução para o alemão do Diário de Anne Frank.
Para quem não conhece, Anne Frank foi uma adolescente alemã (nascida em Frankfurt am Main), judia, vítima do Holocausto. Sua família foi morar em Amsterdã com a ascensão dos nazistas ao poder em 1933. Com a invasão dos Países Baixos pelos nazistas, a família decide se esconder nos cômodos secretos de uma casa comercial. Lá eles moraram de 1942 até próximo ao fim da Segunda Guerra, mas depois de uma traição misteriosa, foram levados para campos de concentração, onde todos morreram com exceção do pai de Anne, Otto Frank. O diário que Anne manteve durante a sua vida no anexo secreto havia sido salvo e foi posteriormente publicado. Hoje a casa onde se esconderam é o Museu Casa de Anne Frank, aberto para visitas em Amsterdã.

O diário foi escrito todo em holandês (neerlandês), mas traduções dele são encontradas no mundo inteiro.

Antes de colocar o trailer do filme, é importante dizer que Anne Frank era alemã, portanto o nome dela deve ser pronunciado com sotaque alemão, não americano. Muita gente no Brasil acaba americanizando o nome dela para "Ênn Frênk". Mas é "Ánne Fránk" mesmo.
Ouça o nome dela aqui: 

Para saber mais a pronúncia correta de nomes famosos em alemão, leia mais aqui.
Se você quiser saber sobre como visitar a Casa de Anne Frank, clique aqui.

Não perca as sessões de cinema da sua cidade.

1 de março de 2016

O pronome interrogativo "Wie..."

O pronome alemão Wie...? significa "como" em português. Alguns exemplos clássicos do seu uso:

Wie heißt du? Como você se chama?
Wie geht's dir? Como vai você?
Wie hast du Deutsch gelernt? Como você aprendeu alemão?

Alguns casos levemente diferentes do português:
Wie ist deine Telefonnummer? Como/Qual é o seu número de telefone?
Wie ist deine E-Mailadresse? Como/Qual e o seu e-mail?
Wie gefällt's dir? O que você acha?
Wie schmeckt's dir? O que você achou (do sabor)?

O pronome interrogativo Wie...? também aparece como muita frequência junto a adjetivos com o significado quantitativo ou qualitativo em relação a algo. Em português este uso equivale ao pronome Quão?, mas infelizmente este pronome caiu em desuso no Brasil (talvez em Portugal também, não sei) e é desconhecido da maioria. Por isso as traduções alternativas destes casos são feitas com outros pronomes e substantivos.

Aqui vão alguns exemplos:

Se você usar esta mesma estrutura com um ponto de exclamação, o sentido fica diferente.
Wie teuer! Nossa, que coisa cara!
Wie schön! (Olha,) que bonito!

Além destes, existe ainda a expressão Wie kommt's? que tem o sentido aproximado de "Por que isso?", "Como pode..."? (Semelhante à expressão "How come" do inglês). É um pedido de explicação.

Wie kommt's, dass du so gut Deutsch sprichst? Mas como é que você fala tão bem alemão?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...