PESQUISAR NO GOOGLE

Faça sua busca aqui:
Pesquisa personalizada

PESQUISAR NO BLOG

21 de outubro de 2009

Alemão tem gerúndio? - Parte II

Oi,

vamos agora falar sobre um gerúndio suspeito do alemão, o Partizip I.

O Partizip I é formado da seguinte maneira: VERBO no INFINITIVO + -d

spielen - spielend
kochen - kochend
lachen - lachend

O primeiro equívoco do aluno de língua portuguesa é dizer que isso equivale em 100% ao nosso gerúndio, pois ele corre o risco de querer dizer. EU ESTOU ESCREVENDO - ICH BIN SCHREIBEND.. e isso não existe. Em alemão se diz: ICH SCHREIBE para EU ESCREVO e EU ESTOU ESCREVENDO. É só ler a parte I :-)

Essa terminação -END equivale no português à terminação -NTE e não ao gerúndio -NDO.
O grande problema é que em português, essa terminação -NTE não se junta a todos os verbos, ela é muito irregular, apenas poucos verbos conseguem formar substantivos ou adjetivos terminados em -NTE.

Vejamos:

correr - corrente: O ano corrente (é o ano atual, que está acontecendo agora)
pedir - pedinte: É alguém que pede nas ruas.
sorrir - sorridente: É alguém que sorri
ferver - fervente: A água quando ferve é água fervente.
pagar - pagante: Quem paga, é pagante.

O problema é que não dá pra fazer com todos os verbos.
chegar - chegante?
morar - morante?
atirar - atirante?

etc. Mas a ideia é essa: O Partizip I dá a ideia de alguém/algo QUE faz/está fazendo determinada ação. PAGANTE = aquele que paga ou que está pagando. SORRIDENTE: aquele que sorri ou que está sorrindo.

Em alemão, dá pra se fazer essas construções com quase todos os verbos e é usando mais na função de adjetivo.

Exemplos:

Der Zug, der gerade ankommt. (O trem que está chegando agora)

Qual é o verbo? ANKOMMEN. Basta acrescentar um -D e temos ANKOMMEND.

Der ankommende Zug = (O trem "chegante"?... Nãão. Em português, a gente tem que traduzir como O TREM QUE ESTÁ CHEGANDO, pois não há equivalente).

Ein Kind, das tief schläft, sollte man nicht wecken.
(Uma criança que dorme profundamente não se deve acordar).

Qual é o verbo? SCHLAFEN. Basta acrescentar um -D e temos SCHLAFEND.
Ein tief schlafendes Kind sollte man nicht wecken.(A palavra DORMENTE existe, mas ninguém diz "uma criança profundamente dormente".. o jeito é traduzir como na primeira frase).

Às vezes dá certo:

Ein lächelndes Kind = uma criança sorridente. :-)

É isso! Resumo da ópera: Partizip I é usado de forma muito particular no alemão e não equivale de forma alguma ao nosso gerúndio dos tempos verbais com o verbo ESTAR. :-)

Abraços

P.S. Sugiro a leitura de todos os outros tópicos sobre gerúndio no blog.

5 comentários:

  1. Excelente explicacao! Finalmente entendi esse tal Partizip I. Herzlichen Dank!

    ResponderExcluir
  2. Muito boa explicacao! Eu nao sabia exatamente como usar o Partizip I...Obrigada!

    ResponderExcluir
  3. wunderbar post :D! esclareceu bem as dúvidas que tinha. O professor aqui estava tentando explicar o partizip I e eu ficava numa complicaçao pra entender como seria essa uma traduçao dessa construçao de frase e nunca chegava numa frase com sentido. Quem ta no comecinho é difícil se despregar um pouco da comparaçao com o portuga, mas com esse bizu, näo tem como nao aprender! valeuuuuu

    ResponderExcluir
  4. Ainda prefiro usar o Präsens..... O.O Mega complicadas essas construções de expressão de gerúndio, mas um dia eu entendo.

    ResponderExcluir
  5. Equivalente perfeito do, na língua portuguesa, particípio presente; em desuso, arcaico.
    Assim como o particípio passado, passou a adjetivo.
    Exemplos: refrigerante (bebida que me refrigera)/refrigerado(bebida que me refrigerou); restaurante (lugar que tem comida que vai me restaurar as forças, o ânimo, a saúde)/restaurado (como fiquei depois que comi uma comida restaurante/que restaura, a qual me deixou restaurado).

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...