PESQUISAR NO GOOGLE

Faça sua busca aqui:
Pesquisa personalizada

PESQUISAR NO BLOG

Carregando...

27 de julho de 2016

Vídeo-Aula: Orações Subordinadas Sem Conjunção

Aqui vai mais uma vídeo-aula respondendo à pergunta de uma leitora.



Para ler mais sobre a ordem das palavras em alemão, clique aqui.

Vídeo-aula: Elementos de ligação em substantivos compostos

Vídeo aula sobre elementos de ligação em substantivos compostos.



Para ler mais sobre substantivos compostos, clique aqui.

14 de julho de 2016

Acht Jahre: Aniversário do Blog

Und nein, ich bin nicht süß :-)
Hoje é aniversário do blog. Há 8 anos no meu quarto quando ainda morava em Fortaleza e usava o Orkut decidi criar um blog sobre a língua alemã. O blog cresceu bem mais do que esperava (e eu tb hahah). Minha vida não é nada parecida com a vida que eu tinha há 8 anos. Muita coisa melhorou também.

Muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuito obrigado a todas as pessoas que leem meu blog, que se divertem, que comentam, que divulgam... muito obrigado mesmo!

Pedi para meus leitores e leitoras contarem momentos em que o blog foi de grande utilidade. Aqui estão alguns relatos:

O blog dá dicas de alemão pra profissionais
"Estudo medicina e tenho muita vontade de ir trabalhar na Alemanha. O blog me ajudou com algumas informações no tópico "Alemão para profissionais de saúde", com o esclarecimento sobre os livros para medicina em alemão, que já estou me preparando para adquirir." (Carolina Wassmansdorf)

O blog dá dicas de gramática
"Um post que vc publicou em 17/06 desse ano sobre o verbo lassen. Estávamos aprendendo justamente isso no curso e eu tinha faltado à aula. Apesar do professor ter me explicado, achei bem confuso e o post foi muito esclarecedor. Consegui fazer as questões da prova sem dificuldade" (Carolina Loureiro)

"Uma matéria bem concreta: sempre quis aprender a usar o "worauf, woran,wofür womit..." e por aí vai. A matéria sobre como e quando usá-los foi super esclarecedora... passei a usá-los no meu dia a dia :-" (Andreza Henriqueta)

"Lembro que para a minha primeira prova no A1.1 eu li alguns posts com explicações do acusativo e foi uma bela ajuda. " (Aline Flores)

"O que mais me ajudou foi quando li sobre a declinação de adjetivos antes de aprender em sala. A forma de enxergar apenas com duas tabelas, como declinação forte ou fraca, foi excelente! O mais interessante é que eu sou daquelas pessoas que precisam de um professor para entender a gramática; se o professor não ensina, eu não fixo, mesmo já tendo lido antes. No entanto, após ouvir em sala a explicação clássica com três tabelas, nem por isso deixei de enxergar como declinação forte e fraca! Foi o único caso em que a explicação de um professor mais atrapalhou do que ajudou. Esse assunto já era muito natural e lógico para mim, mas curiosamente observei que todos os outros alunos tinham muita dificuldade. Eu tenho as tabelas impressas coladas na contracapa do caderno, e com certeza foi uma das melhores dicas que já encontrei da língua alemã. Muito obrigado ao blog Quero Aprender Alemão por ajudar a manter a esperança de falar alemão fluentemente um dia!" (Renato Christensen)

O blog dá dicas de pronúncia
"Ich habe für mehrere Stunden deine Hörlektionen angehört, bis ich endlich zufrieden war. Da habe ich zum ersten Mal den Unterschied zwischen O und Ö und U und Ü wirklich verstanden und es auch geschafft zu wiederholen. Das hat mir echt geholfen, weil es danach möglich war, Dinge zu verstehen und die Wörter richtig auszusprechen, die ich früher nicht aussprechen konnte. Deswegen habe ich später deutlicher reden können." (Peter Köhler) - Lieber Peter, danke für deine schönen Worte! 

A página do Facebook dá dicas práticas da vida diária
"Em 2014, tive o privilégio de viajar para a Alemanha e conhecer algumas de suas encantadoras cidades. E, foi durante esta viagem, que coloquei todos os meus conhecimentos adqueridos em prática. Todas as dicas presentes no blog e os feeds de notícias do Facebook foram  úteis para a minha comunicação durante o período que permaneci em terras germânicas. Foi através da leitura de curiosidades, relatos, dicas e informações postadas pelo autor que pude aproveitar ao máximo a realização do meu sonho." (Gisela Favaro)

"Na recente postagem, perto do jogo da França contra a Alemanha, sobre a "brincadeira" que os alemães fizeram publicando cartazes pela rua com a frase: "Frank, reich mir das kölsch!" Me senti orgulhoso de entender perfeitamente o jogo de palavras e saí contando para todos a "piada" (que na maioria das vezes só era engraçado pra mim). Mas o melhor ainda não havia acontecido, tinha marcado de assistir o jogo no bar com uns amigos e quem estava na mesa ao lado? Um legítimo alemão visitando o país. Me exitei no início, mas depois de algumas cervejas não tive dúvidas e citei em voz alta e clara para o garçom a fatídica frase (trocando a cerveja kölsch para Bier) que obviamente me achou maluco, porém, para minha felicidade, o alemão ao lado não só compreendeu como começou a rir!!! (Pena que o jogo não proporcionou a mesma felicidade para ele...)" (Samuel Sampaio)

O blog dá informações sobre a cultura alemã
"Bem, sou muito ruim de memória, mas lembro do primeiro post que li no blog, que me fez seguir desde entao, que foi um que falava sobre como os alemães contavam nas mãos, começando pelo polegar. Isso me ajudou a entender a situação do filme bastardos inglórios, e a chegar depois com meus amigos perguntando se eles entendiam a referência, e claro que bem poucos sabiam. E isso foi muito legal porque me fez entender mais sobre a cultura alemã presente em filmes." (Arianne Nayara)

O blog mostra que difícil é bastante relativo
"Algo que me incentivou bastante a continuar a estudar alemão, foi quando eu li um relato do professor Fábio, onde ele dizia como ele aprender alemão. Nesse relato, uma parte que me chamou a atenção foi quando ele disse que nunca achou alemão complicado porque simplesmente ele aprendeu sozinho e não tinha ninguém lhe dizendo que “alemão é difícil... as declinações é o verdadeiro terror...” e isso, não atrapalhou! Em parte, meu susto foi que, primeiramente, vi muitos relatos de pessoas me assustando e intimidando ao dizer que declinações me fariam desistir, simplesmente por “um terror psicológico” que eu conseguir reverter por causa do relator do professor!" (Sabrina Sena)

O blog tem aquela explicação que falta
"Aquela explicação que o livro não tem...o Fábio tem." (Tatiana Orcy)

"Já na minha primeira semana de aulas, me deparei com a famosa e temida DECLINAÇÃO. Estava prestes a enlouquecer com todas as novidades: "der, die ou das", "akkusativ, dativ, nominativ, genitiv", formação de frases e lógica completamente diferente do português. 
Foi aí que percebi que tinha que procurar mais informações, mais explicações e me dedicar muito mais do que só aos exercícios da aula. E a procura por um site que oferecesse isso tudo e mais um pouco me levou ao "Quero Aprender Alemão". 
Com essa página, consegui explicações claras, simples, experiências de outras pessoas, dicas de filmes, livros... E o mais importante: me inspirei muito na experiência do criador do site, pois foi aí que percebi que a dedicação e a vontade de aprender leva a resultados maravilhosos." (Vitória S. Plentz)

O blog dá motivação para os leitores usarem o seu alemão
"Além dos amigos secretos de cartão do blog, o post foi muito útil pra mim (caiu como uma luva mesmo) quando estava visitando uma família alemã em Stuhr próximo do Natal de 2014. Eles gostam muito de cartões temáticos e postais, a mãe da família fez até um varal na cozinha pra colocá-los (tem uma foto em anexo, com um dos meus cartões nele que enviei de Newcastle, onde estudava na época). E queria muito escrever um cartão pra agradecê-los pela estadia e também desejar feliz Natal (eu fui embora pouco antes do 25/12 de lá). Aí, eu me lembrei que havia recebido poucos dias antes no meu e-mail um post do blog com esse tópico. Assim pude escrever o cartão com muito mais confiança. Enfim, esse foi um exemplo mais definido de como seu blog é útil pra mim." (Pablo Resende)

"O exemplo concreto de como o blog me ajudou a aprender a alemão (sempre me ajuda, na medida possível, pois sou iniciante ainda) foi o último post sobre a família. Achei ótimo e fiquei muito feliz de entender quase tudo e também conseguir escrever em alemão, ainda que pequeno, um texto sobre a minha família." (Sandra Schultz)

O blog ajuda quem não tem muito acesso ao idioma em sua cidade
"Como não é uma língua muito explorada fiquei meio perdida e não sabia com quem ou em qual site poderia treinar a escrita, fala e/ou escutar músicas, ver vídeos, ter algumas dicas de livros que poderiam me auxiliar no estudo. E então, ao procurar no facebook algumas páginas de alemão encontrei o "Quero Aprender Alemão" e simplesmente amei a página, me socorreu em diferentes áreas do aprendizado" (Winy)

Vídeo do Sorteio: (O vídeo saiu de lado, eu não percebi na hora - vai ficar assim mesmo)
Carefree Kevin MacLeod (incompetech.com)
Licensed under Creative Commons: By Attribution 3.0 License
http://creativecommons.org/licenses/by/3.0/

1 de julho de 2016

Bolsas do DAAD para o Winterkurs 2017


O DAAD (Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico) oferece todos os anos bolsas de estudos para estudantes universitários brasileiros que estejam aprendendo alemão. É uma forma de incentivo para aqueles que futuramente possam se interessar em pesquisar na Alemanha.

É uma seleção feita nacionalmente (ou seja, qualquer universitário brasileiro pode se candidatar) e sempre fiquei muito feliz que Fortaleza sempre tenha conseguido enviar vários candidatos todos os anos.

Mas preparem-se para o frio... os cursos são oferecidos, em geral, nos meses de janeiro e/ou fevereiro.. ou seja, os meses mais frios da Alemanha. A chance de ver neve nesses meses é quase 100%, mas a chance de passar frio também é em torno de 100%. Nada de ver alemães sorridentes e felizes na rua... tá todo mundo escondido em algum lugar quentinho tomando alguma bebida quente :-) Mas é uma chance de conhecer a Alemanha, aprender alemão e ainda ganhar uma ótima ajuda de custo (2.850 Euros + seguro-saúde)

Pré-requisitos:
  • Nacionalidade brasileira ou residência permanente no Brasil
  • Matrícula em universidade brasileira (comprovante de matrículo do semestre 2016.1):
    - Alunos da graduação:  4º período no momento da inscrição, CR igual ou superior a 8,0;
    - Alunos de mestrado
    - Alunos de doutorado
  • Conhecimentos de alemão correspondentes ao nível intermediário B1 para todas as carreiras
  • Teste OnDaf é obrigatório para todos os candidatos (clique aqui para obter dicas de como se preparar para o teste onDaF)
  • Carta de motivação escrita em alemão (modelo de carta aqui)
(Informações retiradas do site do DAAD):
Você pode se inscrever até o dia 15 de agosto de 2016. Para ler o edital clique aqui.

Quer ganhar essa bolsa? A inscrição será feita pelo portal do DAAD. (Clique aqui).

Lá você poderá baixar o edital completo, ver um FAQ com as principais perguntas, baixar o formulário de inscrição e se informar sobre o teste onDaF.

Não se esqueçam de que aqui no blog já postei várias dicas para se preparar para o teste onDaF. Clique aqui.

Não respondemos perguntas sobre a bolsa. Todas as perguntas devem ser dirigidas aos contatos fornecidos na página do DAAD. Mas gostaríamos muito de ler nos comentários experiências de quem já fez o Winterkurs.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...