PESQUISAR NO GOOGLE

Faça sua busca aqui:
Pesquisa personalizada

PESQUISAR NO BLOG

29 de outubro de 2017

Max Raabe - Der perfekte Moment... wird heut' verpennt

Hoje um amigo me mandou o link para o vídeo da nova música do Max Raabe que tem a cara de domingo :-) Quem se identifica com o vídeo, compartilha! :-)

Caso o vídeo esteja bloqueado em seu país, postei o link do Spotify abaixo da letra.

Heut' mach' ich gar nichts
keinen Finger krumm
Ich bleib' zu Haus
und liege hier einfach nur so rum

Telefonieren wird nicht passieren
Das, was ich tu',
Kühlschrank auf und wieder zu

Mir geht's gut, wo ich bin
Die Sonne scheint, Wolken zieh'n
Der perfekte Moment wird heut' verpennt

Ich dreh' mich nochmal um
Dann deck' ich mich zu
Heut' steh' ich nicht auf
Ich wüsst' auch nicht wozu

Ich dreh' mich noch mal um
Weil ich das gern tu'
Ich hab' alles, was ich brauch'
Augen auf und wieder zu

Stecker raus, keine Daten
Die Welt bleibt draußen und muss warten
Was ich heut' besorgen kann
fang ich nicht an

Darin liegt ein tiefer Sinn
Dass ich heut' so träge bin
Es bleibt dabei
Ich mach' heut' frei

Caso o vídeo esteja bloqueado em seu país, aqui vai o link para o Spotify:


Explicando a letra da música
Os apóstrofos indicam uma letra que não é pronunciada. Na linguagem coloquial é bem comum que o -e final não seja pronunciado, especialmente da primeira pessoa do presente dos verbos.

ich mache: ich mach' 
ich gehe: ich geh' 
ich tue: ich tu'

Primeira estrofe:
Heut' mach' ich gar nichts
keinen Finger krumm
Ich bleib' zu Haus
und liege hier einfach nur so rum

Hoje eu não vou fazer absolutamente nada
Não vou dobrar nenhum dedo
Eu vou ficar em casa
E vou ficar só deitado por aí

Comentários: 
Apesar de os verbos estarem no presente, a música também pode ser traduzida no futuro. É normal, mesmo em português, usar o presente para ações futuras: Amanhã eu faço isso. 

gar nichts: A palavra gar intensifica a negação. Nichts seria só "nada". Gar nichts é "nada mesmo", "absolutamente nada".
krumm: Quer dizer "torto". Ich mache keinen Finger krumm. Ao pé da letra: "Não vou entortar nenhum dedo".
zu Haus = zu Haus: já expliquei isso aqui.
rumliegen: O verbo liegen quer dizer "estar deitado". O prefixo rum- dá uma ideia de "por aí, por toda parte", ou seja, "jogado, espalhado".

Segunda estrofe:
Telefonieren wird nicht passieren
Das, was ich tu',
Kühlschrank auf und wieder zu

Telefonemas não vão ocorrer
O que eu faço
Abrir a geladeira e fechar outra vez

auf / zu: Os prefixos auf- und zu- podem ser ligados ao verbo machen para indicar abrir e fechar. Mas dá pra usar os prefixos sozinhos, sem o verbo machen. Por exemplo: Mund auf! Abra a boca! Der Supermarkt ist zu. O supermercado está fechado.

Terceira estrofe: 
Mir geht's gut, wo ich bin
Die Sonne scheint, Wolken zieh'n
Der perfekte Moment wird heut' verpennt

Eu estou bem onde estou
O sol está brilhando, nuvens passam
O momento perfeito... hoje vou deixar passar

verpennen: O verbo pennen é sinônimo de schlafen. O verbo verschlafen (ou seja verpennen) é usado no sentido de perder a hora ou perder um compromisso. Ou seja, vou ficar na minha cama e "perder" o momento perfeito do dia. Passo.


Refrão
Ich dreh' mich nochmal um
Dann deck' ich mich zu
Heut' steh' ich nicht auf
Ich wüsst' auch nicht wozu

Ich dreh' mich noch mal um
Weil ich das gern tu'
Ich hab' alles, was ich brauch'
Augen auf und wieder zu

Eu me viro mais uma vez
Então me cubro
Hoje não vou me levantar
Nem saberia para quê

Eu me viro mais uma vez
Porque gosto de fazer isso
Tenho tudo de que necessito
Abrir os olhos e fechar outra vez

sich umdrehen: é dar uma volta do próprio corpo, girar, rodar, como fazemos na cama quando mudamos de posição.
wozu: para que, com qual finalidade

Quarta estrofe
Stecker raus, keine Daten
Die Welt bleibt draußen und muss warten
Was ich heut' besorgen kann
fang ich nicht an

Tirar o plugue (da tomada), nenhum dado
O mundo vai ficar lá fora e vai ter que esperar
O que dá para fazer hoje
não vou começar

den Stecker (he)rausziehen: Essa seria a expressão completa para "tirar o plugue (da tomada)". Ele acabou dizendo apenas o substantivo e o prefixo.
Daten: Os "dados" aqui se referem aos dados divulgados pela internet. Desligar a Wi-Fi, TV, o carregador do celular. Nenhum dado vai ser transmitido hoje.
besorgen: tem o sentido de "providenciar, arranjar", muitas vezes no sentido de "comprar".

Quinta estrofe: 
Darin liegt ein tiefer Sinn
Dass ich heut' so träge bin
Es bleibt dabei
Ich mach' heut' frei

Tudo isso tem um sentido profundo
Que hoje eu esteja tão lerdo
Vai ficar assim
Hoje eu vou tirar folga

träge: Na primeira vez que ouvi, ouvi ele cantar "trage", mas me parece ser coisas do sotaque dele. Quer dizer também "inerte". 

20 de outubro de 2017

Palavras que confundem - Verbos com prefixos: machen

Muitos estudantes de alemão sentem uma dificuldade com verbos alemães por causa dos prefixos. Já fiz várias listas de verbos com prefixos.

Aqui alguns verbos:
lesen + prefixos: aqui
melden + prefixos: aqui
trinken + prefixos: aqui
schlafen + prefixos: aqui

Hoje vou fazer um texto sobre o verbo machen e seus prefixos. Como existem muitos verbos e muitos significados, resolvi escrever um texto completo. O verbo machen tem quase sempre o sentido de "fazer". Ele pode aparecer também em expressões, mas estas não vêm ao caso aqui. Vamos falar sobre a família do verbo machen. Lembre-se de que aqui só vou mencionar os principais significados de cada verbo e só vou citar os verbos mais usados.

1) abmachen
a) significa "retirar algo de algum lugar", por exemplo, retirar um cartaz da parede.
Ex.: "Ich habe gerade in unserem Kellerraum ein Poster abgemacht und dahinter saßen viele kleine helle Insekten" - Acabei de tirar um pôster (da parede) no nosso porão e atrás dele estavam muitos pequenos insetos amarelos.

Aqui no blog já expliquei sobre o significado de subtração ou retirada dos verbos com o prefixo AB-. Você poderá ler mais aqui.

b) significa também "combinar algo" (por exemplo, um encontro). Depois de combinar algo você poderá dizer "Abgemacht!", ou seja, "Combinado!"

2) anmachen
a) Significa "ligar, acender". É usado mais na linguagem coloquial. Há outros verbos com o mesmo significado (anschalten, einschalten [para aparelhos elétricos/eletrônicos]; anzünden [com fogo, sobretudo velas]).

Mach das Licht an! - Acenda a luz!

b) Significa "cantar (alguém), dar uma cantada", ou seja, abordar pessoas com o intuito de demonstrar interesse (sexual). A "cantada" é chamada em alemão de "(die) Anmache".

Ex.: "Ich bin ein paar Mal in meinem Leben von Frauen angemacht worden" - Eu recebi cantadas de mulheres algumas vezes na minha vida. (exemplo retirado daqui)

c) Significa "entusiasmar, estimular, motivar (alguém)". No Brasil, nessas situações usamos mais o verbo "achar + adjetivo" - achar algo legal, massa, maneiro, interessante etc.

Ex.: Mein Freund macht mich nicht an. ao pé da letra algo como "Meu namorado não me entusiasma", mas seria algo como "Eu não sinto nenhum tesão pelo meu namorado".
"Diese Musik macht mich an".  ao pé da letra "Esta música me entusiasma", mas seria algo como "Eu acho essa música massa/legal/interessante".

3) aufmachen

Significa "abrir" em muitos contextos. Um sinônimo seria "öffnen", em outros contextos "eröffnen".

den Mund, die Tür aufmachen - abrir a boca, a porta (sinônimo de öffnen)
Der Laden macht um 10 Uhr auf. - A loja abre às 10. (sinônimo de öffnen)
ein Konto aufmachen - abrir uma conta (sinônimo de eröffnen)

4) ausmachen

a) Na construção "Macht es dir (et)was aus,...?" quer dizer algo "Você se incomoda/se importa...?". Já falei sobre essa expressão aqui.

b) Também significar "combinar (algo)", por exemplo, um encontro.
Ex.: “Wollen wir Nummern austauschen? Dann können wir ja mal was ausmachen, wenn du Lust hast" Vamos trocar número? Assim podemos combinar algo se você estiver a fim.

c) Também significa "distinguir, diferenciar".
Was macht einen guten Sprachlerner aus? O que distingue um bom aprendiz de idiomas? (Quais são as características que o fazem ser bom?)

d) Também pode ser o contrário de anmachen (no sentido de einschalten), ou seja, ausschalten.
Mach die Lichter aus! Desligue/Apague as luzes.

5) gutmachen

Significa "compensar, reparar" algum prejuízo causado a algo/alguém. É bastante usado especialmente depois de se fazer alguma coisa errada.

Wie kann ich meinen Fehler wieder gutmachen? Como posso compensar/reparar o meu erro?

6) mitmachen

O prefixo "mit-" traz sempre a ideia de "junto". O verbo mitmachen quer dizer "participar de (algo)".

Wir sind alle in dem Verein. Wieso machst du nicht mit? Todos nós estamos na associação. Por que você não participa?

Da mache ich nicht mehr mit. (Gente,) tô fora. (Não contem mais comigo).

7) vormachen
a) Significa mostrar como se faz algo.

Kannst du es mir noch mal vormachen? Você pode me mostrar de novo como faz?

b) Significa (tentar) iludir. A construção em alemão é diferente. Normalmente "jemandem" (Dativ.) + etwas/nichts + vormachen.

Er lässt sich nichts vormachen. - Ele não se deixa iludir. 

Para ler mais sobre o prefixo vor- em geral, clique aqui.

8) zumachen
É o contrário de "aufmachen", ou seja, fechar.

Mach die Augen zu! Feche os olhos!

9) wegmachen
Tem o significado de "tirar, eliminar" algo. Diferente do "abmachen", que quer dizer apenas "retirar algo de um lugar", o "wegmachen" traz uma ideia mais forte de "eliminar, apagar", mas também pode ser sinônimo de "abmachen" em algumas situações. Outro sinônimo "entfernen".

"Ich würde gerne die blauen Flecken wegmachen" - Eu gostaria de tirar/eliminar as manchas azuis.

10) weitermachen
O prefixo weiter- tem o sentido de "continuar a".

Mach weiter! Continue (a fazer o que você está fazendo)!

Existem muitos outros verbos com machen, mas como disse antes, achei melhor me concentrar nos mais usados.

Sobre a diferença entre tun e machen, você pode ler mais aqui.

14 de outubro de 2017

Conjugação do Alemão IV: Konjunktiv I

Texto originalmente escrito em 2011 e atualizado em outubro de 2017

Primeiro as FORMAS:

O Konjunktiv I é o tempo mais fácil de conjugar de TODOS os tempos alemães, pois praticamente TODOS os verbos são regulares. As terminações são sempre regulares, não há nenhuma mudança louca na raiz verbal nem nada. Quem dera fosse sempre assim. O único verbo irregular é o verbo sein.

As terminações são:

ich: -E
du: -EST
er/sie/es: -E
wir: -EN
ihr: -ET
sie: -EN

Prestem atenção que TODAS as pessoas têm a letra -E, e a primeira pessoa é sempre igual à terceira, tanto no singular quanto no plural.

Ou seja, vou conjugar aqui três verbos, machen, wissen, können pra vocês verem como é fácil conjugar verbos neste tempo verbal.



MACHEN WISSEN KÖNNEN
ich
mache wisse könne
du
machest wissest könnest
er/sie/es
mache wisse könne
wir
machen wissen können
ihr
machet wisset könnet
sie
machen wissen können

Fácil, né?

Se a gente olhar bem, você vai ver que algumas formas coincidem com a do Präsens (presente).

Ich mache, por exemplo, é igual. Já "er mache" é diferente, pois no Presente seria "er macht".

Pois é... nos casos em que ficar igual ao Präsens, o mais comum é substituir pelo Konjunktiv II, mas não é errado conjugar do jeito que está.

É assim... Compare as duas conjugações, tudo o que está em vermelho, na hora de usar é Konjunktiv I, geralmente é substituído pelo Konj. II pra ficar claro que não é o PRESENTE. Não seria errado usar o presente, mas é só pra não restar dúvidas.


Konjunktiv I Präsens Konjunktiv II
ich mache mache würde machen
du machest machst -
er/sie/es mache macht -
wir machen machen würden machen
ihr machet macht -
sie machen machen würden machen

Como falei antes, o único totalmente irregular é o verbo SEIN:


Konjunktiv I
ich sei
du sei(e)st
er/sie/es sei
wir seien
ihr seiet
sie seien

Pra que serve o Konjunktiv I?

Em qualquer livro você encontra o fato de que o Konjunktiv I serve para representar o discurso indireto, ou seja, para recontar a fala de alguém.

Exemplo:

Rafael sagt: "Ich bin krank". (Rafael diz "Eu estou doente")

Aí você vem e diz: "Rafael sagte, er sei krank". "Rafael disse que está doente".

Na prática, as pessoas usam o Presente mesmo.

Rafael sagte, er IST krank.

O Konjunktiv é um tempo usada APENAS na linguagem escrita ou numa linguagem oral muito formal, como uma palestra numa faculdade.

Mas, na verdade, não é só pra representar linguagem indireta. O Konjunktiv I é usada para representar uma distância entre o falante e o que ele está dizendo. É muito usado por jornalistas exatamente para mostrar que o que eles estão escrevendo não é a opinião deles.



É mais ou menos assim, se um jornalista escreve.

Die Kanzlerin sagte in Warschau, sie rechne mit einer Lösung für Griechenlands Schuldenproblem.
(A chanceler disse na Varsóvia que ela contava com uma solução para o problema da dívida da Grécia).

Nessa frase já fica claro que foi a primeira-ministra (chanceler) que disse. Mas se na reportagem houver várias frases todas com o Konjunktiv I, o jornalista sinaliza que nada é opinião dele, ele só está relatando o que a outra pessoa disse. É uma maneira de demonstrar distanciamento ou imparcialidade.

Se, por exemplo, na frase seguinte viesse:

"Deutschland sei bereit zu helfen"
(A Alemanha está pronta para ajudar).

O uso do Konjunktiv I sinaliza que tudo isso ainda é a fala dela e não a opinião do jornalista.

Se um jornalista passa a usar o Präsens mesmo reproduzindo a fala de alguém, ele sinaliza de que a opinião da pessoa representa também a sua própria. Além de textos jornalísticos, estudantes que estejam escrevendo trabalhos científicos precisam também sempre sinalizar citações e opiniões de outras pessoas usando o Konjunktiv I (caso não se usem aspas).

No passado o Konjunktiv I só tem a forma com HABEN/SEIN + PARTICÍPIO para todos os tempos passados (Präteritum, Perfekt e Plusquamperfekt).

Maria sagt: "Paulo ging nach Hause"

Maria sagte, Paulo sei nach Hause gegangen.


Como eu disse antes, no dia-a-dia pouco se usa na fala para relatar o que outros disseram. Geralmente as pessoas usam os tempos do Indikativ mesmo.

Onde mais se usa o Konjunktiv I além do discurso indireto?

Não são muitos os casos onde se usa o Konjunktiv I, pelo menos não são casos muito representativos ou frequentes:

Por exemplo em algumas expressões:
Es lebe der König! (Viva o rei!)
Gott sei Dank! (Graças a Deus!)
Es sei denn... (A não ser que...)

3 de outubro de 2017

Como pronunciar as consoantes em alemão

Hoje farei um guia GERAL de todas as consoantes do alfabeto e no final darei dicas de como pronunciar muitas consoantes juntas. Lembre-se de que a pronúncia ensinada aqui é a pronúncia do alemão padrão. Talvez seu amigo alemão pronuncie diferente ou talvez você more numa região onde as pessoas falam dialeto e por isso ouça uma pronúncia diferente, mas neste texto ensinamos apenas a pronúncia padrão, sem marcas de dialetos regionais, mais próxima de como as pessoas falam no Norte da Alemanha.
Lembre-se de que este guia é geral e pode ajudar na maioria das palavras. Aqui e acolá podem se encontrar outros exemplos não abrangidos pelas explicações aqui.

B
A letra B em alemão se pronuncia igual ao português [b]. Mas em fim de palavra a letra B tem som de P [p].

Ball = [b]all 
leben = le[b]en 
ab = a[p] 
ob = o[p] 

Lembre-se de não colocar nenhum som de [i] no fim de palavras. Em português brasileiro, costuma-se ler "sob" como "sôbi". Em alemão não se deve acrescentar um [i].

C
Já fiz um tópico específico sobre a letra C. Em palavras de origem germânica, a letra C forma o dígrafo CK que tem som de [k] e também forma o dígrafo CH, que pode ter dois sons. (Representados por [x] ou [ç]). Quando não está nesses dígrafos, a letra C aparece em palavras de origem estrangeira. A pronúncia então varia de acordo com a língua de origem.

Sobre a pronúncia da letra C, clique aqui.
Sobre a pronúncia do CH, clique aqui.

D
A letra D em alemão se pronuncia igual ao português [d]. Mas tomem cuidado quando o D vier antes do fonema [i]. Em várias regiões brasileiras costuma-se ler "dia" com um som palatalizado (ou seja, "djia"). Isso não ocorre no alemão. A pronúncia é mais próxima ao "di" de Portugal ou de alguns estados do Nordeste brasileiro.

Ouça aqui o som do artigo die 

Duldung
Diva

Em fim de palavra a letra D tem som de T [t]. Não acrescentar som de [i] em fim de palavra. No Brasil se lê "red" (de Red Bull) como "hédji". Lembre-se de que o mesmo não ocorre em alemão.

Bad = Ba[t] 
lud = lu[t] 

F
A letra F em alemão se pronuncia igual ao português [f].

Lembre-se de não colocar nenhum som de [i] no fim de palavras. Em português brasileiro, costuma-se ler "BASF" como "básfi". Em alemão não se deve acrescentar um [i].

G
A letra G tem pronúncias diferentes dependendo da posição na palavra. Por isso há um vídeo-aula só sobre ela.



H
A letra H às vezes é pronunciada (como em inglês "house") e às vezes serve apenas como alongador de vogal.

Existe um texto só sobre a letra H que você pode ler aqui.

J
A letra J em alemão oficialmente tem um som consonantal, mas é quase sempre pronunciado como se fosse a semivogal [i] de "águia" ou "caio". Foneticamente é representado pelo símbolo [j].

ja

Quando a palavra for de origem estrangeira, a pronúncia da letra J normalmente é a da língua de origem.
Journalist (do francês, portanto igual ao português)
Job (do inglês, portanto som de "dj")


K
A letra K tem um som quase idêntico ao português com uma pequena variação. O K alemão é muito mais aspirado do que o do português. Isso quer dizer que ao pronunciá-lo, você deve soltar um pouco de ar. Faça o teste colocando uma folha de papel na frente da sua boca, como no vídeo.



Lembre-se de não colocar nenhum som de [i] no fim de palavras. Em português brasileiro, costuma-se ler "Mac" como "méki". Em alemão não se deve acrescentar um [i].

L
A letra L antes de vogal tem o mesmo som do português.
Antes de consoante ou em fim de palavra tem o mesmo som do L do espanhol. Em português brasileiro, costuma-se ler o L do fim de palavra com som de [u]. Lembre-se de que alemão o L final tem som de [l] como na língua espanhola.

mal - ma[l] - 
leben - [l]eben 

M
A letra M tem o mesmo som do português da palavra "meu". A grande diferença do alemão pro português é que em português ela também serve para nasalizar as vogais anteriores, o que não ocorre em alemão. Além disso, ela também é pronunciada com o mesmo som de [m] em fim de palavra, o que não ocorre em português. Por exemplo, em português temos palavras como "fim", "som", "sem", "um". Nelas, o "m" está lá apenas para indicar a nasalização, mas não é pronunciado. Em alemão, o "m" sempre é pronunciado e não se nasaliza a vogal anterior.

dem - de[m] - 
Lahm - Lah[m] - 
Mutter - [m]utter - 

N
A letra N tem o mesmo som do português da palavra "nu". A grande diferença do alemão pro português é que em português ela também serve para nasalizar as vogais anteriores, o que não ocorre em alemão. Além disso, ela também é pronunciada com o mesmo som de [n] em fim de palavra, o que não ocorre em português. Por exemplo, em português temos palavras como "hífen", "glúten", "elétron", "abdômen". Nelas, o "n" está lá apenas para indicar a nasalização, mas não é pronunciado. Em alemão, o "n" sempre é pronunciado e não se nasaliza a vogal anterior.

den  -
Polen - 
nein - 

Já fiz um tópico só sobre pronúncia nasal, válido para o M e N, clique aqui.

P
A letra P tem um som quase idêntico ao português com uma pequena variação. O P alemão é muito mais aspirado do que o do português. Isso quer dizer que ao pronunciá-lo, você deve soltar um pouco de ar. Faça o teste colocando uma folha de papel na frente da sua boca, como no vídeo (veja o vídeo na letra K)

Lembre-se de não colocar nenhum som de [i] no fim de palavras. Em português brasileiro, costuma-se ler "app" como "éppi". Em alemão não se deve acrescentar um [i].

Q
A letra Q em alemão sempre aparece seguida da letra U. Em alemão padrão, o encontro QU tem sempre o som de [kv].

Quatsch - [kv]atsch  Eu sei que muita gente jura ouvir um som de "kuátsch", mas se você ouvir bem, tem som de [kv]. Lembre-se de que estamos falando da pronúncia padrão.

Quatsch
quer
quasi

R
O R alemão é um pouquinho complicado de explicar em poucas palavras. Por isso há um tópico com vários áudios só sobre ele.

Sobre aquele R na garganta, leia aqui.
Sobre o R vocálico, leia aqui.

S / ß
Na pronúncia padrão, o S inicial de palavras é lido com som de [z]. Também é lido como [z] quando ele vier sozinho entre vogais.

Sie - 
sagen - 
Musik - 

Quando forem dois SS ou a letra ß, ou quando o S vier em fim de palavra ou sílaba, lê-se com som de [s].

müssen - 
Bus - 
heißen - 

Quando a raiz da palavra começar com SP ou ST, lê-se com um som chiado [ʃ], como o X de Xuxa.
Sport - 
Stern - 
sprechen - 


T
A letra T tem um som quase idêntico ao português com uma pequena variação. O P alemão é muito mais aspirado do que o do português. Isso quer dizer que ao pronunciá-lo, você deve soltar um pouco de ar. Faça o teste colocando uma folha de papel na frente da sua boca, como no vídeo (veja o vídeo na letra K)

Cabe lembrar que o encontro TI não é pronunciado em muitas regiões do Brasil, onde se lê "tchi". Ele tem o mesmo som aspirado com toda e qualquer vogal.

Tier - 
Tüte - 
statt - 

Lembre-se de não colocar nenhum som de [i] no fim de palavras. Em português brasileiro, costuma-se ler "internet" como "internétchi". Em alemão não se deve acrescentar um [i].

V
A letra V alemã pode ter tanto som de [f] quanto som de [v]. Não há como saber 100%, mas via de regra, palavras de origem germânica têm som de [f] e palavras de origem estrangeira têm som de [v].

Palavras de origem estrangeira com som de [v]
Verb  - [v]erb (lembre-se do B com som de [p]) - 
Vision - 
Visum - 

Palavras de origem germânica com som de [f]
viel -  [f]iel - 
voll - 
Vater - 

Quando a letra V estiver em fim de palavra (especialmente em palavras de origem estrangeira que terminam em -iv), lê-se também como [f]. Ex.: aktiv, Motiv. Mas quando são seguidas de vogal, lê-se com som de [v]. Ex.: aktive, aktivieren, Motive, Motivation

W
A letra W em alemão é lida com som de [v].

Wasser - 
wohnen - 

Mesmo em palavras de origem inglesa, alemães têm dificuldade de pronunciar como ditongo e acabam pronunciado com som de [v]. Windows lido como [v]indows , Word lido como [v]or[t].

Obs.: Em Berlim há algumas ruas que terminam em -w, sendo a mais famosa "Bülowstraße". Neste caso, o W não deve ser lido. Nomes próprios nem sempre seguem as regras da língua em si.
Escute aqui:

X
A letra X em alemão tem som de [ks] como na palavra "táxi".

Xylophon
Mexiko
Y
Apesar de a letra Y ser considerada consoante, vou explicar a pronúncia dela melhor num futuro tópico sobre as vogais.

Z
A letra Z em alemão tem som de [ts] como na palavra "pizza".
Zaun
zehn


Encontros consonantais comuns em palavras alemãs

CH 
Já fiz um texto completo explicando a pronúncia do CH em alemão. É só clicar aqui.

SCH 
O trígrafo SCH tem sempre o som do X em Xuxa ou do CH em chuva. O fato de o alemão escrever três letras para um único som acaba tornando as palavras mais longas.

mischen - 
Schule - 
politisch - 

NG
O dígrafo NG representa um único som nasal que não existe em português. Explicando em palavras: é como se você quase pronunciasse o G, mas não o fizesse.

Gesang - (escute bem que o G no fim da palavra não é lido) 

bringen - escute bem, se o G fosse realmente pronunciado, seria bem mais duro. 


Bolsas de Pós-Graduação na Alemanha: Diversas Áreas


Isso é arte ou posso jogar fora?
O DAAD está oferecendo bolsas de estudos para pós-graduação em diversas áreas do meio da arte, bem como bolsas de mestrado e doutorado em "Gestão Sustentável da Água" (mais abaixo).

1) Arquitetura e Artes
A seleção da área de arquitetura já passou. Mas ainda há seleções em outras áreas.

As inscrições serão feitas on-line (links abaixo).

Requisitos:
- Estudantes que estejam no último ano da graduação, matriculados em uma universidade brasileira.
- Estudantes recém-formados com título de bacharelado ou mestrado. A última formação não pode ter sido realizada há mais de 6 (seis) anos, contando da data de inscrição.
- No momento da inscrição, os candidatos não devem estar residindo há mais de 15 meses na Alemanha
- O material artístico apresentado para a seleção não pode ter sido produzido há mais de um ano.
- Excelente habilidade artística comprovada por portfólio.

As áreas contempladas são:
1) Música (Clique aqui para se inscrever) - até 31 de outubro. 
2) Artes Plásticas, Design, Cinema e Comunicação Visual (Clique aqui para se inscrever) - até 31 de outubro.
3) Artes Cênicas (Teatro e Dança) (Clique aqui para se inscrever) - até 30 de novembro.
4) Arquitetura (A inscrição já passou)

Quase esqueço. Quer saber mais sobre como concorrer a estas bolsas e ver a lista de documentos em português? Clique aqui. Não nos envie perguntas sobre esta bolsa. Todas as informações sobre as inscrições foram retiradas no link indicado. Estamos apenas divulgando.

2) Água e Sustentabilidade
O DAAD também oferece bolsas para estrangeiros que queiram fazer um mestrado ou doutorado na área de Gestão Sustentável da Água. Os candidatos devem comprovar conhecimentos de inglês (TOEFL ou IELTS). Conhecimento de alemão é opcional e um curso de alemão preparatório também faz parte do programa. O mestrado deve ser feito obrigatoriamente numa destas cinco cidades: Dresden, Colônia, Stuttgart, Hannover ou Duisburg-Essen e o candidato deve contactar a universidade onde pretende estudar como parte do processo de seleção.

A lista das universidade e a documentação exigida para este programa de bolsas, você pode ler aqui. O prazo para inscrição também é o dia 31 de outubro deste ano. Todas as informações sobre as inscrições foram retiradas no link indicado. Estamos apenas divulgando.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...