PESQUISAR NO GOOGLE

Faça sua busca aqui:
Pesquisa personalizada

PESQUISAR NO BLOG

21 de março de 2015

Concordância verbal: Pronomes Pessoais


Para quem não entendeu a pergunta da Susana é simples, mas interessante.

Se eu tiver dois sujeitos de pessoas diferentes (por exemplo, Sarah é da 3ª pessoa do singular enquanto du é da 2ª pessoa) como se faz a concordância verbal?

Essa pergunta também sempre me intrigou no início do meu aprendizado, pois ela quase nunca é mencionada nos livros de alemão para estrangeiros.

Vamos só lembrar rapidinho as regras do português.
No português, o sujeito composto concorda com a pessoa que de menor número (primeira, segunda ou terceira) e vai sempre para o plural.

Ou seja:

1ª e 2ª pessoas - o verbo vai para a primeira pessoa do plural. (é sempre o número menor: 1 é menor que 2, por isso vai para a primeira pessoa)

Tu e eu estudamos alemão. Eu e tu estudamos alemão

1ª e 3ª pessoas - o verbo também vai para a primeira pessoa do plural (pois o 1 é menor que 3)

Ele e eu estudamos alemão. Eu e ele estudamos alemão

2ª e 3ª pessoas - o verbo vai para a segunda pessoa do plural (2 é menor que 3).

Tu e ele estudais alemão. Ele e tu estudais alemão. 

P.S. Lembre-se de que no dia-a-dia a conjugação da segunda pessoa do plural (vós) foi substituída tanto no Brasil quanto em Portugal pela conjugação do pronome vocês. Mas você e vocês são gramaticalmente pronomes de terceira pessoa, apesar de terem o significado de segunda pessoa. Sendo assim, como ambos são de terceira pessoa, o verbo vai pra terceira pessoa. A língua é viva, a forma "vós" pode ser linda nas gramáticas e em textos antigos, mas hoje em dia se ouve e se lê:

Você e ele estudam alemão. 

1ª, 2ª e 3ª pessoas - o verbo vai para a primeira pessoa do plural.

Eu, tu e ele estudamos alemão.


Em alemão, a primeira e terceira pessoa do plural dos verbos é sempre igual. (wir lernen, sie lernen). A única conjugação diferente no plural é da segunda pessoa ihr (ihr lernt).

A regra do alemão é a MESMA do português. Com sujeito composto, a concordância ocorre no plural sempre na pessoa de menor número.

Você e eu estudamos alemão - Du und ich lernen Deutsch.  (wir lernen)
Ele e eu estudamos alemão. - Er und ich lernen Deutsch. (wir lernen)
Você e ele estudam alemão. - Du und er lernt Deutsch. (ihr lernt)

Bem, isso é o que a gramática diz. Mas na prática essas formas são evitadas pois elas soam um pouco estranho. No dia-a-dia os alemães costumam separar esse sujeito composto por vírgula, quase como se fosse um aposto, depois acrescentam o sujeito simples.

Em vez de dizer: "Sarah und du geht nach Hause", o alemão apontaria para a Sarah, depois apontaria para a pessoa com quem ele está falando e diria "Sarah und du, ihr geht nach Hause".

Mais um exemplo. Você quer perguntar para um amigo "Você e sua mulher podem vir pra minha casa hoje à noite?"

Em vez de perguntar Kommt du und deine Frau heute Abend zu mir? - apesar de estar correto, soa um pouco estranho.

Você poderia dizer: Du und deine Frau, kommt ihr denn heute Abend zu mir? ou então "Kommt ihr, also du und deine Frau, heute Abend zu mir?

É claro que daria pra variar como "Kommst du heute Abend zu mir? Bringst du deine Frau mit?" e outras dezenas de variações pra perguntar o mesmo. A moral da história é: no quesito concordância, o melhor é evitar concordâncias com sujeitos compostos e tentar usar um sujeito simples.

Há algumas outras regras sobre concordância verbal que ficarão para uma próxima oportunidade. 

3 comentários:

  1. Havia até me esquecido da regra do portugues. Obrigada.

    ResponderExcluir
  2. Penso que tem mais lógica explicar assim:

    eu e tu somos nós (conjuga-se com nós).
    tu e ele sóis vós (conjuga-se com vós).

    nas restantes linguas latinas e no inglês é igual e no alemão deverá ser o mesmo

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...