PESQUISAR NO GOOGLE

Faça sua busca aqui:
Pesquisa personalizada

PESQUISAR NO BLOG

22 de abril de 2013

Regras do blog - dicas para enviar perguntas

Olá amigos,

A ideia inicial do blog era ter um espaço onde falantes de português que estuda/ra/m ou falam alemão pudessem tirar suas dúvidas de uma forma que muitas vezes não é encontrada nos livros. Como os livros quase nunca são feitos pensando nos brasileiros, muitas dúvidas e dificuldades passam em branco. E o objetivo das perguntas é esse: fazer perguntas que vocês têm durante a aprendizagem, não perguntas soltas, como se o blog fosse um curso.Vocês DEVEM ter outras fontes pra aprender alemão e usar o blog apenas como ferramenta pra complementar os estudos. 

Como recebo muitas perguntas, gostaria de dar algumas dicas, uma espécie de MANUALzinho antes de você enviar a sua:

1 - Dá um busca no blog para saber se sua pergunta já foi respondida. O blog não tem todos os assuntos ainda, mas eu geralmente costumo abordar dificuldades bem comuns. Aos poucos mais e mais assuntos vão sendo abordados. Dá pra procurar lá no alto da página no sistema de BUSCA do blog ou você pode checar nos temas à sua esquerda/direita. As perguntas mais básicas quase sempre já foram respondidas. Recebo toda semana DEZENAS (nem exagero) de perguntas já respondidas no blog.

2 - Faça perguntas SEMPRE específicas. Perguntas do tipo: "Me explica os verbos modais" não posso responder, pois eu teria que escrever dezenas e dezenas de páginas.

Em vez disso, mande com exemplos de onde está a dificuldade. Assim, ó:

"Oi, estava resolvendo um exercício e fiquei na dúvida sobre dizer "Ich DARF" ou "Ich KANN". A frase era assim :"bla bla bla bla". A resposta do livro era "dürfen", mas fiquei sem entender o porquê".
ou

Em vez de perguntar "Me fala sobre as preposições", escreva:

"Oi, eu queria dizer "A partir do mês de abril" e descobri que a preposição que se usa é "AB", mas no meu livro tem dizendo que dá pra usar com dativo e acusativo. Qual o que eu uso?"

em vez de dizer "Quando é que uso IN?" escreva:
"Oi, um dia desses vi escrito "in die Straße" num texto. A frase era assim "blá blá blá". Pq não foi AUF die Straße? Achei que nesse caso se usasse AUF."

As perguntas em vermelho infelizmente eu não respondo. Não é por má vontade, mas é pq a gente fica sem saber onde tá a dúvida da pessoa. Se você formular a pergunta de forma específica (como em azul), contando uma dificuldade ou uma curiosidade sua, é beeeem provável que ela seja respondida. Se for uma pergunta que eu possa responder rapidamente, é provável que a resposta saia assim que eu ler a pergunta.

Tente fazer perguntas cuja resposta você não encontra no seu livro ou no seu curso. Use o blog como complemento aos seus estudos, não como única fonte de informação.

Se mesmo assim sua pergunta não for respondida, galera, paciência, eu faço o blog na boa vontade. Às vezes a pergunta requer mais tempo, pois eu detesto dar respostas incompletas. Aí, vou deixando a pergunta pra depois. Ok, crionças? .-) Sem estresse! :-)


3 - Se um dia sua pergunta ficar no esquecimento, desculpa, não é por mal, nem ache que é algo pessoal. Como falei antes, eu faço blog na boa vontade. Às vezes eu deixo pra responder depois e acabo esquecendo. Se isso acontecer, pode enviar uma outra mensagem e eu dou um jeitinho de dar pelo menos um feedback. Isso vale também para as perguntas do Facebook. Mas nada de ficar com raiva ou achar que eu tenho a "obrigação" de responder. O blog não é uma prestação de serviços gratuitos, que fique bem claro.

Se a paciência faltar, poste a pergunta na página do Facebook (no local adequado) e pode ser que algum outro leitor do blog responda.

4 - No Facebook: mantenha os tópicos organizados. Não faça perguntas que não tenham a ver com os temas. Qualquer pergunta solta pode ser feita através de mensagem, e-mail ou postagem no próprio facebook. Eu não quero sair apagando comentários fora do lugar, mas peço que vocês colaborem em não postar coisas que não têm a ver com os tópicos.

Outra coisa: acho uma profunda falta de respeito de alguns usuários do Facebook em fazerem perguntas, terem a pergunta respondida e simplesmente apagarem a pergunta, muitas vezes apagando assim a resposta que eu tive o trabalho de escrever ou deixando a resposta fora de contexto. Gente, tenham consideração pela pessoa que se deu ao trabalho de responder. Pensem antes de postar.

5 - Não peça traduções, sob hipótese nenhuma! Nem aqui nem no Facebook! Serão todas ignoradas e se for no Facebook eu vou pedir encarecidamente que você apague a postagem, às vezes eu mesmo apagarei a mensagem! Nem de frases, nem de parágrafos, nem de canções, nem de texto nenhum... nem mesmo aquela frase em alemão que você quer tatuar no seu corpo... nem mesmo que seja só uma palavrinha...

Se quiser saber palavras soltas, consulte um dicionário. Um bom dicionário online (que eu uso sempre) é o Pauker.at.

6 - Não usem os comentários do Facebook na nossa página para postar links de download ilegal de livros.

Existem diversos lugares (nesses casos, vocês mesmos devem ir atrás disso, se se interessarem) para baixar livros, música, filmes etc. ilegalmente. Além do mais, não quero dizer que nunca baixei um livro, mas se um dia eu escrevesse um livro, tenho certeza de que este estaria sendo disponibilizado gratuitamente por aí.

Às vezes você encontra boa parte de um livro disponível para visualização no Google Books. Às vezes no site da Amazon dá pra ver também algumas páginas do livro para se ter uma ideia se o livro é bom ou não antes de comprar.

Mas infelizmente não posso aceitar divulgação de links nem aqui nem no Facebook, pois não quero me responsabilizar por seu conteúdo, nem quero que a página seja apagada por conta disso. Por favor, compreendam.  Usem outros meios para terem acesso a links ilegais.

Informação adicional:
7- Eu uso pouco o Twitter, mas se vocês me enviarem mensagens pelo twitter, eu recebo e geralmente respondo. O perfil do blog no skype eu não tenho mais usado, mas uma vez a cada 1.000 anos eu apareço lá no skype. A comunidade do Orkut também não. Use o Facebook, o e-mail ou o Twitter para enviar perguntas. Não adicione meu perfil pessoal no Facebook, pois só adiciono conhecidos. Eu tenho um perfil extra do blog no Facebook, caso alguém queira me ter entre os contatos.

8 - Lembrem-se de que o blog é um BLOG PESSOAL. Não sou jornalista, nem trabalho para um jornal. Portanto, alguns comentários meus escritos no blog expressam minha opinião. Se você não concordar com ela, tem o direito de se manifestar, mas não me combrem sempre imparcialidade nas postagens.

9 - Se você gostar do blog e acha que é um trabalho bem feito, acessado por diversas pessoas no mundo todo, que tal fazer uma doação? (Como fazer uma doação para o blog: clique aqui).

IMPORTANTE! O blog não é feito por um time de pessoas. É feito só por uma pessoa... (que também trabalha, sai com amigos, dorme, come etc...portanto, muuuuuita paciência se a resposta demorar :-)

Por fim, desculpe-me se qualquer resposta ou comentário parecer grosseiro. Não é minha intenção. Mas eu também sou humano e posso, muitas vezes, "überreagieren". Eu tento sempre ser muito paciente e tolerante com comentários e perguntas.

Abraços a todos e obrigado por sempre lerem e seguirem o blog.

11 comentários:

  1. Mas Jurupingo, como eu te mando a pergunta??? tntei mandar por facebok, mas não consegui............................

    ResponderExcluir
  2. Ficamos agradecidos pela sua atenção!!!

    Sua ajuda tem sido muito valiosa pra gente.


    Muito obrigado.

    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  3. Nossa... vc contribui grandiosamente para o nosso aprendizado. Agradecimentos gigantes!

    ResponderExcluir
  4. Ola, Herr Fabio. Gostei muitissimo do Blog, pelo conteudo, forma de abordagem dos temas, facilidade de explanacao e ate mesmo do layout. Gostei da sua historia de vida, da sua didatica, do seu conhecimento do idioma alemao e facilidade de ensinar e fiquei muito impressionado ao notar que, a despeito de conhecer tao bem outro idioma, ainda domina com profundo conhecimento a gramatica portuguesa brasileira. Tenho visitado diversas paginas dedicadas a pessoas interessadas em aprender o idioma ou aprofundar o conhecimento, mas ainda nao havia visto nada que se compare a excelencia do seu Blog. Parabens!

    ResponderExcluir
  5. Ola, Herr Fabio. Gostei muitissimo do Blog, pelo conteudo, forma de abordagem dos temas, facilidade de explanacao e ate mesmo do layout. Gostei da sua historia de vida, da sua didatica, do seu conhecimento do idioma alemao e facilidade de ensinar e fiquei muito impressionado ao notar que, a despeito de conhecer tao bem outro idioma, ainda domina com profundo conhecimento a gramatica portuguesa brasileira. Tenho visitado diversas paginas dedicadas a pessoas interessadas em aprender o idioma ou aprofundar o conhecimento, mas ainda nao havia visto nada que se compare a excelencia do seu Blog. Parabens! Luferfe

    ResponderExcluir
  6. Olá Fabio!
    Estava estudando hoje o tema "ES" e apareceu a dúvida:
    festen lexikalischen Verbindungen (expressoes que tenho que aprender juntas??):

    Wie geht es dir? (Como vai você?) - ok, perfeito entendi!
    ES IST wichtig zu sprechen ... (É importante para falar)- por que o ZU?
    Es geht UM... (qual o significado em português?)
    Es handelt sich um ... (???)

    Tento entender as frases fazendo (in)felizmente a tradicao em português e muitas vezes nao consigo.. poderia me ajudar?

    Abracos muito bom trabalho!!!
    Amo este blog!!

    ResponderExcluir
  7. hehehe....claro que o meu amigo fabio pode explicar com mais riquezas de detalhes...mas no 2º ex, trata-se de uma situação de Infinitiv....a expressão "es ist wichtig" dentre (es ist schön, es ist wichtig, es ist nötig, etc) outra é uma expressão que automaticamente pede o "zu"...que é utilizado para indicar que o verbo da frase está no Infinitivo....claro que tem exceções como os modais, o "lassen" e o "gehen"....mesmo em portugues vc trabalha com o infinitivo: é importanta falar....a diferença é que no alemão acrescentamos o "zu"...já nos dois outros exs..."es geht um" e es handelt sich um" dão ideia de "trata-se de"... o uso da preposição "um " é obrigatorio para termos esse significado das expressões, assim com existem verbos preposicionados, existem tb expressões verbais...como no caso "es geht um" como "es handelt sich um" que funcionam com preposições....a questão é o aparecimento desse "es" nos 3 ultimos exs....bem, como não tem frase em alemão sem sujeito...esse "es " é marca de impessoalidade, digamos é o tapa buraco do sujeito inexistente

    ResponderExcluir
  8. Prezados, boa noite! Resido em Munique e, atualmente, estou cursando o B2. Participava tb de um Konversationsgruppe, porém, devido à ausência dos membros, o mesmo foi dissolvido.
    Desta forma, gostaria de saber se alguém conhece algum grupo de conversação (de alemão, é claro) em Munique, pois sempre tenho interesse em participar destas atividades.
    Fico no aguardo e agradeço desde já.
    Gustavo

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Sou fã do seu blog; você é o melhor professor de alemão que já vi na vida!
    Minha duvida é a seguinte: qual é a diferença entre wechseln e tauschen? Já me disseram que no caso de wechseln é a troca por uma coisa da mesma espécie, tipo dinheiro. Mas e quando você vai trocar uma roupa na loja por outra igual, só que com outro número, não se usa tauschen? Não consegui entender a lógica. Muito obrigada!!

    ResponderExcluir
  10. Boa tarde a todos.
    POR FAVOR, nesta PRIMEIRA VEZ, respondam-me no meu E-Mail: roberto7lembo5@gmail.com - Colocando no assunto: QUERO APRENDER ALEMÃO.
    Isto porque já COMENTEI e não mais encontro o comentário.

    O que eu desejo é tirar dúvidas, mas,
    já naveguei muito pelo site e não encontro um local (um ONDE (wo) perguntar).

    Ou o próprio FABIO, ou alguém, poderiam me ajudar?

    Na ignorância, postei pergunta no local do comentário, mas não encontro mais.
    Já aprendí muito com as perguntas do demais. mas preciso fazer a minha, que ainda não foi feita.

    Há um tópico na lista à esquerda, em vermelho: FAÇA A SUA PERGUNTA AQUÍ, onde o Fabio sempre olha, como êle diz, onde explica COMO PERGUNTAR.

    Só que não há o “ONDE” (ou eu sou muito bobo que não encontro) postar a pergunta.

    Se me explicarem poderei participar.

    Muito obrigado.
    Roberto Lembo
    Brasil - SP/SP –
    Tel. (11) 5012-3404

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...