PESQUISAR NO GOOGLE

Faça sua busca aqui:
Pesquisa personalizada

PESQUISAR NO BLOG

25 de abril de 2013

Vida na Alemanha: Fazendo compras no supermercado

Fazer compras no supermercado é superdivertido...#sóquenão!!!

Algumas informações úteis podem ajudar brasileiros de primeira viagem:

1) Há supermercados considerados um pouco mais caros: como Edeka ou Rewe. Nestes há uma grande variedade de produtos e marcas e você poderá, em geral, encontrar produtos das suas marcas favoritas além de produtos da própria marca do supermercado por um preço mais em conta. Há outros supermercados considerados "baratos" (como o Aldi, Penny, Lidl). Neles os produtos são mais baratos... isso não quer dizer que os produtos sejam ruins (mas, às vezes, são ruins no sabor... eu detesto o pão do Aldi, por exemplo hehehe mas isso é algo subjetivo). Só que muitas vezes você não vai encontrar produtos de grandes marcas. Às vezes as marcas dos produtos que são vendidos lá só se encontram pra vender nesses supermercados, de forma que se você for na casa de um amigo você já saberá onde ele faz compras apenas baseado na caixa de suco ou de leite que ele colocar na mesa. Além disso, pessoas que moram só (como eu!) têm dificuldade de encontrar certos produtos alimentícios em quantidades menores, pois a maioria que compra em supermercados tipo Aldi faz compras para a família... O Lidl ou o Netto (que era chamado de Plus) ficam meio a meio entre produtos de marca e produtos de marcas "genéricas".

2) Em todos os supermercados você poderá devolver suas garrafas plásticas ou de vidro para as quais você pagou Pfand (já expliquei isso aqui no blog). Mas tem que lembrar que tem certas garrafas que só são aceitas nos supermercados onde são vendidas. É só procurar uma maquininha pra devolver suas garrafas. Quando não houver máquina, as garrafas podem ser devolvidas no caixa e todo estabelecimento que cobra Pfand de bebidas tem a obrigação de aceitar a devolução das garrafas.

3) Todo supermercado alemão tem carrinhos e para usá-los é geralmente necessário que se coloque uma moeda de 1 ou 2 Euros ou alguma moedinha de plástico que os alemães chamam de chip. Sem isso, não tem como usar o carrinho. Isso também força o cliente a devolver o carrinho lá de onde ele tirou. Em outro caso não receberá o seu euro de volta, tornando desnecessário que um funcionário leve os carrinhos de volta ao seu lugar.

4) Quase nenhum supermercado tem cestinhas. Ou tinha. Quando cheguei aqui nenhum tinha, mas já faz um tempo que o Rewe e o Lild oferecem cestinhas aos clientes. Mas no Aldi, por exemplo, não tem. Isto significa que os alemães saem levando as compras na mão mesmo. Em outros casos, eles pegam alguma caixa de produtos das prateleiras e saem colocando as compras na caixa de papelão. Em alguns lugares é comum que o cliente traga uma sacola de casa, vá colocando as compras na sacola e depois esvazie a sacola no caixa (no Brasil, já pensariam que a pessoa iria sair sem pagar). Ou seja, é a coisa mais normal do mundo carregar as compras na mão. (E nenhum funcionário do supermercado vem te perguntar se você está precisando de uma cestinha).

5) Muitos supermercados têm uma "borboleta" ou porta para entrar e outra para sair. Ou seja, depois de entrar só tem como sair passando pelo caixa. Isto significa que, se você não comprar nada e quiser sair tem que pedir licença aos clientes na fila do caixa para passar e poder sair.

6) As sacolas de TODOS os supermercados são pagas. Se não quiser pagar, traga sua mochila, bolsa, caixa etc. de casa. A única sacolinha que não é paga é aquela usada pra pesar as frutas. Se você comprar bem pouco e tiver esquecido a sacolinha, dá pra usar essas sem pagar :-) Os alemães já saem de casa com suas sacolas de pano ou trazem mochila/caixa de casa.

7) Com exceção dos hipermercados (que também existem na Alemanha, apesar de mais raros), os supermercados alemães têm poucos caixas. Ou seja, dependendo do horário e do dia, as filas são grandes. Mas os caixas são RÁPIDOS, extremamente rápidos. No Aldi não há muito espaço no caixa para se botar as compras, ou seja, você tem que ser rápido para empacotar e pagar, porque os outros clientes já estão esperando a vez. Eles geralmente demonstram uma certa irritação caso você demore muito para pagar e guardar suas compras.

Quer ter uma ideia da rapidez? No Aldi é mais ou menos assim:


8) Num supermercado é possível fazer compras sem falar absolutamente nada de alemão. Mas o mínimo de conversa que acontece no caixa, é da seguinte maneira. Geralmente ao passar as compras o caixa vai te dizer o preço total em voz alta: "Siebzehn Euro achtundzwanzig", por exemplo. (€ 17,28).

Se você pagar com cartão, basta mostrar o cartão e esperar que ela diga que você pode inserir o cartão. Se for em dinheiro é só dar o dinheiro. Algumas vezes você paga com senha do cartão e em outras você tem que assinar. No geral, eles pedem o seu cartão pra conferir a assinatura.

Se pagar em dinheiro e houver troco, o valor do troco é também dito em voz alta.
Todo esse diálogo é sempre terminado com "danke" (obrigado), "bitte" (pois não, aqui está).

Em alguns supermercados ele perguntam se você vai querer levar pra casa o cupom fiscal. Eles usam várias palavras para dizer cupom fiscal: às vezes chamam de "Bon", às vezes de "Kassenzettel", às vezes de "Kassenbon"... Então, se ouvir a pergunta: "Möchen Sie den Bon?" (O sr./A sra. quer o cupom fiscal?) é só dizer um "Ja, bitte" ou "Nein, danke".

9) Os horários de funcionamento dos supermercados variam de lugar pra lugar. Tem uns que fecham às 20:00, outros às 22.00 e alguns poucos já funcionam até 24:00, mas nunca vi um supermercado 24h na Alemanha. Se o supermercado fecha às 22:00 e você ainda está lá fazendo compras às 21:57, não se assuste se um funcionário do supermercado vier até você e pedir pra você se dirigir ao caixa, pois eles querem fechar. Esta cena, quase impensável no Brasil, é a coisa mais comum aqui. Os funcionários querem ir ter a "Feierabend" (fim de expediente) e não têm problema nenhum em avisar aos clientes que o horário de compras já terminou.

Como foi a sua experiência em supermercados alemães?

53 comentários:

  1. "Muitos supermercados têm uma "borboleta" ou porta para entrar e outra para sair. Ou seja, depois de entrar só tem como sair passando pelo caixa. Isto significa que, se você não comprar nada e quiser sair tem que pedir licença aos clientes na fila do caixa para passar e poder sair." Acredite, aqui no Brasil já tem isso... ¬¬'
    "As sacolas de TODOS os supermercados são pagas." Aqui não são todos, ainda...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu passei férias no Brasil recentemente e visitei cidades em três regiões: Nordeste, Sul e Sudeste.. não vi NENHUM supermercado onde as sacolas sejam pagas. Vi reportagens que havia sido implementado em algumas cidades, mas não nas que eu fui. :-)

      Excluir
    2. Também não vi essa prática em nenhum supermercado, embora tenha visto várias reportagens...rs

      Excluir
    3. Exatamente, fui entrar em um supermercado aqui e só tinha encontrado a porta de entrada, fiquei rodando, rodando e nada, e não tinha comprado absolutamente nada. Entrei na fila e fui passando. Agora aprendi. \o

      Excluir
    4. ja vi essa prática em BH-MG. Ao menos quando estive lá em 2011. Não sei se mudou, também não sei se é em todos os supermercados, mas comprei em um que vendia.

      Excluir
    5. boas as dicas, só lembrar ao pessoal do Brasil que pagamos as sacolas já na compra, nao vem especificado mas esta no custo do produto, tanto que tem supermercado que dá desconto se vc levar sua sacola (Ex: BIG)

      Excluir
  2. Eu fui contar as moedas para pagar um caixa de mercado em München e a caixa pediu "Bitte" retirou as moedas de minha mão tão rápido que eu nem vi quantas moedas ela pegou, e já me deu o Bon na hora.
    Eu me acho rápido, lá me senti uma lesma! rss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, eles fazem isso. Fizeram isso comigo no Aldi, aqui em Bonn. Estava contando as moedas, e a moça do caixa me pediu (pra não dizer mandou hehe) que eu colocasse todas as moedas sobre o caixa, e ela contou muito rápido, nossa, me senti uma lesma tbm! Agora aprendi, simplesmente largo as moedas em cima do caixa para eles contarem! hehe

      Excluir
  3. Nossa! É EXATAMENTE o que acontece! E eu achando que só eu tinha percebido a pressão psicológica que você passa no caixa pra empacotar suas coisas...
    Vale lembrar que alguns supermercados oferecem Kundenkarte e perguntam se você juntas esses pontos de compras. No Rewe já ouvi várias vezes o "Sammeln Sie Punkte?"

    ResponderExcluir
  4. Aqui em Berlin tem um mercado "quase" 24 horas. Quase porque ele abre na segunda feira, acho que as 7 da manhã e funciona DIRETO até 23:59 de sabado. domingo é fechado. acho que pode considerar 24 horas né? rs. É um Reichelt, do grupo Edeka e fica perto do u7 fehrberliner platz se bem me lembro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aqui em Magdeburg tb tem um assim. o NP Discount.

      Excluir
    2. Tem também o Kaiser, em Berlim, que é o mesmo sistema. Tem na Kottbusser Tor, na Nordfalln Platz e outras unidades.

      Excluir
  5. Aqui na região de Stuttgart o cupom fiscal dos supermercados também tem outros nomes: Belege, Kassenzettel, Rechnung e Quittung.

    ResponderExcluir
  6. Aqui na região de Stuttgart o cupom fiscal dos supermercados também tem outros nomes: Belege, Kassenzettel, Rechnung e Quittung.

    ResponderExcluir
  7. Bom é bem assim.. mas mudando da agua pro vinho, gostaria q vc visesse um post falando do famoso churrasco nosso de cada dia!!! QUE POBREZAAAAA!!! Os alemaes sao canguinhas demais, demais mesmo. A primeira vez que fui chamada pra fazer um churrasco com os amigos, já me enchi de alegria pensando na fartura, quando chegou na hora do bendito: cada um tinha comprado UM filezinho para si proprio, foi decepcionante, mas eu ate entendo eles tem uma coisa natureba que eu acho muito legal.. MASSSSS sou brasileira né?! Goxxxto de carne! hahahhaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Brasileiro que é exagerado e joga comida fora. Lá eles fazem na medida pra nada ir para o lixo. Quem passou por duas guerras não desperdiça nada. Além de tudo, o preço da carne é altíssimo. Melhor tentar entender a cultura alemã antes de criticar os costumes.

      Excluir
    2. guerra passadas filha, não podemos viver de passado são miseráveis mesmo.

      Excluir
    3. vooooltado ao assunto da carne, quase todas as carnes daqui só vêm escrito: "carne de boi/porco/frango/etc" nada de tipo. Por queeeee??? =( =( =(

      Excluir
    4. Guerras passadas, mas o aprendizado ficou. Não são miseráveis, são um povo com uma noção de sociedade muito mais avançada que a nossa, algo que o povo brasileiro nunca vai ter, pois aqui todo mundo só olha pro próprio nariz e os outros que se f...

      Excluir
  8. Em Munique achei os mercados sempre pequenos para uma cidade grande (para os padrões alemães). Até perguntei para um colega alemão onde ficavam os mercado maiores e ele disse que eu já estava em um deles. :(

    Sobre as sacolas minha professora de lá explicou que não usavam pois era ecologicamente incorreto e bla bla bla. Eu tentei argumentar (em vão) que aqui eu reutilizava as sacolas do mercado como sacos de lixo, por exemplo, evitando comprar sacos só pra lixo e causando o mesmo impacto ambiental que na alemanha onde compram sacos para lixo. Ela não entendeu muito minha minha ideia e continuou achando que o jeito deles era melhor.

    E uma coisa engraçada aconteceu uma vez no REWE. Eu (traumatizado pelos caixas ríspidos e rápidos do Aldi) fui passando minhas compras pelo caixa o mais rápido possível e já do outro lado colocando desesperadamente na minha mochila. O caixa, vendo minha afobação, sorriu e comentou: "Calma, calma, não precisa ter pressa. Você não está no Aldi". Sorri, suspirei aliviado, e só voltei a comprar lá.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkkkkk. Quem já passou por um ALDI que o diga. \o
      Correria danada.

      Excluir
  9. Acredito que isso seja prática em quase toda a Europa, pois morei 3 anos em Roma e lá vivi as mesmas experiências.

    ResponderExcluir
  10. Depois dizem que o Brasil é país de 3º mundo"! pelo menos em supermercados somos melhores! kkkkkk.... Parecem até a mercearia da esquina, pelo menos eu quando chego ao supermercado (geralmente Hiper), não dispenso os empacotadores, em fim é mias um emprego, vai ver que na Alemanha não há tanto desemprego como aqui no Brasil.
    Amo o seu blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ate concordo , pela questao do emprego, mas fala serio quase tive um ataque no rio, so tinha 3 pessoas na minha frente e a propria caixa que tinha q empacotar e a cliente nem pra ajudar a moca... resultado demoro quae 45 minutos pra chegar a minha vez. realmente nessa hora preferia estar no Aldi, afinal no Rio de Janeiro prefiro estar na praia que no caixa do supermercado hihihi, acho que to ficando apressada que nem os alemaes hahahaha..

      Excluir
    2. Ate concordo com a questao de dar empregos, mas no Rio quase tive um ataque , so tinham 3 pessoas pra chegar a minha vez no caixa e nem estavam com tantas coisas. mas a caixa tambem tinha que empacotar e a cliente nem pra ajudar a moca. resultado : 45 minutos de espera ate chegar minha vez... poxa naquela hora preferia estar no Aldi, afinal no Rio a ultima coisa que quero e perder tempo em caixa de mercado.
      Acho que to ficando como apressadinha como os alemaes hihihi

      Excluir
    3. Hein? Ter empacotadores é justamente um exemplo de sermos um país de 3.o mundo... na Alemanha ninguém se sujeitaria a um sub-emprego desses, por sinal, inútil. Temos mãos suficientes pra poder empacotar. Querer ser tratado como um rei por um servo empacotador é triste...

      Excluir
    4. Sem falar no bom atendimento brasileiro né? Eu odeio ir no mercado aqui. E quanto ao nosso amigo "desconhecido" é melhor trabalhar num sub emprego desses do que morrer de fome. Abs

      Excluir
    5. Pesquise ai quantas pessoas tem passando fome lá e quantas tem aqui.

      Excluir
  11. Em primeiro lugar, gostaria de parabenizá-lo pelo excelente Blog! Embora eu nunca tenha comentado por aqui, acompanho-o desde o começo da minha aprendizagem em alemão e o recomendo sempre.
    Bom, na última vez que fui para Berlim, dei de cara com o Supermercado 24h Keiser's, o único que vi na Alemanha, no bairro Berlin-Friedrichshain, Revaler Straße 2. (:

    ResponderExcluir
  12. Hahaha nunca fui num supermercado na Alemanha. Aliás, nunca fui à Alemanha *heul* Mas acho que eu ia sofrer um pouco; apesar de sempre calcular o troco de cabeça mais rápido do que o sistema do caixa, se não tem ninguém pra empacotar as compras eu sou meio lerda.
    Mas tem uma coisa que eu faço igual: pode ter duas, três pilhas de cestinhas dando sopa que eu entro no mercado e vou pegando as coisas e equilibrando nas mãos! Hahahahaha

    ResponderExcluir
  13. Eu amo esse blog, sempre aprendo muito. Tenho uma dúvida que me consome: existe uma espécie de régua (ou escalímetro, hahaha) que fica na esteira do caixa e serve para você separar as suas compras do seu vizinho. Como chama (em alemão, claro) esse objeto tão peculiar?

    :)

    ResponderExcluir
  14. Eu só tive uma experiência ruim no Aldi quando uma amiga minha brasileira veio me visitar, estava com sede e bebeu uma água ali mesmo, e eu, claro, fui com a garrafinha vazia para o caixa junto com as compras. A caixa não conseguia entender que eu queria pagar a garrafinha primeiro e carregar a garrafa vazia para depois pegar o pfund em outra oportunidade (a fila tava grande)... eu falando "Ich möche zuerst nur bezahlen, später nehme ich den pfund" mas ela insistiu que eu tinha que ir na máquina devolver a garrafinha. Ficou de mau-humor e eu peguei minhas compras de volta pra de novo entrar na fila para que o pessoal não reclamasse da demora (pude ver que a máquina estava ocupada com uma mulher cheia de garrafas). Quando voltei, ela obviamente não registrou a bebida e ainda me deu 25 centavos... ela que foi burra, como ia ler o código sem a garrafinha que já tinha ido pra máquina...

    ResponderExcluir
  15. em Heidelberg creio que seria a Quittung. Ia ao Lidl pois era perto de casa e era o mais económico, e tinha o que precisava. Até é mais barato que em Portugal. E sim, eu levava as compras numa caixa de papelão vazia, via sempre gente com mochilas ou sacos de desporto para encher de artigos. E eram rápidos, sim, até porque as filas eram grandes. E fechava às 20h.
    Em Portugal, já vários supermercados (como o Minipreço - Dia) cobram o saco de plástico. Só levo quando não tenho mais para o lixo.
    Aqui poder-se-ia usar mais o Pfand...

    ResponderExcluir
  16. Em Heidelberg ia ao Lidl, mais próximo. Fechava às 20h. Lá pagava-se o Pfand, prático para quem junta muitas garrafas e latas. Eu costumava levar a caixa de papelão, muitos levavam mochila ou saco de desporto, e era o mais barato e próximo de mim, e até tinha alguma variedade. A água mineral de Portugal é diferente da Mineralwasser deles, que é gaseificada (yuck).
    Serviço rápido, mas porque também havia imensa gente...

    ResponderExcluir
  17. Bem assim mesmo!!! Adorei os mercados na Alemanha.. tem de tudo e produtos deliciosos!!!

    ResponderExcluir
  18. Não imaginava que os mercados na Alemanha inteira eram iguais... Rsrsr Mas realmente voce não poderia descreve-los melhor.... Ainda não falo bem alemão, mas faço minhas comprar sem problema algum, já me acostumei a ter pressa para guardar as comprar e quando sei que vou demorar pra contar as moedas dou uma nota mesmo.... rsrs

    ResponderExcluir
  19. Bem assim mesmo!!! Adorei os mercados na Alemanha... tem de tudo e os produtos são práticos (embalagens)e muito saborosos!

    ResponderExcluir
  20. Eu ODEIO a hora de passar no caixa. Acho que o mercado é o lugar que o alemão mais fica estressado, sobretudo no caixa. Chega ser ridículo, vc demora 30 segundos e já estão resmungando!

    ResponderExcluir
  21. Eu odeio ir ao supermercado aqui, chega ser ridículo o modo com o qual os alemães se irritam tão facilmente no caixa, por questão de segundos estão resmungando, quando não te xingam!

    ResponderExcluir
  22. Um pouco atrasado pra comentar, mas só vi esse post hoje. Em Berlim tinha um mercado 24h e abria inclusive de domingo. Era um Keisers perto de uma estação do U2, depois ele passou a funcionar das 6 da manhã até a meia noite todo dia. Hoje em dia não sei como está. Mas gosto muito dos mercados alemãos, mesmo o produto mais barato tem qualidade.

    ResponderExcluir
  23. Existe um mercado 24hs em Berlin, o Kaiser's de Warschauer Straße.

    ResponderExcluir
  24. O Kaiser's da Warschauerstraße em Berlin abre 24hs de segunda a sábado, fecha só domingo. Mas tem outros mercados abertos no domingo, nas grandes estações.

    ResponderExcluir
  25. O que me deixa bem irritada é c a pressão do caixa... Eles passam suas compras numa velocidade anormal e depois vc tem que guardar tudo e ainda pagar suas compras.... Não consigo!!
    Deveria ser como nos EUA... Lá a própria moça do caixa passa suas compras e vai empacotando, sem nenhum estresse... Isso sim é país desenvolvido!!
    Essa moda devia pegar aqui, oder?!!

    ResponderExcluir
  26. O que me deixa bem irritada é c a pressão do caixa... Eles passam suas compras numa velocidade anormal e depois vc tem que guardar tudo e ainda pagar suas compras.... Não consigo!!
    Deveria ser como nos EUA... Lá a própria moça do caixa passa suas compras e vai empacotando, sem nenhum estresse... Isso sim é país desenvolvido!!
    Essa moda devia pegar aqui, oder?!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Atá que bonito né a caixa além de passar as compras na velocidade da luz , aguentar cliente chato ainda empacotar tudo em quanto a madame fica só olhando , imagina isso o dia todo nesse mesmo movimento é pra deixar a coitada na perícia mesmo ...escravidão isso sim

      Excluir
  27. os alemães são miseráveis mesmo.comida é feita para sobra e não para faltar.

    ResponderExcluir
  28. Se alguém puder me ajudar nessa eu agradeço: Tenho visto na nem que Cartões de Crédito Internacional não são bem aceitos nos mercados da Alemanha, confere? Conhecem a rede Globus, será que eles aceitam?

    ResponderExcluir
  29. Estou indo no final de ano para Dresden e Frankfurth, e essas dicas desse post já serão muito bem utilizadas! Agora a dúvida, se entro no mercado com mochila (pois usarei muito durante o dia), preciso deixar na entrada do mercado, ou posso usar ela durante as compras?

    ResponderExcluir
  30. Gostaria de morar e trabalhar na alemanha,trabalho de promotor de vendas aqui no brasil.
    Na alemanha existe esse emprego de repositor ou promotor de vendas??

    ResponderExcluir
  31. A primeira vez que fui ao supermercado paguei mico( devia ter visto este post antes...!), os caixas de supermercados alemães são suuuuper rápidos mesmo!!! eu que reclamo dos brasileiros ( fora de São Paulo) que são lerdos .... Kkk lá nem acreditei ... Eles passam o código de barras rapidinho (e não falham nenhuma vez ,como os códigos de barras daqui! ), nem olham pra trás e falam o valor da conta na velocidade da luz e em alemão! Kkkk da primeira vez , não dei conta desta velocidade toda.. Ainda me atrapalhei esperando uma sacola para colocar os produtos...e não há sacos plásticos como aqui ... Outro detalhe que não sabia ...Kkk é verdade também que o pessoal da fila ficava olhando , como quem diz: olha que atrapalhada ...kkkk da segunda vez fiquei esperta , já deixei a mochila aberta ,e prestei atenção na conta assim saiu tudo na mesma velocidade deles... E sem cara feia dos outros kkk Maravilha ! Pois detesto caixa lerdo! É só pegar o jeito!! Muito bom o post!

    ResponderExcluir
  32. Muito bom seu post. Estou cogitando ir uma vez por mês na Alemanha fazer compras mensais. Moro na Bélgica e quero perceber se terei vantagem. Como não pagerei o combustível, estou a ver se exprimento.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...