PESQUISAR NO GOOGLE

Faça sua busca aqui:
Pesquisa personalizada

PESQUISAR NO BLOG

15 de agosto de 2017

Conjugação do Alemão II: Präteritum

Aviso: o texto é um pouco longo. Se já souber conjugar, pode pular para o fim do tópico para ler sobre o seu uso. 

O Präteritum é um tempo do passado cujo significado é exatamente igual ao do Perfekt. Ou seja, ele é usado para contar (acontecimentos!) ou descrever (estado, aparência etc.) no passado. Como ele é usado com mais frequência na escrita, é importante dominar primeiro o Perfekt para a comunicação oral, antes de tentar dominar o Präteritum


Obs.: Em gramáticas antigas do alemão ele era chamado de Imperfekt, mas essa nomenclatura não tem correlação com o tempo Pret. Imperfeito do português (nem de outras línguas latinas) e hoje em dia é pouco usada. Portanto, neste texto chamaremos este tempo verbal de Präteritum

Para entender a conjugação do Perfekt, clique aqui.

Antes de explicar a diferença prática entre o Präteritum e o Perfekt, vamos aprender a conjugá-lo. 


Verbos regulares: Todas as pessoas têm a terminação -TE-


Todas as pessoas recebem a terminação -te- seguida das terminações normais do Präsens. A primeira e terceira pessoas do singular não recebem nenhuma terminação extra além do -te. Assim como no Präsens, alguns verbos recebem um -e- antes da terminação -te- para facilitar a pronúncia. Os verbos que mantêm o -e- antes da terminação são verbos cuja raiz verbal termina em -d/-t (arbeiten, baden) ou consoante + -m/-n (atmen, leugnen) mantêm a letra -e- em todas as pessoas para facilitar a pronúncia. 

Exceção: se a consoante antes do -m/-n for (ex.: warnen) a regra não se aplica.
warnen - warnte

Verbos irregulares: Memorização

Os verbos irregulares não têm a terminação -te- no Präteritum. A raiz verbal normalmente sofre alguma alteração vocálica (nehmen - ich nahm; schreiben - ich schrieb) ou sofrem outras alterações (sitzen - ich saß; gehen - ich ging). Infelizmente não há como prever quais alterações os verbos irregulares podem sofrer. Isso requer memorização. 

Alguns verbos podem ter uma alteração vocálica igual a do Partizip II. Portanto, se você já sabe o Partizip II de alguns verbos, estes poderão ser de ajuda às vezes. 

schreiben - schrieb - geschrieben
leiden - litt - gelitten 

Atenção, quando o verbo irregular tiver uma forma que termine num som sibilante (-s, -ß, por exemplo), a segunda pessoa do singular também ganha um -e-

heißen - ich hieß, du hießest etc. 
lesen - ich las, du lasest etc. 

A mesma regra também vale para os verbos cuja raiz verbal termina em -d/-t  ou consoante + -m/-n, na segunda pessoa do singular e do plural. 

treten - ich trat, du tratest, ihr tratet
leiden - ich litt, du littest, ihr littet

Se você quiser ver uma lista dos principais verbos irregulares alemães categorizados por nível (A1, A2, B1 etc. ), basta clicar aqui

Verbos mistos
Existe uma pequena categoria de verbos mistos em alemão, ou seja, verbos que sofrem alteração na raiz, mas que recebem as mesmas terminações dos verbos regulares. São os mesmos verbos dos quais já falamos no tópico sobre Partizip II. Estes são os principais. 

wissen (saber) - wusste 
bringen (trazer, levar) - brachte
denken (pensar)- dachte
brennen (queimar) - brannte
kennen (conhecer)- kannte
nennen (nomear, chamar de)- nannte
rennen (correr)- rannte

Quando se usa o Präteritum?

a) Narrativas escritas
O Präteritum é usado quase que exclusivamente em narrativas (histórias, contos, reportagens etc.) ou relatos da linguagem escrita formal. Ou seja, se você é um(a) escritor(a) e/ou jornalista e decide narrar fatos no passado de forma escrita para serem publicados num jornal, revista ou livro, é quase certo que você use bastante o Präteritum na sua narrativa. 

Então caso você queira ler um romance em alemão ou decida abrir uma revista alemã com uma reportagem onde haja narrativas, você vai encontrar o Präteritum a todo instante. 

Muda alguma coisa no significado? Não. 
As orações: "Gestern habe ich ein Buch gelesen" (Perfekt) e "Gestern las ich ein Buch" (Präteritum) têm o mesmo significado (Ontem eu li um livro). Só que o Präteritum seria usado num texto narrativo formal escrito (ou seja, caso você esteja escrevendo uma reportagem, um romance etc.), enquanto oralmente e na escrita informal (e-mails, chats, Facebook, comunicação entre amigos/colegas etc.) usa-se sobretudo o Perfekt. Mesmo que você escreva um e-mail para o seu chefe contando algo do passado, prefira usar o Perfekt

Neste caso, é um tempo verbal que é bom saber para ler, mas a maioria das pessoas não vai precisar usar o Präteritum de forma ativa. 

Se você quiser ler o Pequeno Príncipe em alemão, verá que o Präteritum aparece com bastante frequência. Quer ler? Clique aqui.

b) Usado na oralidade com verbos auxiliares e modais
Apesar de o Präteritum ser usado quase que exclusivamente na linguagem escrita, ele também pode ser ouvido com frequência na linguagem oral com alguns verbos. 

Os três verbos auxiliares (sein, haben e werden) são ouvidos com frequência no Präteritum, mesmo em situações informais. 


Atenção! Perceba que as formas não têm trema (Umlaut). Não confundir ich hatte com ich hätte, ich wurde com ich würde

Ontem ela estava em casa. 
Gestern war sie zu Hause. (Präteritum)
Gestern ist sie zu Hause gewesen. (Perfekt)

Na semana passada eu estava com febre. 
Letzte Woche hatte ich Fieber. (Präteritum)
Letzte Woche habe ich Fieber gehabt. (Perfekt)

Além dos verbos auxiliares, os verbos modais também são bastante usados no Präteritum na linguagem oral. Observe que no Präteritum todos os verbos modais perdem o trema (Umlaut). 


Atenção redobrada para não confundir a pronúncia dos verbos no Präteritum (sem Umlaut) e no Konjunktiv II (com Umlaut)
Por exemplo: mochte  vs. möchte ; musste vs. müsste 

Você podia ver filmes de terror quando era criança?
Durftest du Horrorfilme sehen, als du klein warst? (Präteritum)

Eu não gostei muito da sua jaqueta. 
Deine Jacke mochte ich nicht so sehr. (Präteritum)

Naquela época eu ainda não sabia falar alemão.
Damals konnte ich noch kein Deutsch (sprechen). (Präteritum)

c) Usado na oralidade com alguns verbos de uso comum

Além dos verbos auxiliares e modais, alguns outros verbos costumam ser ouvidos com frequência também na linguagem oral. São verbos de uso frequente, geralmente curtos. Alguns deles: 

lassen - ließ (deixar)
gehen - ging (ir)
kommen - kam (vir)
sehen - sah (ver)
es gibt - es gab (há/havia - no sentido de existir)
heißen - hieß (chamar-se)
fragen - fragte (perguntar)
sagen - sagte (dizer)

Apesar de esses verbos serem ouvidos também na linguagem oral, eles NUNCA são usados oralmente na segunda pessoa (du, ihr). Ou seja, a mesma pessoa que talvez use "Er kam spät nach Hause", sempre usa o Perfekt ao fazer a pergunta diretamente a alguém: 

Er kam gestern spät nach Hause. (O Präteritum do verbo kommen também se ouve na oralidade)
Er ist gestern spät nach Hause gekommen. (Perfekt - na oralidade é o tempo mais comum para se falar sobre o passado).
Kamst du gestern spät nach Hause? (gramaticalmente correto, mas não se ouve esta forma na oralidade. Melhor usar o Perfekt ao falar).
Bist du gestern spät nach Hause gekommen? (mesmo em regiões onde se usa o Präteritum de alguns verbos na fala informal, o Perfekt deve ser usado na segunda pessoa do singular - du- ou do plural - ihr). 

Exemplo: 
Eu fiz uma pergunta e ela disse... 
Ich stellte eine Frage und sie sagte...
Ich habe eine Frage gestellt und sie sagte... 
Ich habe eine Frage gestellt und sie hat gesagt...

O Präteritum de stellen não se ouve muito em conversas informais, por isso é melhor usar o Perfekt na oralidade. Já o Präteritum de sagen se ouve às vezes informalmente. Neste caso dá á pra usar tanto o Präteritum quanto o Perfekt ao conversar informalmente. 

Não há uma lista completa de verbos cujo Präteritum se ouve com frequência. O ideal é conversar usando sempre o Perfekt com o tempo você vai pegando o jeito ouvindo alguns verbos no Präteritum. Além disso, no Norte da Alemanha (eu moro em Hamburgo, mas já morei em Bremen) se ouve o Präteritum desses verbos com mais frequência que no Sul da Alemanha. Então vai depender também um pouco de onde você vai morar. 

Resumo:
O Perfekt é o tempo mais usado na linguagem falada quando se quer falar sobre o passado. Portanto, este é o tempo verbal que os estudantes de alemão devem dominar para usar na conversação. O Präteritum é um tempo de uso quase exclusivo da escrita. Na linguagem falada informal também se ouve o Präteritum dos verbos auxiliares (sein, haben, werden), do verbos modais (wollen, mögen, können, dürfen, müssen, sollen). Alguns outros verbos de uso frequente podem ser ouvidos na linguagem falada no Präteritum, mas normalmente não na segunda pessoa (du/ihr).  Além disso, na linguagem falada ele é mais comum no Norte da Alemanha que no Sul. 

Outros tópicos sobre conjugação:
Präsens

Futur I
Konjunktiv I 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...