PESQUISAR NO GOOGLE

Faça sua busca aqui:
Pesquisa personalizada

PESQUISAR NO BLOG

24 de abril de 2017

Alemão: 9 verdades e 1 mentira

Por causa da nova corrente do Facebook de publicar 9 verdades e 1 mentira sobre si, publiquei hoje o mesmo sobre a língua alemã. Vocês podem ver o texto abaixo.



Agora gostaria de comentar cada uma das afirmações.

1) Os substantivos alemães podem ser divididos em três gêneros: masculino, feminino, neutro
Essa foi fácil. É o calo de 10 em cada 10 aprendizes de alemão. Em português os substantivos podem ser masculinos (o homem, o livro) ou femininos (a mulher, a mesa). Em alemão eles podem ser masculinos (der Mann, der Tisch), femininos (die Frau, die Rose) ou neutros (das Buch, das Kind).

VERDADE!
Para saber dicas de como memorizar o gênero dos substantivos alemães, clique aqui.

2) Existem adjetivos em alemão que não se declinam
Declinação numa língua é uma flexão de casos. Por exemplo, os pronomes pessoais do português podem ser do caso reto (eu, ela, nós) ou do caso oblíquo (me, mim, nos, lhe). Em alemão os artigos, adjetivos, substantivos e pronomes podem variar de acordo com o caso gramatical, ou seja, eles podem declinar. Mas há adjetivos que não se declinam. Já falei sobre isso no blog, é só clicar aqui.

VERDADE!

3) No Nordeste do Brasil existe aula de alemão em algumas escolas públicas.
Leiam bem a frase. Eu não falei de MUITAS escolas públicas. Nem mesmo falei de TODAS. Falei de "algumas". Existem algumas escolas públicas do Nordeste (Ceará e Pernambuco, por exemplo) que têm aulas de alemão. Em Fortaleza, as aulas são oferecidas em parceria com o programa PASCH. Há muitas escolas no Brasil contempladas com aulas de alemão do programa PASCH.
Se você quiser ver uma reportagem sobre essas aulas de alemão na escola pública, é só clicar aqui.
Fonte: http://weltkarte.pasch-net.de/

VERDADE!
4) A palavra portuguesa "Piranha" faz parte do vocabulário da língua alemã. 
O peixe "piranha" é conhecidíssimo no mundo inteiro, especialmente por causa do cinema. Nos anos 70 houve um filme de terror americano chamado "Piranhas" (e várias sequências) e desde então, esses peixes com dentes afiados entraram no imaginário de várias pessoas. A palavra "Piranha" (com p maiúsculo, já que em alemão todo substantivo é escrito com letra maiúscula) já está dicionarizada. Em alemão é do gênero masculino (der Piranha) e o plural é como em português (die Piranhas). Na loja alemã Saturn é distribuída uma revista sobre cinema e entretenimento chamada piranha.

Para conferir a existência da palavra no Duden, o maior dicionário de língua alemã, é só clicar aqui.

VERDADE!

5) Falantes nativos de alemão nem sempre sabem o que é acusativo e dativo. 
Leia a frase de novo. "Saber o que é acusativo e dativo". Acusativo e dativo são termos gramaticais. Nem todo falante nativo de nenhum idioma sabe identificar todos os termos gramaticais do seu próprio idioma, pois não é todo mundo que gosta de gramática. É como perguntar a um português ou brasileiro se ele sabe o que é "Pretérito Perfeito Composto do Indicativo". Alguns saberão, mas muita gente não vai saber. O fato de a pessoa não saber não quer dizer que ela não use, nem saiba usar. Ela apenas não sabe a nomenclatura gramatical. A propósito, o "Pretérito Perfeito Composto do Indicativo" é quando a gente diz "eu tenho feito", "eu tenho lido" etc. É um tempo que todo falante nativo de português sabe usar, mas nem todo mundo sabe dar o nome gramatical. Você sabia? :-)
Pois bem. Nem todo falante nativo de alemão sabe identificar um acusativo e um dativo. Os que são bons em gramática vão saber. Mas a grande maioria sabe apenas usá-lo corretamente, sem saber o nome. Por isso, na hora de perguntar pra um alemão que não gosta muito de gramática, não se surpreenda se ele não souber bem o que é um acusativo e um dativo. Alguns vão dizer: "Eu estudei isso na escola, mas já esqueci." Outros chamam o acusativo de "Wen-Fall" e o dativo de "Wem-Fall".

VERDADE!

6) Não há limite de tamanho para palavras compostas em alemão, mas a maioria das palavras gigantescas que circulam na internet são de uso restrito ou criadas para fazer humor. 

Sim. Na teoria uma palavra poderia se juntar a muitas outras e formar um palavrão. Esse palavrão pode se juntar a mais palavras e formar mais palavras. Mas a maioria dessas palavras (de mais de 30 letras) é feita mais como brincadeira. Ou são termos muito específicos (termos jurídicos, burocráticos etc.) raramente usados. Você pode ler sobre palavras compostas em alemão aqui. Ou aqui.

E se quiser, pode ver um vídeo sobre essa flexibilidade da língua alemã. (Lembrem-se: o vídeo é apenas engraçado... ninguém usa esse palavrão do vídeo!)



VERDADE!

7) Alemão é a língua mais difícil do mundo. 
É a mais difícil do mundo? Ou a mais difícil que você já estudou até agora? Como você sabe que é a mais difícil do mundo se você nunca estudou outras línguas consideradas também difíceis? Já tentou aprender árabe? Russo? Finlandês? Japonês? Húngaro? Ah, mas os alemães também dizem que é difícil. Faço a mesma pergunta. Os alemães que dizem isso já estudaram línguas completamente diferentes do alemão?

Eu já desmenti esse mito da língua mais difícil do mundo aqui. É só clicar.

MENTIRA!

8) "Seit" e "seid" têm a mesma pronúncia no alemão padrão.

Sim. No alemão padrão, em final de palavra, os seguintes pares de letras têm o mesmo som:
t e d têm som de t: por isso, "seid" se lê como "záit"
k e g têm som de k: por isso, "Tag" se lê como "taak"
p e b têm som de p: por isso, "ob" se lê como "óp"

Acreditem: Muitos alemães que leem pouco ou crianças alemãs em processo de alfabetização trocam essas letras, justamente porque as pronunciam da mesma forma. Às vezes na internet se leem textos como "Wo seit ihr?" (em vez de "Wo seid ihr?") (Um exemplo aqui)

Já falei sobre isso aqui.

VERDADE!

9) "Inkommodieren" é uma palavra alemã.
É, sim. Ninguém usa no dia-a-dia. O normal é dizer stören.
Das stört mich. Isso me incomoda.

Mas a palavra existe e está no Duden. É só conferir aqui.

Você quer conferir quantas palavras com -ieren você consegue identificar? Faça o teste aqui e aqui.

VERDADE!

10) A palavra alemã "Tempo" quer dizer "velocidade".
A palavra "Tempo" em alemão tem dois significados: a) velocidade 2) lenço de papel
Sei que é estranho para um falante de português achar que "Tempo" é "velocidade", mas é isso mesmo. Para dizer "tempo" em alemão, usa-se a palavra "Zeit".

Ex.:
Ich habe keine Zeit. Eu não tenho tempo.
Er fährt mit hohem Tempo. Ele anda em alta velocidade.

No sentido musical, a palavra Tempo além de "velocidade" pode significar "andamento".
Outra palavra alemã para "velocidade" é Geschwindigkeit.

Confira no dicionário aqui.

VERDADE!

2 comentários:

  1. Professor Fábio, vc conhece a palavra spelunke? Essa palavra também existe em português. Qual a origem dessa palavra? Alemã ou portuguesa?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tanto o Duden quanto os dicionários de português dizem que a palavra vem do latim

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...