PESQUISAR NO GOOGLE

Faça sua busca aqui:
Pesquisa personalizada

PESQUISAR NO BLOG

7 de junho de 2018

Verbos com dois acusativos: Isso é possível?

Pergunta da leitora Renata:

"Oi Fábio!

Td bem? Na frase abaixo temos 2 acusativos , né? Pode isso? Pq em português acho que não podemos ter 2 objetos diretos, mesmo que o objeto direto não corresponda exatamente ao acusativo, mas..... 
Podemos então ter dois complementos acusativos e nenhum dativo numa frase? e 2 complementos no  dativo tb pode?

Por exemplo: Ich habe einen Brief an meinen Bruder geschrieben.


Obrigada",

Olá, Renata, como de costume vou dar a resposta passo a passo:

1) Tipos de complemento

Já mencionei em outros textos (aqui por exemplo) o conceito de "objeto preposicionado".
Nas aulas de português, as gramáticas costumam apenas falar sobre "objeto direto", "objeto indireto" e "objeto direto e indireto". Segundo as gramáticas portuguesas, o objeto direto é aquele sem preposição enquanto o objeto indireto é aquele com preposição.
Na língua alemã fazemos um pouco diferente. Classificamos os complementos em dois grandes grupos: complementos preposicionados (com preposição) e complementos não-preposicionados (sem preposição). Apenas no segundo grupo (ou seja, aqueles SEM preposição) é importante diferenciar entre Complemento Acusativo (Akkusativergänzung) e Complemento Dativo (Dativergänzung).

Por exemplo:

Ich liebe meine Mutter. ("meine Mutter" é um complemento acusativo não-preposicionado)
Er hilft meiner Mutter. ("meiner Mutter" é um complemento dativo não-preposicionado)
Sie denkt an meine Mutter. ("an meine Mutter" é um complemento preposicionado. Está no caso acusativo, mas essa diferenciação entre acusativo e dativo não é tão importante para classificá-lo como preposicionado).

2) A sua pergunta é "Pode haver dois complementos acusativos numa frase?"

No exemplo que você deu não temos dois complementos acusativos. Temos um complemento acusativo e um complemento preposicionado (que, por acaso, está no acusativo, mas como disse antes, o caso dos complementos preposicionados não interessam muito).

Então sim, há muitas combinações possíveis.

a) Complemento Acusativo + Complemento Preposicionado
Ich habe einen Brief an meinen Bruder geschrieben. 

b) Complemento Dativo + Complemento Preposicionado
Wir danken allen Gästen für den angenehmen Abend

c) Complemento Acusativo + Complemento Dativo
Sie hat ihrem Freund ein Buch geschickt. 

d) Complemento Preposicionado + Complemento Preposicionado
Er hat sich bei seinem Chef über viele Probleme beschwert. 

Lembrando que os casos (acusativo/dativo) dos complementos preposicionados não são importantes. Depende sempre da preposição e do caso que ela exige.

Agora vem a pergunta que não quer calar:

3) É possível ter dois complementos acusativo (ou seja, sem preposição) numa única oração? 

A resposta é SIIIIIM. Mas são casos raros. Só existem poucos verbos que podem ser usados com dois complementos no acusativo.
Os principais exemplos são:
- lehren (ensinar): Der deutsche Muttersprachler lehrt die Studierenden die deutsche Sprache. 
O falante nativo alemão ensina a língua alemã aos universitários.

Como sinônimo, pode-se usar o verbo beibringen (que pede um dativo [den Studierenden] e um acusativo [die deutsche Sprache]).

- nennen (nomear, chamar alguém de): Ich heiße Fábio, aber alle nennen mich Fabinho. 
Tá, eu sei que não dá pra notar, pois "Fabinho" não declina. Mas tá no acusativo também.

- kosten (custar): Das hat mich einen Euro gekostet. Isso me custou um Euro.
- fragen (perguntar): Em geral só com os objetos "etwas" ou "das/was". Das hat er mich gefragt. Hast du mich etwas gefragt? Was hast du mich gefragt? 

Existem alguns poucos outros verbos, mas eles são usados mais raramente com dois objetos.

4) E com dois dativos?
Não conheço nenhum verbo com dois complementos no dativo (sem preposição).

RESUMO: O objeto direto e o objeto indireto da língua portuguesa poderão representar três tipos de complementos no alemão. É importante diferenciar um acusativo/dativo sem preposição daqueles que vêm com preposição. Quem decide o caso dos complementos com preposição é a própria preposição, por isso não há limites para acusativos e dativos numa oração caso haja várias preposições. Verbos que pedem dois acusativos sem preposição são raros. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...