PESQUISAR NO GOOGLE

Faça sua busca aqui:
Pesquisa personalizada

PESQUISAR NO BLOG

5 de setembro de 2013

A preposição FÜR

O tópico de hoje vai tratar de uma interferência da língua portuguesa ao falar alemão... o uso equivocado de FÜR :-) Só vou tratar dos casos em que a culpa é do português... a pessoa pensa em português, traduz ao pé da letra pro alemão e se dá mal. Antes de começar a ler o tópico, aperte o play neste vídeo como trilha sonora do tópico... o clássico de Beethoven "Für Elise"



Vamos lá aos exemplos:

1) PARA + Infinitivo Pessoal não se traduz com FÜR + infinitivo

O português tem algo chamado de "Infinitivo Pessoal", inexistente nas demais línguas românicas. É um fenômeno típico do português. Pra quem não entende de gramática muito bem, o Infinitivo Pessoal é uma forma que a língua portuguesa tem de "conjugar" o infinitivo de um verbo. Ou seja, a gente pega um verbo qualquer como "SER" e acrescenta terminações de número e pessoa (como SEREM, SERES, SERMOS). Isso, na verdade, é algo muito prático, pois faz que com que nós evitemos frases complicadas. O grande problema é que não dá pra transportar isso pras outras línguas, pois não há infinitivo pessoal em outros idiomas latinos, nem no inglês, muito menos no alemão.

É muito comum ver frases de brasileiros/portugueses assim:

a) Ich habe ein Buch gekauft für meine Kinder lernen Deutsch.
b) Ich habe meinen Mann angerufen, für er mich abholen.
c) Wir wollen nach Deutschland reisen für lernen Deutsch.

Acreditem... frases assim são muito comuns de se ouvirem ou lerem por aí... :-) Percebe-se aqui claramente uma interferência do português:

Eu comprei um livro para meus filhos aprenderem alemão.
Liguei para meu marido para ele me buscar.
Queremos viajar para a Alemanha para aprender(mos) alemão.

Neste caso, o falante de português tem que entender que a preposição "para" neste caso indica finalidade. Por isso, devemos procurar em alemão as conjunções que indiquem finalidade.

Há duas principais: UM...ZU e DAMIT. Eu já fiz um tópico sobre elas. Clique aqui. O "um...zu" é bem parecido com a ideia do português, pois usa o infinitivo (com ZU). Mas o sujeito tem que ser o mesmo e não pode ser mencionado na oração subordinada.

Wir wollen nach Deutschland reisen/fahren/fliegen, UM Deutsch ZU lernen. (para aprender alemão).

Em outras palavras, não dá pra colocar um sujeito com "um...zu". Não dá dizer "para NÓS aprendermos alemão", por exemplo, como se faz em português. Se você quiser colocar um sujeito, terá que usar a conjunção DAMIT e conjugar o verbo no fim da frase.

... DAMIT wir Deutsch lernen. (para nós aprendermos alemão)

Conforme citado antes, sugiro ler o tópico sobre UM...ZU e DAMIT para tirar mais dúvidas. Clique aqui.

2) FÜR em objetos indiretos

Em português, o objeto indireto (de verbos bitransitivos) se dá normalmente com a preposição A ou PARA.
Eu dei um presente. PARA quem? PARA minha mãe.
Eu vendi o celular. PARA quem? PARA meu irmão.

Por causa disso, muitos brasucas e portugas querem usar FÜR.

Nesse caso constroem frases assim:
Ich habe ein Geschenk für meine Mutter gegeben.
Ich habe das Handy für meinen Bruder verkauft.

E quem nunca ouviu o clássico "Er hat für mich gesagt" (Ele disse pra mim)?

Neste caso não podemos esquecer de que em alemão há quatro casos e um deles (o dativo) é usado (na maioria dos casos) justamente para marcar PARA QUEM em caso de verbos bitransitivos. Então não há necessidade de se usarem preposições. É algo com o qual temos que nos acostumar. A ordem também é geralmente inversa: primeiro a pessoa, depois o objeto.

Eu dei um presente para minha mãe.
Ich habe meiner Mutter ein Geschenk gegeben.  (Vejam bem... não precisa do "für".. basta colocar no dativo "meiner" - a terminação -ER do dativo feminino... coloca-se, em geral, a pessoa antes da coisa/do objeto).

Er hat mir gesagt, dass... (Ele me disse que... - não precisa usar "für").

Perceba a diferença:
Ich habe meinem Bruder das Handy verkauft.
("meinem Bruder" está no dativo... portanto, "meu irmão" é a pessoa para quem se vendeu o celular. Ou seja, foi meu irmão que comprou o celular de mim)
Ich habe das Handy für meinen Bruder verkauft.
("für meinen Bruder" neste caso indica que estou fazendo um favor ao meu irmão. O celular provavelmente é dele e ele me pediu para vendê-lo. Outra pessoa o comprou, não o meu irmão).

Dá pra perceber a diferença? :-)

Se pra você for muito difícil se acostumar dizer esses verbos sem usar preposição, para alguns deles dá pra usar a preposição AN + acusativo.

Ich habe meinem Bruder einen Brief geschrieben.
Ich habe einen Brief an meinen Bruder geschrieben.

Beethoven
No caso acima, dá no mesmo. (Tem que saber com quais verbos dá certo).

Mas se você disser "Ich habe einen Brief für meinen Bruder geschrieben", dá-se a entender de que você fez um favor pro seu irmão ou fez algo em homenagem a ele, mas não necessariamente tendo ele como destinatário, por exemplo, quando alguém escreve uma música FÜR alguém :-)

Lembram-se do clássico de Beethoven "Für Elise"? :-) Pois é... a música foi escrita PARA ELA, em sua homenagem.


Mas peraí... Não dá pra dizer "Fürs Lernen" no sentido de "para aprender"? 

Jein... Dá, mas nesse caso é um verbo substantivado... o estilo é outro.

Por exemplo: Dieses Buch wurde für das Selbstlernen konzipiert. (Este livro foi desenvolvido para o aprendizado autodidata)... Neste caso o "FÜR" também indica finalidade, mas o fato de usarmos um verbo substantivado torna o estilo da frase um pouco diferente. Em geral, ao traduzir, tenta-se buscar um substantivo que se adeque ao sentido dessas construções. Pois quando alguém opta por usar um "substantivo" em vez de uma oração completa, o estilo é um pouco mais rebuscado.

Bem, vou terminar o tópico por aqui. Espero que tenha esclarecido alguma coisa, apesar de saber que sempre há dúvidas no uso das preposições. Vocês se lembram de outros usos confusos de "für"?

13 comentários:

  1. Não me lembro de outros exemplos, mas os que aqui deixou são os mais comuns, acho eu! As traduções ao pé da letra NUNCA dão bom resultado e muitas vezes chegam a ser constrangedoras, ehehehe :)

    Obrigada por manter e actualizar frequentemente o blog, é de uma grande ajuda para esclarecer dúvidas.

    Bom fim de semana

    ResponderExcluir
  2. É muito difícil se desligar do para/für! Excelente post!

    ResponderExcluir
  3. Você é simplesmente demais!
    Esta sua disposição de passar seus conhecimentos, de graça, a pessoas que nunca viu na vida, é maravilhosa.
    PARABÉNS! Adoro seu blog.

    ResponderExcluir
  4. To virando assiduo. Obrigado pela dica.

    ResponderExcluir
  5. To virando assiduo. Obrigado pela dica.

    ResponderExcluir
  6. Ownnn vc é tão d+!
    Eu sempreee cometo esse erro do für e minha duvida sempre era essa, pq eu não conseguia usar o dativ sem preposição, ou seja, qdo tem preposição era facinho mas dai qdo tinha que usar o bendito sem preposição eu nunca entendia e não conseguia enter o pq, pois na minha cabecinha o für era a solução dos problemas, mas agora entendi o significado do benedicto für e esta caindo mais a ficha.... vou me policiar mais ;)
    Muuuitooo obrigada! ;)

    ResponderExcluir
  7. interessante, eu tenho muuuuitas dúvidas!!! ESse tópico me ajudou mtooo...pq o dativo não é problema quando tem preposição (tipow objeto indireto) Mas pra mim a preposição Para= für, alias foi isso que aprendi no começo e agora desconstruir a idéia de que für não é para é bem dificilll!!!
    MAs então eu tenho uma dúvida, qdo eu posso usar o "für mich", só qdo o verbo pede a preposição für?
    obrigadaaaaaa e vamos a luta ;)

    ResponderExcluir
  8. Muito esclarecedor, cara.
    Sua didática é excelente!

    ResponderExcluir
  9. Nossa, que achado esse teu site! De cara, já simpatizei: você é cearense também.
    Comecei a me aventurar no alemão, e teu site tem sido de grande ajuda nessa aventura, encontro tudo bem explicado.
    Grata pela iniciativa! E parabéns pelo trabalho!

    ResponderExcluir
  10. Nossa, que achado o teu site! De cara, já simpatizei: você é cearense também.
    Comecei a me aventurar no alemão, e teu site tem sido de grande ajuda nessa aventura, encontro tudo bem explicado.
    Grata pela iniciativa! E parabéns pelo trabalho!

    ^^

    ResponderExcluir
  11. O blog nunca fica "antigo", sempre que preciso esclarecer alguma dúvida pesquiso aqui e no blog!
    Excelente trabalho!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...