PESQUISAR NO GOOGLE

Faça sua busca aqui:
Pesquisa personalizada

PESQUISAR NO BLOG

26 de setembro de 2012

Aprender primeiro inglês ou alemão? Saber inglês ajuda a aprender alemão?


Olá,

muita gente me pede conselhos sobre aprender inglês ou alemão. Muitas destas pessoas dizem estar mais interessadas em aprender alemão, mas escutam o tempo inteiro que inglês é mais útil e tal. Apesar de o blog ser de alemão, aqui vai um tópico sobre inglês.

O que fazer?
Felizmente a maioria das pessoas no Brasil aprende alemão depois do inglês, o que torna esta pergunta quase sem importância. Esse também foi o meu caso. Eu aprendi inglês bem antes de sequer sonhar que aprenderia alemão.

Aprender inglês antes de alemão tem diversas vantagens:

1) Querendo ou não, o inglês é um idioma falado e/ou estudado no mundo inteiro e serve de língua franca em quase todo o mundo. Na Europa, por exemplo, é bem comum que os turistas consigam se comunicar usando inglês em praticamente todos os países. (Ah, claro, alguém vai dizer que na Espanha ou na França as pessoas não falam inglês ou falam mal). Não estou aqui para julgar o nível de inglês de ninguém. O fato é que ao chegar num aeroporto, geralmente tudo vai estar escrito na língua do país e em inglês (no mínimo). Falar inglês te abre muitas portas e mesmo que você vá para um lugar remoto onde a maioria não fale inglês, vai ser mais fácil encontrar alguém que fale inglês do que mandarim, russo ou português.

2) Se você aprender inglês, você imediatamente conseguirá entender músicas de milhares de bandas mundo afora, assistir seus filmes e seriados americanos/britânicos sem legenda (ou com legenda em inglês), poderá ter acesso a um número infinito de páginas na Internet ou livros que são publicados apenas em inglês, além de você não ficar boiando quando um grupo de estrangeiros na Alemanha decidir usar o inglês como língua franca.

3) Apesar de o inglês ter uma pronúncia complicada e uma sistema ortográfico de deixar qualquer iniciante meio maluco ("laugh" se lê "LÉF"... WTF?? hahah), a gramática do inglês é muuuuuito mais simples que a do alemão:

Inglês não tem casos (nominativo, acusativo etc.- tá, eles têm o genitivo, mas é facinho), não tem declinações, conjugações de verbo são quase sempre sem desinência de pessoa, só existe UM artigo definido (the) em vez de "der, die, das, den, dem, des" etc. Ou seja, você começaria a se acostumar a falar uma língua estrangeira sem ter que reclamar o tempo todo da gramática dificílima.

Além disso, o inglês é uma língua com raízes germânicas (os linguistas classificam-na como "língua mista", pois ela também uma quantidade gigantesca de vocabulário latino). Muitas palavras de origem germânica que você aprende em inglês, são bem parecidas com o alemão.

foot - Fuß, hand - Hand, house - Haus, mouse - Maus, apple - Apfel, good - gut etc.

Mesmo as que parecem mais diferentes [porque sofreram mais mudanças fonéticas], são bem mais próximas do inglês que do português.
[Essas não parecem tanto, mas dá pra ver a ligação maior com o inglês].

go - gehen - ir; sister - Schwester - irmã; niece - Nichte - sobrinha; five - fünf - cinco etc.

Fora isso, há várias coisas da estrutura da língua que são parecidas entre as duas línguas. Aqui vão alguns exemplos:

a) adjetivos vêm antes dos substantivos:

a casa grande - the big house - das große Haus
um carro vermelho - a red car - ein rotes Auto

b) os verbos modais do inglês têm uso especial e também não são conjugados como verbos comuns (apesar de os verbos modais alemães serem muito mais flexíveis e poderem ser conjugados em todos os tempos e pessoas).

He can swim - Er kann schwimmen.
May I ask you a question? - Darf ich dich etwas fragen?

c) o sistema de possessivos do inglês ainda é completo, inclusive para a terceira pessoa do singular tem também masculino, feminino e neutro (tal como no alemão). Isso já ajuda a entender o sistema do alemão, já que no português brasileiro a gente chama quase tudo de "seu/sua" e acaba sem saber se é "your, his, her, their" etc. Além disso, o inglês não acrescenta terminações aos possessivos, facilitando muita coisa.

Compare:
(em português eu colocarei só a forma masculina)
my - mein - meu
your - dein - teu / seu (a baldeação do pronome SEU e seus múltiplos significados já começa aqui hahah)
his - sein - seu / o...dele
her - ihr - seu / o...dela
its - sein - seu / o...dele(a)
our - unser - nosso
your - euer - seu / o... de vocês (em Portugal: vosso)
their - ihr - seu / o...deles(as)

E o alemão ajuda no inglês?

Só tem uma coisa que eu entendi bem melhor em alemão e só depois meus olhos se abriram na língua inglesa: os PHRASAL VERBS (que em alemão seriam os verbos com prefixos separáveis e inseparáveis).

Como em alemão eles são muito mais usados do que no inglês (e olha que no inglês eles são muuuuuito usados também, mas é que os estrangeiros ficam evitando o uso deles até chegar num nível mais avançado do idioma), hoje em dia é bem mais fácil entender certos Phrasal Verbs em inglês com a ajuda da lógica do alemão.

Ex.:
AUFwachen - wake UP
AUFräumen - clean UP

Tá, mas eu vou me casar com um(a) alemã(o) e não sei inglês. Precisa aprender inglês pra morar na Alemanha?

Nesse caso, não necessariamente. Se seu plano é morar na Alemanha, aprender alemão deve ser a sua EXTREMA prioridade, pois morar na Alemanha (ou Áustria / Suíça alemã) sem saber o idioma é muito difícil. Vai ser difícil arranjar emprego, difícil de fazer amizades, difícil de conseguir as coisas mais simples. Se seu plano é morar aqui, o jeito é aprender alemão, mesmo sem inglês.

Mas aqueles que não sabem inglês verão o que perderam ao chegar aqui. Nas aulas de alemão, muitas vezes os professores dão uma ajudinha em inglês, caso os alunos não entendam algo. Quem não sabe inglês, continua boiando completamente. Além disso, quem chega na Alemanha pelo menos com inglês, acaba se virando como pode e acaba encontrando alguém que entenda inglês. Hoje mesmo vi na universidade estudantes estrangeiros pedindo informações em inglês. Sem saber inglês e alemão, sobraria mesmo só a mímica ou andar sempre com um intérprete. (Melhor levar o intérprete, pois alemães não são muito pacientes com mímicas heheh)... ou seja, não saber nada de inglês é muito incomum entre os alemães.

Se seu plano é FAZER FACULDADE, não saber inglês é a maior roubada da sua vida. Nas universidades aqui eles partem do princípio que todos SABEM ler textos em inglês. Eles não perguntam se você sabe. Eles simplesmente passam um texto em inglês pra você ler. Se você disser que não sabe ler inglês e está na universidade, todo mundo vai olhar pra você como se você fosse um E.T. (como é que essa criatura entrou na universidade? - eles vão se perguntar).


Moral da história:

Sim, meu conselho é: Aprenda inglês antes de alemão. Você vai ser poliglota em vez de bilíngue, vai passar por menos apertos e dificuldades na Alemanha caso seu nível de alemão seja baixo, já vai ter um idioma na bagagem, o que facilita a aprendizagem de outros.

Além disso, no mercado de trabalho mundial, o inglês conta muito. O conselho é ter mais línguas além do inglês pra ter o diferencial. Não saber inglês está meio fora de cogitação.

Mas não pense que saber inglês já é 50% do aprendizado no alemão. Quem sabe as duas línguas sabe muito bem que o caminho para se aprender alemão é árduo. A facildade consiste apenas na experiência que você já tem com o aprendizado de uma língua. Você já vai saber o que funcionou com você na hora de aprender, que técnicas você usou e também o que não deu certo. Essa experiência é que faz com que se aprender a segunda, terceira, quarta línguas de forma mais rápida.

O grand finale
E pra terminar aqui vai um vídeo engraçado sobre os sotaque dos alemães quando falam inglês:



É que eles trocam o TH por "S" :-) E na hora de fala Happy Birthday sai mesmo "Häppy Börsday" :-)

Se você souber inglês e quiser fazer perguntas sobre a língua alemã baseada em alguma coisa da língua inglesa (semelhanças, diferenças), você pode perguntar nos comentários. 

19 comentários:

  1. Eu já tirei minha conclusão sobre isso. Pra mim o Inglês atrapalha hehe. Tanto na escrita quanto na fala.
    Como eu estou aprendendo Alemão, na minha cabeça o Alemão está sempre no segundo plano, logo depois do Português.
    Quando preciso falar ou escrever em inglês eu sofro um delay enorme pra me certificar de que estou pronunciando/lendo em Inglês ou Alemão. E pra mim é pior ainda quando se trata de palavras com escrita parecida ou igual.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou na mesma situação que você. Até tive um sério problema numa prova oral de inglês na faculdade, porque a frase não saia de jeito nenhum em inglês só saia em alemão. E o "but" se transformou em "aber" :\

      Excluir
  2. Curti muito o post.

    Já sei algo de inglês, hoje em dia assisto séries com audio e legenda em inglês. Às vezes sem legenda.

    Por já ter aprendido inglês miscigenado na cultura, estou tendo menos dificuldade do que esperava em aprender o alemão. Já havia percebido isso, mas seu texto me deu a explicação.

    Muito bom o site.

    Agora tenho uma dúvida:

    Escrevo auf wiedersehen, auf wiederhören, mas posso escrever auf wiederschreiben?

    ResponderExcluir
  3. Mais uma vez um post interessante. Gostava de partilhar com vocês a minha visao sobre este assunto. Quando vi para a Alemanha já tinha aprendido 8 anos de inglês, na escola e universidade. Na altura, apenas sabia algumas coisas de alemao do que se dá no A1. E o inglês era possivelmente uma ajuda. No entanto, o que senti é que no meio de pessoas mais velhas e que trabalham em locais aos quais nos dirigimos diariamente como a padaria, era uma língua que poucos conseguiam usar em conversacao. Claro que em alguns casos ajudou-me, mas nao exponencialmente. Nem o fato de saber inglês facilitou o meu aprendizado de alemao. No entanto, sublinho também que quem quer estudar ou trabalhar na Alemanha é necessariamente uma língua a aprender. Depois gostava de evidenciar um aspecto cultural ou histórico. Para algumas pessoas, dependendo de vários factores, alguns deles a idade e zona onde nasceu ou morou durante o tempo das Alemanhas divididas, o inglês é uma língua de quem os "ocupava". Para uns traz boas recordacoes, para outros nem por isso. Naturalmente que isto nao contribui nada para a importância nítida de aprender/saber essa língua, mas fica aqui a nota, do que fui observando. Obrigada por mais este post, fico a aguardar o próximo com curiosidade.

    ResponderExcluir
  4. Aprendi inglês muito antes do alemão e posso afirmar que, pra quem tem a oportunidade, realmente é melhor assim. Além da língua inglesa ser praticamente indispensável hoje em dia, o "entendimento do alemão" fica um pouco mais fácil depois que se aprende inglês.
    Mas essa de trocar as palavras já aconteceu comigo também. Quando comecei a estudar alemão, me focava bem mais nessas aulas do que nas aulas de inglês, até chegar num ponto em que eu pensava primeiro na frase em alemão, depois passava pro inglês. Daí em alguns exercícios escritos eu acabava escrevendo gut em vez de good, hier em vez de here e sch no lugar de sh, haha.

    ResponderExcluir
  5. Já sei falar e escrever em inglês. Em Julho fui viajei ara Freudenberg e pude or em prática o meu inglês. Todos por lá falavam. Me ajudou bastante já que não sou experiente em alemão ainda. Interessante, nunca fiz curso de inglês. Hoje, vejo séries e filme sem legenda e entendo uns 95% do que falam.

    Sim, as vezes quando estou falando algo em ingles, o alemao me atrapalha kkkkkk. Até no português já aconteceu. Acontece muito com a palavra W. Troco direto pelo v. E o ei, nem se fala. Isso é bom, pois prova que estou pegando a pronuncia alemã.

    ResponderExcluir
  6. Perfeito! e o final com o vídeo foi ótimo! kkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  7. Aprendi o Inglês muito antes de aprender qualquer coisa do Alemão, ouvi pessoas dizerem que saber Inglês ajudaria no aprendizado da língua Alemã, porém para mim a 'ajuda' vinda do conhecimento do Inglês é pequena na verdade.

    ResponderExcluir
  8. Tenho um inglês intermediário que é bem melhor na leitura do que na pronuncia (por uma falta de prática nos diálogos mesmo, quase não tenho com quem praticar) Estou estudando sozinha alemão na internet..ainda nas primeiras aulinhas . Falo fluentemente Italiano e espanhol. Aprendi todas as línguas estudando sozinha ; Há quem diga que tenho facilidade. Adorei o seu texto. É a mais pura verdade Estou cursando agora mestrado em Lisboa, mas na faculdade meu ingles era lamentável e ao chegar aqui passei por isso - os professores davam-nos textos em inglês sem ao menos perguntar heheheh Quando certa vez eu disse que não sabia inglês a pergunta foi direta e objetiva: Como chegou na faculdade então? hehheheh Boa sorte a todos os estudantes de línguas :) Se alguém tiver dicas, sites ou quiser ajudar-me no alemão , eu aceito Abração

    ResponderExcluir
  9. Eu acho que o inglês tem me ajudado bastante justamente por essas raízes germânicas das palavras. Esses dias eu consegui traduzir frases de músicas em alemão só porque elas se pareciam muito com o inglês. Eu chutei e depois vi no dicionário alemão que estava certo. Por saber inglês é como se eu só estivesse mudando a escrita de algumas palavras e aprendendo outras. A conjugação dos verbos não deve ser um bicho de sete cabeças pra nós brasileiros, até porque o português é muito mais difícil que o alemão ou talvez esteja na mesma linha de dificuldade. Difícil é um americano aprender essas línguas, porque entre todas, realmente o inglês é o que tem conteúdo gramatical mais simples.

    ResponderExcluir
  10. Eu acho que o inglês tem me ajudado bastante justamente por essas raízes germânicas das palavras. Esses dias eu consegui traduzir frases de músicas em alemão só porque elas se pareciam muito com o inglês. Eu chutei e depois vi no dicionário alemão que estava certo. Por saber inglês é como se eu só estivesse mudando a escrita de algumas palavras e aprendendo outras. A conjugação dos verbos não deve ser um bicho de sete cabeças pra nós brasileiros, até porque o português é muito mais difícil que o alemão ou talvez esteja na mesma linha de dificuldade. Difícil é um americano aprender essas línguas, porque entre todas, realmente o inglês é o que tem conteúdo gramatical mais simples.

    ResponderExcluir
  11. Eu aprendi inglês bem antes de pensar em aprender alemão também, e eu acho que me ajudou de alguma forma. Sabendo o inglês, eu tive acesso a muito material feito por nativos, e isso ajuda no aprimoramento da pronúncia e no entendimento da cultura. Eu acho que o que atrapalha é quando você está tentando aprender as duas línguas ao mesmo tempo. Quando eu estava bem no começo, entrei numa aula de francês, e confundia muito das duas línguas.

    ResponderExcluir
  12. Inglês atrapalha alemão? NONSENSE!

    ResponderExcluir
  13. Alemão não ajuda em nada o aprendizado do inglês. Por que os brasileiros estudam alemão, se na Alemanha quase todo mundo entende inglês?

    ResponderExcluir
  14. Eu aprendi Inglês na escola, básico e sou capaz de assistir a um filme, ler alguma coisa com boa compreensão, mas de 2006 pra cá fiz curso de Alemão, me apaixonei pelo idioma e só me dediquei a ele. Há três anos atrás achei que seria 'legal' retornar ao Inglês, fiz um nivelamento e fui para o livro 4... desastre total... não sei o que aconteceu no meu cérebro que 'German' virou teimosamente 'Deutsch', pronomes pessoais uma vergonha, 'I' era 'Ich', o 'sh' virou 'sch', substantivos passei a escreve-los iniciando com letra maiúscula, algumas vezes até no meu próprio idioma, que é o Português, o que é errado, usw. Resultado, por essa confusão, só terminei o período e abandonei o curso, optando pelo Alemão, que agora estudo sozinha. Creio que tem muito a ver com a facilidade de alguns em aprender a dominar vários idiomas. Fico feliz em saber que não sou a única, pelos posts que li acima.
    Adoro o seu Blog.

    ResponderExcluir
  15. ola, eu to querendo fazer ingles e alemão, como entro um bom dinheiro da pra mim fazer os dois ao mesmo tempo. sera que atrapalha se eu fizer ambos juntos

    ResponderExcluir
  16. Como vc disse "quase" todos, mas não todos. Moro na Suíça e eles dão importância pra pessoa q aprende alemão pois entende haver um esforço pra se integrar com a língua local, sem contar q muitos empregos exigem alemão e não inglês.

    ResponderExcluir
  17. Eu concordo plenamente. Sou professora de inglês e sou casada com um alemão. Estou aprendendo a falar alemão, mas as pessoas quando notam que eu ainda não falo bem já começam a falar inglês comigo. Isso me atrapalha um pouco. Mas por outro lado se eu não soubesse inglês não teria nem casado com o meu marido.

    ResponderExcluir
  18. Olá Fábio. Desejo saber sua opinião sobre o denglisch e se interfere negativamente no aprendizado do alemão.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...