PESQUISAR NO GOOGLE

Faça sua busca aqui:
Pesquisa personalizada

PESQUISAR NO BLOG

22 de junho de 2011

LIVEMOCHA? BUSUU?

Muita gente me pergunta o que eu acho do Livemocha.com e do Busuu.com.

Para quem não conhece, são dois sites para aprendizados de idiomas, quase sempre de forma gratuita. Não é só para alemão. Lá há cursos dos mais diversos idiomas.

Vou tentar resumir minha opinião mais sincera sobre ambos os sites.

livemocha
Eu tentei usar o livemocha para aprender outros idiomas (as palavras são sempre as mesmas independente do idioma), mas eu não tenho paciência para completar todas as cinco mil repetições até terminar uma lição. Sinceramente não dá.


O busuu.com também vai pelo menos caminho. O livemocha.com é uma cópia descarada do programa "Rosetta Stone", que segue o mesmo princípio de repetir palavras e frases até a exaustão (P.S. O Livemocha e o Rosetta Stone vão se unir agora num único site). Não há praticamente nenhuma explicação gramatical. Todas as dúvidas são tiradas pelos próprios usuários que respondem as perguntas e explicam gramática, caso alguém pergunte.

Eu não conheço muito o busuu.com, mas já na primeira lição vi que era uma mera repetição de frases, meio sem contexto, aí parei. Mas me parece que eles fazem um trabalho melhor do que o Livemocha. Parece que há mais exemplos comunicativos e também alguns diálogos.

A repetição faz parte do aprendizado de qualquer língua. É claro que eu sou a favor de repetições como forma de aprendizado. Ouvir, ler, escrever, falar uma palavra tantas vezes quanto for necessário até que ela esteja automatizada e faça parte do vocabulário ativo. Mas eu sou a favor disso com exercícios variados e não com meras repetições de frases soltas, afinal seres humanos não são "papagaios" que ouvem uma frase inúmeras vezes até conseguir "repetir", tudo fora de contexto. Sou a favor de repetições em exercícios escritos, em frases produzidas (e não só REproduzidas) todas com um objetivo comunicativo.

Mas eu sei que há um número imenso de pessoas que GOSTAM do Livemocha e do Busuu. Se vocês gostam, continuem. Minha crítica é bem mais direcionada ao Livemocha. Infelizmente não dá pra mim. Repetir 10.000 vezes uma dúzia de frases para que o site confirme que você terminou a lição infelizmente não dá pra mim. Mas, repetindo, se vocês gostam, continuem. Acredito que não vai atrapalhar. Só não acho que alguém deva se prender apenas a este site como fonte única de informação sobre um idioma.

# Atualização: outubro de 2012

O comentário abaixo me fez repensar num lado bom destes dois sites:


Ou seja, em outras palavras: posso até não gostar das 50.000 repetições do Livemocha, mas a parte interativa desses sites pode realmente ser uma boa chance de entrar em contato com nativos. Muita gente reclama que não tem com quem praticar, mas taí uma boa ideia para encontrar nativos. Ou seja, aprender alemão noutro canto e praticar no LiveMocha :-) Ótimo!

Esse é um espaço bem democrático: quem quiser defender o LIVEMOCHA ou o BUSUU nos comentários, ou até mesmo indicar outros sites com cursos de alemão online, fiquem livres para comentar.

26 comentários:

  1. No fundo, bem no fundo é isso aê mesmo :( Eh muita repetição e requer bastante paciência pra aprender a língua que for no Livemocha ou no Busuu... mas de qualquer maneira acho os dois de grande valia pra quem quer aprender alguma coisa.

    ResponderExcluir
  2. Quando decidi aprender alemão, iniciei pelo Rosetta Stone e Livemocha. No inicio eu gostei, mas depois encheu o saco. Principalmente porque os exercícios e testes cobravam coisas que a lição não "explicava". A lição não explica PN. É só repetição. Achei esse método não muito bom e optei por fazer o curso gratuito da Deutsche Welle. Deutsch: Warum Nicht? 100000000x melhor. Se eu tinha um embasamento para falar quando cheguei aqui na Alemanha foi por conta desse curso.abc

    ResponderExcluir
  3. Hallo,

    que bom que postou sobre isso...tbm queria saber o que as pessoas acham sobre esses sites..

    Minha opinião:

    Eu prefiro o livemocha...como só estudo sozinha, tenho mais facilidades pra tirar duvidas sobre gramática e pronuncia quando envio meus audios e os exercicios para os nativos ou fluentes do idioma, no meu caso, alemão.
    Qnto a repetição ñ é um grande problema p mim.. Procuro diversificar, ñ fico só na repetição do site, acho outars formas de estudar..a parte gramatical...

    O Busuu, é legal... só que as opções legais como envio de audio, material de aprendizagem em PDF, etc..-acho q é bem importante o envio de audio, para melhorar a pronuncia- é só para quem é "premium".. Já no livemocha é grátis, a pessoa só paga se quiser um instrutor, assim, professor mesmo.

    Independente d td, notei q desde q entrei no livemocha evolui bem nos estudos.. As pessoas corrigem meus exercicios e audios, eu estudo as correções, vejo onde errei...é bem legal, tiro dúvidas, aprendo bastante..

    bem é isso.. acho q se a pessoa gosta e se esforça acaba achando um jeito de tornar o aprendizado divertido, como é o meu caso.. hehehe
    Eu me divirto mto estudando por aí, vagando pela net.. rsrs

    Gute Wochenende!!
    Tschüß

    ResponderExcluir
  4. Olha, eu penso o mesmo e sinceramente não acho que ninguem vá conseguir terminar e aprender a falar um idioma sem ter uma noção no minimo básica sobre a gramática e sobre porque cada palavra fica em determinado lugar, ou quando ela é dividida, o que não é apresentado no site. Então fica meio no vazio, como você disse mera repetição, que ajuda mas não faz ninguem tirar duvidas que no caso da gramatica alemã são muuuuuitas! (Por isso venho aqui sempre*) Ps: Obrigada por tudo! Abraço:.

    ResponderExcluir
  5. Antes de mais nada quero elogiar seu trabalho, o seu site é ótimo, as explicações são simples e esclarecedoras, realmente você explica como nenhum outro livro ou professor que já tive! Parabéns e obrigada por compartilhar do seu conhecimento!

    Penso que a exaustão seja uma "alternativa", porém muito vaga e que não fornece conhecimento algum, visto que decorar frases e palavras está longe de compreender o idioma. Estou morando na Alemanha com meu noivo e antes de vir para cá, tive de parar com o curso de alemão, infelizmente. Enquanto não inicio um curso do idioma por aqui mesmo, tenho usado o busuu e confesso que serve de ferramenta auxiliar. Eu sempre estou por aqui lendo suas explicações (que por sinal estão me salvando, mais que os livros que tenho) e acabo usando as frases do busuu para analisar a estrutura, enriqueço um pouco mais o vocabulário e submeto minha pronúncia a análise de outros usuários, isso me permite ver se estou tendo alguma evolução com meus estudos, além da ajuda que já tenho em casa.
    Mas realmente é impossível aprender de forma autodidata sem nenhum conhecimento sobre gramática, tanto do idioma a ser aprendido quanto da gramática da língua materna.
    Acho que com um pouquinho de bom senso e dedicação (não adianta fechar unidade para ganhar busuu berry e usar unicamente o site crendo que o que consta nele seja suficiente para APRENDER) dá para usar o site de forma produtiva, apesar de ter alguns erros por lá (sim, há erros no busuu tanto de tradução como de algumas palavras).
    Ou seja, acho que depende de como usa e com que pensamento se usa.

    ResponderExcluir
  6. A BBC e a DW possuem cursos mais elaborados onde se aprende mais.
    Tem ainda a Wikibooks com muito material bom.
    Eu sempre procuro material com áudio + texto onde eu possa ler o que está sendo falado. Assim "treino o ouvido" a traduzir os sons em palavras.

    Parabéns pelo site.

    ResponderExcluir
  7. Pra quem quer aprender a pronuncia e treinar a audição recomendo o LingQ, lá tem vários podcasts que você pode baixar o audio e imprimir o diálogo, daí vc parte por ouvir e traduzir, é bem legal e recomendo pra quem tá aprendendo Inglês, mas eu acho que deve ter opções pra outros idiomas também.

    ResponderExcluir
  8. Eu estava procurando outra coisa na net quando me deparei com a conversa de vocês que por sinal é muito interessante. Ambos os sites tem sua credibilidade, mas a pessoa quando quer aprender ela não fica estática. Eu combino a lição desses sites de aprendizagem com as gramáticas que eu tenho em casa. Quando não tenho tiro algumas dúvidas com livros mundialmente conhecidos, como: a bíblia, fahrenheit 451 (ou seja, procure livros ou periódicos que possam "articular" com você) é óbvio que não podemos fazer uma salada de frutas, é claro! Depois "sugue" algum nativo para tirar suas dúvidas. Como não tenho uma boa "memória fotográfica" não tenho muita facilidade em aprender por repetição, por isso concordo com o precursor desta conversa no que diz respeito à forma de aprendizagem.

    ResponderExcluir
  9. O fato do Busuu e Livemocha serem os mais populares, sempre me deu uma coisa indispensável: contato interpessoal com falantes interessados em aprender/ajudar a ensinar outras língua. Acho que só por isso eles ainda são ótimos e eu sempre recomendo. Agora, tem sites com abordagens melhores, fato.

    ResponderExcluir
  10. Olá,
    Eu achei muito interessante este post. Eu estava usando o Busuu, mas realmente chega uma hora que é muito enjoativo, embora a opção de conversação seja bem interessante.
    A sugestão de Kuno (23 de junho de 2011 16:01) eu achei muito boa. Realmente vale muito a pena conferir.
    Abraços

    ResponderExcluir
  11. Bom, comecei a estudar alemão sozinho há 1 mês e terminei o módulo A1.1 hoje pelo Busuu.

    Pontos positivos: 11,67 reais/mês (pacote anual). Poder entrar em contato com nativos. Tem diálogos falados, tb podem ser corrigidos por nativos, onde treina-se a fala tb. Vários exercícios são para o ouvido, e toda palavra aprendida vem com exemplos. Começa bem básico, mas à medida q vai avançando, os exemplos vão misturando coisas que foram aprendidas antes (pronomes, etc), deixando as coisas mais complexas (e mais perto da realidade).

    Pontos negativos: ensino na base da decoreba. Por exemplo, terminei o A1.1 e em nenhum momento foi mencionado algo sobre declinação. Tempo verbal tb tá só pelo presente. E, neste caso, fica com zero gramática. Tem q correr por fora, só com o busuu não dá. Alguns dos exemplos vem com preposições, verbos nakele troca-troca de lugar. Pra iniciante dificulta em alguns momentos, mas dá pra levar.

    Pesando tudo? Estou achando ÓTIMO! Pelo menos para mim que há 1 mês atrás não sabia nem como era "não" em alemão. Só conhecia "Ein Prosit" pela Oktober Fest! kkkkkkkk

    De qq maneira, comprei um livro q estou achando legalzinho pra mim. Passo a Passo Alemão, do Charles Berlitz. E tb já encomendei uma gramática, que peguei a recomendação aki por este blog. Estou estudando todos os dias, 1hora no mínimo, por puro hobby. E, claro, vou buscando material na internet. Assim, faço um bom apanhado e vou levando.

    Resumindo: para iniciantes, recomendo o Busuu.com, pois ele tem uma "linha" de aprendizagem, principalmente pra quem está aprendendo sozinho. Mas tem q ter algo em paralelo, só por lá não dá.

    obs.: lá o curso vai até o B2.

    Auf Wiedersehen!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Atualizando: conheci o Babbel é no mesmo esquema do Busuu, mas beeeem melhor! rs

      Excluir
  12. olá!
    comecei a aprender espanhol pelo busuu, realmente se vc for ser usuário gratuito não vai dar pra aprender, mas sendo premium dá pra ter uma boa base e é bem mais em conta q um curso presencial em alguma escola, mas claro né? qndo a gente quer aprender uma lingua estrangeira, seja ela qual for, nao podemos nos prender em apenas um material ou site.

    ResponderExcluir
  13. concordo com o comentário acima.
    para quem não sabe absolutamente nda sobre alguma língua o busuu é ótimo e com um preço acessível, porém precisa de mais material de base.
    uso o busuu, ainda não posso fazer muita coisa pq estou com a conta gratuita, mas em breve mudarei para premium, mas o q eu mais gosto lá é a oportunidade de poder treinar meu ingles ajudando os demais na língua.

    ResponderExcluir
  14. Como muitos disseram aqui e concordo. Há muitas repetições nestes dois sites, mas a oportunidade de interagir com outros estudantes do idioma e nativos fazem valer a pena se você não se apoiar apenas no aprendizado disponível do Livemocha e do Busuu. Quando comecei Francês há 10 anos atrás e descobri o Livemocha depois de uns 3 eu já tinha uma boa noção do idioma o que me ajudou a conhecer nativos e estudantes e até indiquei aos meus alunos, mas confesso que para o Alemão como estou iniciando agora eu não estou seguindo este conselho XD

    ResponderExcluir
  15. Caí de paraquedas aqui, mas só gostaria de indicar um site que achei ótimo para idiomas.
    Tenho conta no Busuu e no Livemocha, mas, realmente, não tive paciência para seguir os exercícios repetitivos e monótonos.
    Aí conheci o Duolingo. Achei bem mais interativo, divertido e didático. Não há muito aprofundamento também na gramática, mas acaba sendo mais intuitivo, pois, ao invés de simplesmente apresentar as palavras, como nos sites citados no post, apresenta frases formadas que vão variando. Além de ter a parte de "imersão", onde podemos traduzir textos reais da internet.
    Realmente, o busuu e o livemocha têm a vantagem de interagir diretamente com nativos, mas acho que o duo é muito bom pra aprender vocabulário de forma menos cansativa.
    Um ponto negativo é que parece que o áudio foi tirado do tradutor do google, mas depois de um tempo dá pra acostumar. Haha

    PS.: Juro que não me pagaram nada pra falar bem do Duolingo, mas é que realmente fiquei apaixonada por esse site. xD

    ResponderExcluir
  16. Caí de paraquedas aqui, mas só gostaria de indicar um site que achei ótimo para idiomas.
    Tenho conta no Busuu e no Livemocha, mas, realmente, não tive paciência para seguir os exercícios repetitivos e monótonos.
    Aí conheci o Duolingo. Achei bem mais interativo, divertido e didático. Não há muito aprofundamento também na gramática, mas acaba sendo mais intuitivo, pois, ao invés de simplesmente apresentar as palavras, como nos sites citados no post, apresenta frases formadas que vão variando. Além de ter a parte de "imersão", onde podemos traduzir textos reais da internet.
    Realmente, o busuu e o livemocha têm a vantagem de interagir diretamente com nativos, mas acho que o duo é muito bom pra aprender vocabulário de forma menos cansativa.
    Um ponto negativo é que parece que o áudio foi tirado do tradutor do google, mas depois de um tempo dá pra acostumar. Haha

    PS.: Juro que não me pagaram nada pra falar bem do Duolingo, mas é que realmente fiquei apaixonada por esse site. xD

    ResponderExcluir
  17. Que site me recomendaria com exercícios bem variados?

    ResponderExcluir
  18. Eu também recomendo o curso da Deutsche Welle. Comecei a três semanas estudar alemão sozinha, e utilizo ele e mais dois livros que comprei: "Alemão em 30 dias" e "Alemão para Leigos". Além disso baixei a gramática Klipp und Klar recomendada, mas ainda tenho que comer arroz e feijão para entender tudo em alemão, então acho que não vou usá-la por algum tempo.

    De qualquer forma, o site é bem legal pois tem bastante áudio e explicações gramaticas (embora básicas). Outro ponto bacana é que ele vai progredindo em um ritmo bacana, e não é nada repetitivo.

    Ele é totalmente de graça (acho que não existe versão paga), mas o único adendo é que é inglês-alemão, então é preciso saber inglês...

    Segue o site para os interessados:
    http://deutschkurse.dw.de/KursPlattform/WebObjects/KursPlattform.woa/wa/UAAuthDA/auth?par=G5n9NpSPUIqm93qsNXWNH45V0

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Renata e Pedro.
      Existe a versão em português do tudo o material (explicações no áudio e livros em pdf também), lá no mesmo site. Isto apareceu pra mim quando escolhi o meu idioma nativo no canto superior da tela.
      Baixei tudo, imprimir e estou estudando. Realmente a metodologia é muito boa.

      Excluir
    2. Renata e Pedro.
      Existe a versão em português deste curso sim. Na mesma página, isto apareceu pra mim quando optei pelo Português como meu idioma nativo, no canto superior da tela. Toda a explicação do áudio, bem como nos livros (que baixei) são em português.
      Estou gostando muito.

      Excluir
  19. Eu gosto do duolingo... uma pena ter só inglês-alemão. Mas pra mim é otimo, assim treino dois idiomas de uma só vez.
    Toda vez que aparece gramática nova, tem uma explicação enorme num balão, que você pode consultar a qualquer momento que aquela gramática apareça. É muito interessante. É repetitivo sim. Mas a repetição faz parte pra gravar o vocabulário.

    Pra mim tá sendo muito bom, pelo menos pra aprender vocabulário...

    ResponderExcluir
  20. Eu fiz o A1 francês inteiro e metade do A1 alemão do busuu, sou usuário premium o que dá mais recursos, inclusive gramaticais. O problema é que até mesmo na gramática não há explicação, apenas exemplos de frases. Para o francês eu acho que valeu a pena, mas o busuu é uma fonte que utilizo, mas para o alemão, não tem como. A estrutura do francês é arecida com a nossa então é de tranquilo, mas o alemão nem pensar. Eu tenho utilizado no alemão o mesmo site da DW que por sinal é gratuito, porém, eu uso diversas ferramentas, como dois livros, tomo aulas na universidade e recebo várias dicas pelo facebook. A coisa que mais valeu a pena no busuu foram os contatos com os nativos, isto é indiscutível, mas a versão gratuita oferece este contato já.

    ResponderExcluir
  21. Também gosto do curso da DW. O unico problema é que ele é meio viciante, quando a gente começa não quer mais largar ...

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...