PESQUISAR NO GOOGLE

Faça sua busca aqui:
Pesquisa personalizada

PESQUISAR NO BLOG

12 de outubro de 2012

Quiz no Facebook 1: Voz Passiva

A maioria marcou a alternativa B)
Aviso para alunos iniciantes: se você acabou de começar o curso de alemão, se ainda está engatinhando no alemão, sugiro não ler este tópico: pode dar tontura, mal-estar generalizado, desmaios etc. Deixe pra pensar em Voz Passiva mais tarde. Vá direito pro tópico do DER, DIE, DAS. :-)

Ontem fiz essa pergunta no Facebook e aqui estão as respostas.

Não vou usar este tópico para explicar tudo sobre voz passiva e sobre todos os tempos verbais. Vou só explicar a pergunta e as alternativas.

Quem quiser saber mais sobre VOZ PASSIVA em alemão, vai ter que dar uma olhadinha na sua gramática, pois ainda não postei nada sobre o tema por aqui ou esperar por posts futuros sobre o tema :-)

Vamos lá! Primeiro vamos entender a "pergunta". Trata-se de uma tradução. Aqui a pergunta não é "Ponha na voz passiva". A pergunta é literalmente: Como se traduz "Eu fui convidado para a festa" para o alemão. As traduções sugeridas nas alternativas mudam só em relação ao tempo verbal.

a) bin ... eingeladen gewesen
b) war ... eingeladen
c) bin ... eingeladen worden
d) bin ... eingeladen geworden

Portanto, o cerne da questão é traduzir "fui convidado" para o alemão. Até aqui entendido? :-)

Para entender isso, você precisa reconhecer que FUI CONVIDADO é a voz passiva em português.

Alguém me convidou = Voz ativa
(Eu) fui convidado = Voz passiva

Em alemão, a voz passiva do português é sempre feita com o verbo auxiliar WERDEN e não com o verbo SEIN.

Die Torte wird gegessen. = A torta é/está sendo comida.
Voz ativa: Alguém come/está comendo a torta.

Die Tür wird geöffnet. = A porta é/está sendo aberta.
Voz ativa: Alguém abre/está abrindo a porta.

Sabendo disso eu já eliminaria as duas primeiras alternativas que não utilizam o verbo "WERDEN", portanto, não seriam equivalentes da voz passiva em português. (Já já eu volto pra elas!)

Ficamos agora entre BIN ... WORDEN ou BIN... GEWORDEN.

Como a frase está no passado (fui convidado), vamos usar o Perfekt. (Alguém vai perguntar "Mas não podia também ser no Präteritum "wurde" - Sim, poderia. Mas vamos nos ater às alternativas, já que era uma questão de múltipla escolha).

O Partizip II do verbo "werden" é "SEIN + GEworden". Só que na voz passiva, o GE- não é usado.

Exemplo de Perfekt normal, sem estar na voz passiva.
Sie ist heute 30 geworden. - Ela completou 30 anos hoje.
Das ist zu einem Problem geworden. - Isso virou um problema.

Exemplo de Perfekt na Voz Passiva: Lembre-se: o "sein" é o auxiliar do Perfekt, já o "werden" é o auxiliar da Voz Passiva.

Die Torte ist gegessen worden.  - A torta foi comida.
(Ou seja: Alguém comeu a torta)
Die Tür ist geöffnet worden. A porta foi aberta.
(Ou seja: alguém abriu a porta).

Então a resposta certa seria: "Ich bin zur Party eingeladen worden". Alguém me convidou, portanto, eu fui convidado. A alternativa D está completamente errada pois não se usada "geworden" como auxiliar da Voz Passiva.

Até aqui entendido?

Vamos agora aos dois primeiros exemplos.

Nas gramáticas alemãs há o que eles chamam de "Zustandspassiv", ou seja, "Voz passiva de estado/resultado". Esta é formado com o verbo SEIN, não com o verbo WERDEN.

Mas uma dica... o português já tem um verbo para indicar ESTADOS ou RESULTADOS de uma ação. É o verbo "ESTAR" ("estado" vem de "estar"). Não é o verbo SER.

Quando eu digo "A porta está aberta" eu posso até deixar subentendido que alguém abriu a porta. Mas ela também pode estar sempre aberta ("As portas da minha casa estão sempre abertas pra você"). Como vocês veem, isso nem é considerado "Voz Passiva" no português. A palavra "abertas" aqui é apenas um predicativo do sujeito "As portas da minha casa". Como as portas estão? Elas estão abertas.

Existem muitos gramáticos alemães que também não gostam deste nome "Zustandspassiv". O mais importante é entender que quando usamos o verbo "SEIN", geralmente queremos mostrar o RESULTADO final, mostrar como as coisas estão no momento (ou num momento do passado). Não focamos na ação e sim no resultado de uma ação.

Dá pra entender?

Veja a diferença em português:

"A porta foi fechada ontem" - Aqui o foco é ação que alguém aplicou na porta. Alguém fechou a porta. A porta FOI fechada. O advérbio "ontem" indica que em um determinado momento do dia anterior, alguém foi lá e fechou a porta.

"A porta esteve/estava fechada ontem". . Aqui não focamos na ação. Apenas dizemos que o estado da porta em um determinado momento no passado era "fechado". A porta poderia estar "quebrada", "danificada", "suja", "limpa", mas dizemos que ela está "fechada". É óbvio que alguém pode ter fechado a porta, mas não é isso o foco da nossa afirmação. O advérbio "ontem" não indica que alguém fechou a porta no dia anterior, mas indica que no dia anterior a porta permaneceu fechada. Ela pode ter sido fechada outro dia, mas o fato é que ontem ela permaneceu fechada.

Em inglês, pela falta de dois verbos "ser/estar", essa diferença não ocorre em muitos casos.

The door was closed. --- Pode ser tanto "A porta foi fechada", como "A porta estava fechada".

Essa diferença dá pra fazer no alemão.

Se for voz passiva mesmo, se o foco for a ação, usamos WERDEN.

A porta foi fechada.
Perfekt: Die Tür ist geschlossen worden.
Präteritum: Die Tür wurde geschlossen.

Se o foco for apenas o estado momentâneo ou resultado de uma ação (que fica subentendida), usamos SEIN. (Traduz-se quase sempre com "estar" em português).

A porta estava fechada.
Perfekt: Die Tür ist geschlossen gewesen.
Präteritum: Die Tür war geschlossen.

Voltemos às duas primeiras alternativas:

"Ich bin eingeladen gewesen" e "Ich war eingeladen".

Ambas as frases se referem a MOMENTOS no passado, é a Zustandspassiv.

WERDEN ... ABGESCHLEPPT = serão rebocados
Em português a gente não diz "Eu estava convidado".. soa estranho.. mas é isso mesmo que o alemão quer dizer. Ele quer se referir ao resultado de uma ação, não à ação em si. Eu traduziria "Ich war eingeladen" como "Eu era um (dos) convidado(s)" se eu quisesse manter bem claro essa diferença já explicada aqui.

O Perfekt (ist...gewesen) da Zustandspassiv é usado raramente. Neste caso é sempre preferível usar o Präteritum (war).

Vamos ver outros exemplos:

Das Auto ist repariert worden. -- O carro FOI consertado. (Ação em foco: alguém o consertou)
Das Auto war (schon) repariert -- O carro já "ESTAVA" consertado. O conserto do carro já estava pronto. (Em um determinado momento no passado, o carro já havia sido consertado, portanto este era seu estado naquele momento: consertado, com o conserto acabado)

Der Patient ist operiert worden. -- O paciente FOI operado. (Ação em foco: alguém o operou).
Der Patient war (schon) operiert. O paciente já "ESTAVA" operado. A operação já havia terminado. (Em um determinado momento no passado, o paciente já havia sido operado, portanto este era seu estado naquele momento: operado, este era o resultado da operação).


TERMINANDO pra não deixar dúvidas:

Se você for convidado para uma festa e quiser contar pros seus amigos: "Gente, me convidaram pra uma festa", usando a voz passiva, use o WERDEN.

"Ich bin zu einer Party eingeladen worden."

Mas se você estiver contando uma história, por exemplo, que você tentou entrar numa festa para a qual tinha sido convidado, mas foi barrado, pode usar o verbo SEIN.

"Ich war doch zur Party eingeladen, aber sie haben mich nicht reingelassen. Ich weiß nicht warum."

Espero ter esclarecido!!! :-)

Mais informações sobre a voz passiva olhe na sua gramática. Se você for aluno iniciante, não se preocupe com Voz Passiva agora :-)

4 comentários:

  1. Isso é muito difícil! Espero conseguir enfiar essas regras no texto que tô tentando escrever.. :p

    ResponderExcluir
  2. Eu estava justamente perguntando para o meu marido "porque ao invés do werden não posso usar o sein?" hehehe.
    Muito obrigada !!!!! Agora eu entendi. =D

    Estou usando seu blog direto para ajudar a reforçar as explicações da minha professora.

    Abraços

    ResponderExcluir
  3. ótima explicação! não estava conseguindo entender de jeito nenhum a diferença! Agora está bem melhor!

    Vielen Dank!

    ResponderExcluir
  4. Sou nordestino também cara, amei sua história e me inspiro em você para continuar. Confesso que não está fácil, mas não irei desistir.
    Vielen Dank, freund.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...